sexta-feira, 9 de março de 2018

Sporting dá passo importante na Liga Europa

O Sporting recebeu e derrotou o V. Plzen por, 2-0 em jogo a contar para a 1ª mão dos oitavos-de-final da Liga Europa e confirmou a nossa vontade de se dar tiros certeiros. Fomos adultos, eficazes mas poderíamos ter sentenciado já a eliminatória. El ´Avioncito` resolveu e parece estar de volta. A equipa não acusou a derrota para a Liga.

Engraçado, a chuva parou durante umas horas para o Sporting jogar, e a equipa não desperdiçou a oportunidade de constituir um bom resultado para o jogo da 2ª mão dentro de uma semana.
Bem acompanhado fui para Alvalade bem cedo mas como eu não foi muita gente , aliás nem foi cedo nem mais tarde pois era dia da Mulher, estava frio e chuvoso e diga-se a verdade este Plzen não era um jogo atractivo. Portanto foram vários os factores que influenciaram os pouco mais de 26.000 espectadores (eu bem pedi o Milan).
No entanto o apoio não faltou e que merecido foi. Não realizamos uma exibição tremenda mas o Sporting fez um bom jogo. Fomos muito adultos controlando os tempos de jogo, dominamos a bola , fizemos quase o que quisemos e fomos eficazes no ataque. Eu diria que fomos quase perfeitos num jogo em que era importante não sofrer golos.
Porém acho que poderíamos ter sentenciado a eliminatória em Lisboa. Pelo menos foi o que eu senti. A equipa tinha o jogo mais que controlado, os checos eram presa muito fácil e com um pouco mais de intensidade poderíamos ter feito mais um golo. mesmo assim Bruno Fernandes e Mathieu tiveram duas boas oportunidades para fazer o 3-0.
Quanto á equipa, JJ voltou a estar bem na sua constituição: Rui Patrício, Ristovski, Coates, Mathieu, Coentrão, William, Bruno Fernandes, Gelson, Acuna, Bryan Ruiz e Montero.
Sem poder utilizar Piccini e Bas Dost, Jesus apostou naqueles que eram as escolhas mais certas, Ristovski e Montero. É certo que o colombiano não tinha estado bem nos jogos em que participou mas vir de férias é complicado e as coisas não saem de um dia para o outro. Depois confesso que gosto mais de ver Bryan a 10 pois move-se muito bem pelo meio e entre linhas provavelmente é um dos nossos melhores jogadores. No entanto é aqui também que Bruno Fernandes joga apesar de ontem ter jogado perto de William.
E o jogo era para isso, tínhamos de vencer e não sofrer golos. Gelson logo no recomeço e depois Acuna num tiro á trave ameaçaram o golo mas foi só á beira do intervalo que o fizémos. Até lá foi controlar e tentar arranjar espaços na defensiva checa.
Mas via-se que este não era um grande adversário. Abria muitos espaços , não pressionava como os nossos adversários da Liga e com um pouco de mais ritmos no jogo o Sporting iria marcar. Foi o que aconteceu. Bryan na linha assiste Coentrão que faz um passe magistral para Montero, com muita classe, fazer o golo do Sporting mesmo antes do apito para intervalo. Foi portanto um golo que surgiu na altura certa.
No recomeço esperava-se que a equipa caísse em cima do Plzen e que fizesse pelo menos mais um golo para termos uma boa vantagem para a 2ª mão e foi o que fizemos. Voltamos a marcar na altura certa , aos 49´, e novamente por Montero. Que bom momento para o ´El Avioncito`. Acuna recuperou a bola no meio campo, Bruno Fernandes dá para Montero que entra na área e com espaço faz o golo.
O Sporting era portanto dono e senhor do jogo e jogava ao seu ritmo. Era no entanto a um ritmo baixo e até foi mais que quase deu para dormir. O Plzen é que tentou aproveitar mas mais uma vez, são demasiados fracos e Rui Patrício nem uma defesa fez. Com isto quero dizer que com a equipa a jogar bem não percebi porque saiu Acuna para entrara Battaglia. para quê esta mudança? Para segurar um jogo que estava mais que seguro? Com esta substituição Bryan foi para a ala esquerda e Bruno Fernandes juntou-se a Montero. Coincidentemente ou não, foi quando o Sporting se deixou adormecer no terreno valendo-lhes umas assobiadelas. Porém foi Bruno Fernandes que numa jogada espectacular poderia ter adiantado o marcador. Isolado permitiu a defesa ao guarda-redes adversário.
Foi então que JJ voltou a mexer na equipa fazendo entrar Bruno César para o lugar de Bryan Ruiz.
A equipa melhorou uns pontos mas já não nos mexemos muito mais. Muito controle, muita segurança no transporte e troca de bola mas progressão no terreno e lances perigoso só mesmo num contra-golpe de Mathieu bem perto do final em que ficou isolado mas também falhou o nosso 3º golo.
No fim ainda entrou Rúben Ribeiro por Coentrão.
O Sporting venceu e posso dizer que não senti a equipa ressentir-se do jogo do Dragão. Ontem fomos a melhor equipa em campo e demos um passo importante na qualificação para os 4ºs -de-final da Liga Europa. Voltamos a jogar para a semana que vem e já sabemos que Coates e William não poderão jogar e ainda temos mais 4 jogadores á bica. No entanto somos favoritos e não tenho duvidas de que mesmo jogando em casa o Plzen é forte não vejo o Sporting perder com esta equipa. Mesmo assim temos que ser fortes e mais do que nunca controlarmos o jogo como fizemos hoje.
Como destaques da equipa realço Montero que regressa assim á boa forma e aos golos pelo Sporting  também Bruno Fernandes que mais uma vez é dos melhores em campo, que máquina. Depois, Bryan Ruiz voltou a estar bem quando jogou no meio mas a equipa no seu todo fez um bom jogo.
Venha o Chaves!

Se ainda não seguem AmorSporting podem começar desde já. Obrigado.
AmorSporting no Facebook(link)
AmorSporting no Twitter(link)

Sem comentários :

Enviar um comentário

Comente em AmorSporting: