segunda-feira, 5 de março de 2018

Tudo a seu tempo

Mesmo não atirando a toalha ao chão o Sporting sabe que ao perder no Dragão tornou a missão de chegar ao titulo muito difícil. No entanto e não esquecendo a conquista da Taça CTT ainda temos a Liga Europa e a Taça de Portugal como objectivos possíveis de alcançar e assim seria injusto iniciarmos qualquer debate sobre  continuidade de JJ no Clube até porque as avaliações fazem-se no final ou quando não existirem objectivos para alcançar. É que não nos podemos esquecer de que JJ ainda pode alcançar o seu melhor ano á frente do SCP.

A prudência manda refrearmos a vontade de debatermos a continuidade do treinador do Sporting só porque pensamos que já não conquistaremos o titulo nacional. É verdade que essa vontade se tornou
presente mas ao mesmo tempo penso que seria injusto avaliarmos já a época quando ainda existe muito para conquistar-pontos em questão-para jogar.
De facto o titulo é o objectivo principal e ficar fora dessa discussão é a pedra que fica sempre no sapato ou a mancha que não sai mas, e se vencermos a Liga Europa e a Taça de Portugal? Se isso acontecer como avaliaremos a temporada? Ou vencer 2/3 competições internas seria bom ou mau para quem não tem vencido nada?
Ora, é óbvio que todos temos as nossas opiniões e que somos livres de as expressar quando quisermos mas para mim as avaliações só se devem fazer quando não há mais nada para acrescentar ou quando existirem certezas que neste momento só há uma: 1 troféu conquistado.
Reparem: JJ ainda pode realizar o sua melhor época ao serviço do Sporting e ao avaliarmos agora o seu trajecto seria muito precipitado, injusto já para não falar de que abriríamos uma frente de debate desnecessário.
Mas mais.
Para além de pensar que é despropositado debater este assunto agora também penso que quando o fizermos não nos devemos cingir só aos objectivos desportivos se bem que também foi contratado com esse intuito. Penso portanto que a missão de JJ no nosso clube implica muito mais do que vencer títulos. JJ também foi contratado para ajudar o Clube a aproximar-se do que os rivais já fazem há muitos anos.
Vejamos: O Sporting vem de muitos anos sem investir em si próprio, afundado em dividas, dividido e a sua chegada veio ajudar a que esse tempo negativo se desvanecesse mais rapidamente para podermos ombrear com os rivais. Assim, como avaliar a sua prestação no Sporting mesmo sem conquistar títulos ou conquistando poucos?
Torna-se portanto importante avaliarmos primeiro tudo isto e depois debater a sua situação no clube mas só na altura certa que não é agora, seguramente. Até lá, vamos analisando, pensando e processando tudo: melhorámos, regredimos, ainda lucramos, tem condições para continuar, o que vencemos, etc para podermos decidir em conformidade.
De qualquer forma estou certo que a cartilha e os cartilheiros trarão este assunto para a baila muito em breve tentando também afastar os holofotes da sua equipa.
Meus amigos: Tudo a seu tempo se resolverá mas decidamente este não é o tempo mais correcto para debatermos tamanho assunto. 
Quanto a mim, mesmo perdendo com o FC Porto e mesmo não gostando de algumas coisas vou continuar a ir a Alvalade apoiar o meu clube começando já....esta Quinta-Feira. Viva o Sporting Clube de Portugal.

Se ainda não seguem AmorSporting podem começar desde já. Obrigado.
AmorSporting no Facebook(link)
AmorSporting no Twitter(link)

Sem comentários :

Enviar um comentário

Comente em AmorSporting: