sábado, 3 de março de 2018

Deveríamos fazer o mesmo que os rivais?

É uma duvida que todos os sportinguistas têm e pelos vistos vão continuar a ter nos próximos tempos: será que temos de fazer como fazem os nossos rivais? Será que temos de apertar o papo aos árbitros para terem medo, será que temos de lhes oferecer fruta e leitinho ou será que temos de os tratar pelo estômago oferecendo vouchers de refeições e vinhos temáticos? O que terá visto Artur Soares Dias neste lance até depois de ter recorrido ao VAR? Não terá visto o árbitro este lance que vemos na imagem? 
 O futebol português continua envolto em mistérios que mais ninguém consegue explicar e por isso é que a solução de árbitros estrangeiros não seja bem acolhida.

Se ainda não seguem AmorSporting podem começar desde já. Obrigado.
AmorSporting no Facebook(link)
AmorSporting no Twitter(link)

2 comentários :

  1. No Estoril e em Setúbal, nem com árbitros estrangeiros lá íamos! JJ meteu a equipa a jeito. Nunca deveríamos ter ido ao Ladrão a cinco pontos.

    ResponderEliminar
  2. A ideia dos interesses era o FCPorco não ganhar, Não era o Sporting ganhar-> coisa que é um tabu máximo entre os interesses -> de certa forma saiu o tiro pela culatra.

    Por isso o Cobarde da Maia e dos Apertões até não esteve muito mal... pelo menos deixou jogar a maior parte do tempo... pois sinceramente estava à espera duma arbitragem absolutamente miserável como é norma generalizada entre os apitadores nacionais (a inclinar o campo a parecer montanha russa!)... e como não foi miserável, é por isso que o jogo até foi um grande jogo de futebol (o resultado são outros 500, onde até nos podemos queixar também de AZELHICE na finalização, restando saber se o Sporting tem empatado se o aputador mudava de critérios para o impedir de ganhar).

    ResponderEliminar

Comente em AmorSporting: