segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Vitória com coração

O Sporting venceu com o coração, o Tondela por, 1-2 já no período de descontos e manteve-se no grupo da frente e na luta pelo titulo nacional. No entanto que exibição mais triste e imperdoável a jogadores com esta qualidade. Exige-se muito mais desta equipa que desta vez venceu á justa. Se queremos ser campeões não podemos repetir esta exibição.
Esta vitória caiu do céu.
Já nos descontos e depois de se ter dado 8 minutos de descontos Coates chegou ao golo numa jogada de insistência dos Leões. Mas que sofrimento...necessário.
A sério que não percebo porque jogadores desta categoria conseguem fazer uma exibição destas, sem garra, sem intensidade, sem inteligência, sem pressionar o adversário, enfim...para se vencer não chega ter coração embora hoje, tenha dado.
Eu sei que fomos jogar ao Cazaquistão e que o nosso adversário era o Tondela mas não podemos menosprezar os nossos adversários e pensar que as vitórias estão garantidas. É que essas são ganhas no relvado e deixando tudo o que se tem para dar á equipa e hoje...não foi isso que senti. Foram erros atrás de erros, meio campo sempre quase mal posicionado, defesa a deixar jogar e a fazer de tudo, Mathieu com paragem cerebral, Bas Dost claramente condicionado e com um Piccini que simplesmente esteve na Lua... o jogo todo. Foi simplesmente uma tristeza ver hoje o Sporting jogar.
Todos nós gostamos de vencer é claro mas não merecíamos este sofrimento.
Quanto á equipa, JJ teve que mudá-la pois Coentrão estava castigado e Bas Dost regressou de lesão. No resto não se registaram novidades. Equipa: Rui Patrício, Piccini, Coates, Mathieu, Bruno César, William, Bruno Carvalho, Acuna e Gelson, Montero e Bas Dost. Suplentes: Salin, André Pinto, Battaglia, Wendel, Bryan Ruiz, Rúben Ribeiro e Doumbia.
Mas devo dizer que não percebi porque é que depois de ver o Bryan Ruiz jogar bem no Cazaquistão não pode jogar hoje. Mais uma vez Montero jogou e sem ritmo pois não é de um dia para o outro que o terá mas quem perde é a equipa. Mais uma vez não concordo com a opção de JJ. O costa riquenho nem sequer saiu do banco.
E quem viu o começo do jogo viu logo que íamos ser patinhos novamente. Não existem marcações no nosso meio campo, as compensações defensivas não estão a ser feitas e deixamos o nosso adversário construir vias de acesso atrás umas das outras na direcção de Rui Patrício. É que até o Tondela, equipa banalissima, conseguiu fazer-nos frente. Que mau mesmo!
E o que dizer do golo do Tondela? Tudo aberto e tudo demasiado fácil. Incrível. Piccini foi marcar e mal um adversário no meio que assiste um colega na linha, este por sua vez desmarcou o avançado nas costas de Coates e é o golo..com alguma sorte pois a bola ainda ressalta nas pernas de Mathieu. No entanto, interessa dizer que se uma equipa como o Tondela faz isto o que fará uma boa equipa ?
Mas isto só aconteceu pois o SCP deixava jogar e pensava que nada iria acontecer. Simplesmente menosprezámos o nosso adversário e não soubemos ser competentes para evitar pelo menos este golo. Depois...foi correr atrás do prejuízo...e que corrida.
A partir daqui foi ver o SCP crescer, fechar o adversário quase na sua área e ver Bas Dost regressar aos golos. Belo cruzamento de Acuna, quem mais, da esquerda e o holandês a marcar o empate. Foi a melhor jogada do Sporting no jogo todo.
E este golo animou em certa medida a equipa que continuou a pressionar e terminou a primeira parte em cima do adversário. Gelson era o nosso jogador mais perigoso mas Acuna e Bruno Fernandes também queriam vencer.
Depois e até ao intervalo ainda criámos algumas oportunidades mas era tudo muito denunciado. Destaque para um remate de Bruno Fernandes que foi desviado para canto pelo guarda-redes adversário e um cabeceamento de Dost a rasar o poste.
O intervalo entretanto chegou com um empate.
Nesta 1ª parte não conseguimos jogar entre linhas pois Montero não tem capacidade física nem utilizar o nosso jogo interior porque o adversário fechava-se bem. No entanto conseguimos ir á linha e quer pela esquerda e pela direita mas aquele cruzamento de Acuna foi quase único. No resto as oportunidades que criámos foram mais uma vez desperdiçadas.
Na 2ª parte, esperava-se uma equipa leonina bem mais perigosa a remeter o Tondela todo para trás mas curiosamente os nortenhos mostraram que não iriam recuar só por recuar. Mostraram o peito e o SCP tremeu e não teve ideias. E se JJ ao intervalo já tinha trocado Montero por Doumbia para dar outro poder ofensivo á equipa tudo foi por água a baixo porque Mathieu colocou a mão na cara dum adversário e viu o 2º cartão amarelo. É certo que o 1º cartão amarelo é mal mostrado e no 2º, só ele vê cartões nestes lances mas só nos podemos queixar de nós próprios. O francês é bem expulso e ia estragando tudo.
Pois bem, com menos 1 jogador em campo e também já com Rúben Ribeiro a jogar na vez de Bruno César, onde estava o (Bryan Ruiz?) William teve de recuar para defesa central mas o SCP tinha morrido ali ...naquela expulsão.
Nunca mais fomos equipa que conseguisse construir de trás para a frente e por vezes era bola para a frente e Deus que ajudasse. Doumbia ainda conseguiu esticar o jogo um pouco e criar algumas jogadas perigosas mas nem cruzamentos, nem remates, nem jogadas claras de golo conseguimos fazer.
Porém no fim e já nos descontos dos descontos, não esquecer que um tondelense esteve não sei quanto tempo a ser assistido e saiu de campo a coxear muito e lentamente e que só por isso Capela deu mais tempo de jogo, o Sporting chega á vitória. A bola é colocada na área por William desde a nossa defesa, Bas Dost, consegue ganhar o lance e colocar a bola ao 2º poste para Doumbia mas o defesa nortenho antecipando-se consegue cortar mas contra o poste da baliza que ´assiste` Coates para a vitória. A festa foi então leonina com muito mau perder do Tondela que pelo que fez talvez não merecesse perder desta forma.
De qualquer forma e analisando o jogo , o Sporting foi a melhor equipa, a que teve as melhores oportunidades e aquela que lutou pela vitória até ao apito final. A nossa equipa foi a que teve mais tudo mas só conseguiu vencer á justa quando jogava mais com o coração que cabeça.
Hoje fomos bafejados pela nossa crença em chegar á vitória mas meus amigos, que não joguem mais desta forma pois com outros adversários...melhores, vamos perder!!
Há portanto muito a melhorar e o jogo no Cazaquistão não pode servir de desculpa. Não jogamos tudo o que sabemos e somos dos três candidatos o que joga pior e parecemos presos por arames. Não há frescura física, não há capacidade de pressing, não temos intensidade, estamos a dar trunfos aos adversários e falhamos muitas oportunidades de golo.
Como melhor unidade do Sporting vou destacar Gelson que deu água pela barba ao Joãozinho e aos que surgiram pela frente. Hoje fez quase tudo bem, até cruzou bem mas falta-lhe mais definição nas suas jogadas. Tem capacidade para isso e para muito mais mas tem de se soltar pois a equipa vai precisar muito dele. Também tenho de destacar Bas Dost que marca o 1º e oferece o 2º mas seria injusto não destacar o Acuna e sobretudo Coates que redimiu-se do golo do Tondela com o golo da nossa vitória.

Se ainda não seguem AmorSporting podem começar desde já. Obrigado.
AmorSporting no Facebook(link)
AmorSporting no Twitter(link)

1 comentário :

  1. Mais uma vez... contra o FêCêPê até vale kickboxing (mas se entrasse o Fernando Fernandes ninguém os calava...)

    Se abaluzarmos as imagens en câmara lenta, como faz o VAR, com CALMA, FRIA E OBJECTIVAMENTE, vêmos q o tal betinho do Tondela faz FALTA SEM BOLA contra o Gelson Martins dentro da área, a bola já lá não está à séculos, mas o jogador do Tondela continua a andar na direcção do Gelson, até se vê bem que olha para ver onde o Gelson está (em vez de olhar pa bola), e depois lhe acertar uma canelada...

    Vermelho directo poderia ser discutível (mas para mim não era), todavia amarelo seria o 2o, logo EXPULSÃO, e era penalti SEM DUVUDA NENHUMA.

    O mesmo no lance com o Rúben Ribeiro q tanto irritou o Mathieu e o Acuña, a bola está a kilometros de distância, o jogador do Tondela não pode alegar q queria disputar o lance, pois só se tivesse uma perna com 10 metros é que podia alegar tal coisa, tratou-se de mais uma CANELADA GRATUITA, falta mais que GROSSEURA E DISPLICENTE, digo mesmo AGRESSÃO, logo VERMELHO DIRECTO.

    A falta do William Carvalho, não é falta nenhuma, vê-se muito bem q o William não vai em circunstância nenhuma na direcção do jogador do Tondela, tem a bola passa a bola para a lateral, só quando vai por o pé no chão encontra a perna/pé do jogador do Tondela, q entrou na direcção do William de rompante e à cão sem olhar (vê-se em câmara lenta q o jogador do Tondela vira a cara ao meter o pé... Não me luxen!.. por todos os outros casos, quem era para ficar com marcas era o William e de propósito, só que o reflexo de hesitação do 'embate' lixou o jogador do Tondela -> mordeu a própria língua.).

    Claro que nada disto é VERGONHOSO, até é bastante NORMAL... pois trata-se do SCP, o tal clube q a JORNALIXEIRADA HEDIONDA não respeita e tem ódio a quem o faz, logo é normal! (será que devemos nos queixar ao Sindicato dos Jornalistas em vez do CA da FPF!? )

    ResponderEliminar

Comente em AmorSporting: