quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Sporting perde mas decisão será em Alvalade

Depois do clássico em Alvalade, do jogo para as meias-finais da Taça CTT foi hora de uma 3ª partida agora a contar para a 1ª mão das meias-finais da Taça de Portugal. A diferença é que desta vez foi o FC Porto a levar a melhor, venceu por, 1-0 num jogo decidido ao detalhe. Apesar da derrota e de não termos mostrado muita ambição a eliminatória decidir-se-á em Alvalade. Mais uma vez o 3-4-3 não passa no teste.


Este era o terceiro jogo entre Sportinguistas e portistas sendo que já tínhamos empatado por duas vezes. Mas nesta vez foi portanto diferente até porque o jogo era no Dragão mas o resultado foi o que ditou a maior diferença dos três jogos. Perdemos portanto por, 1-0 e esta é a nossa 2ª derrota consecutiva o que faz também que seja o nosso pior momento da temporada , sem duvida!!
Mas quem também foi diferente, pela negativa, foi a nossa estratégia-estratégia á JJ. O mister apostou num 3-4-3 com Piccini junto de Coates e Mathieu, já antes ensaiado, e o que podemos dizer é que não passou mais uma vez no teste.
A falta de rotinas é algo normal nestas situações até para quem não treina, palavras de JJ, mas para este homem isso não deve contar. Fomos portanto uma presa algo fácil para o Dragão que não marcou mais porque também fomos fortes defensivamente(Rui Patrício) e o poste ajudou. No entanto o jogo não se resume só ás oportunidades do FC Porto. Há pormenores mais uma vez em termos disciplinares que continuam a condicionar quem joga com o FC Porto. Os portistas deram mais uma vez pau o jogo todo mas os cartões estavam guardados para nós. Nós também fizemos muitas faltas mas o critério do árbitro foi completamente parcial e isso condiciona. Mas não foi isso que fez o resultado.
JJ ao apostar na solidez defensiva pois os laterais ao fecharem mudavam para 5-4-1 ou 5-3-2 retirou poder bélico á nossa equipa que apostava nas transições rápidas que quase nunca saíram bem. Alguém que diga aos jogadores que têm de correr para a frente e deixarem-se de jogadas da treta que só em perda de bola. Que rematem também á baliza-que sejam objectivos!! É que em vez de aproveitarmos e criarmos oportunidades de golo ..não, só conseguimos entregar a bola ao adversário. Até enerva!!
É por isso que Bruno Fernandes é sempre um dos nossos melhores jogadores-é objectivo e remata á baliza. Enfim...
Equipa: Rui Patrício; Piccini, Coates e Mathieu; Ristovski, Battaglia, Bruno Fernandes e Fábio Coentrão; Acuña, Gelson Martins e Doumbia.
Como podemos ver William não jogou e nem no banco se sentou o que foi uma surpresa mas fez falta. Agora sabemos que estava condicionado fisicamente. 
Mas o Sporting a principio até conseguiu ter mais bola e circulá-la pois o FC Porto não esperava esta estratégia só que aos poucos foi perdendo poder no eixo do meio campo e ia dando jogo ao adversário. A luta era imensa no meio campo e na 1ª parte a posse de bola foi dividida. Só que há diferenças entre as equipas.
É fácil, o FC Porto é uma equipa bem mais objectiva que a nossa, dá pau, não deixa o adversário pensar e construir, pressiona alto, joga pelos flancos, não enrola, não mastiga e tem velocidade no seu jogo portanto tudo contrário ao nosso. o FC Porto é uma equipa com ritmo elevado ao contrário da nossa. Depois com tanques na frente de ataque sabe segurar a bola e sair em direcção á nossa baliza.
O que nós fazemos? Não fazemos faltas sobre quem desce para segurar a bola, não paramos o meio campo deles, somos lentos, tentamos enrolar muito o jogo, perdemos muitas bolas, por vezes jogamos para trás quando devíamos jogar para a frente mas sobretudo não fomos práticos nem objectivos. Não ter Bas Dost não explica tudo. 
Mas mais.
Nós andamos a cometer muitos erros com especial destaque para Coates que.. Meu Deus, está uma sombra do que sabe fazer. Perde a bola quando deveria despachá-la para longe, não marca quando devia e ainda vê cartões desnecessariamente. Parece que anda distraído. Assim não dá! Mas o problema não é o uruguaio mas sim a ambição da equipa e só não vê quem não quer-o Sporting não jogou para vencer. o Sporting jogou para não perder!
É certo que são dois jogos mas que raio de jogo fizémos hoje. Que confusão e mais invenções em jogo importante.
Mas o Sporting também atacou se bem que quase sempre mal. Também pressionamos mas tão fraquinhos que muitas vezes e mesmo obrigando a despachar a bola para a frente depois não a conseguíamos conquistar. Também tivemos oportunidades mas mais uma vez não conseguimos marcar-já são dois jogos em branco.
Depois, muitas vezes ou quase sempre fomos lentos e previsíveis e nem os contra golpes conseguimos fazer. É mesmo gritante a falta de esclarecimento atacante desta equipa e até em jogadas em superioridade atacante. Enrolamos muito a bola!!
Na 2ª parte e até entramos melhor e Doumbia teve uma excelente oportunidade mas aos poucos e já muito amarelados fomos perdendo clarividência. O FC Porto marcou então num cruzamento bem medido e num excelente cabeceamento e mesmo com as substituições e regressando ao 4-4-2 já não fomos a tempo.
Já a perdermos , JJ tirou Ristovski e colocou Rúben Ribeiro. Com isto mudámos para o 4-4-2,  Piccini regressou para a lateral e Rúben Ribeiro foi para a ala. Depois e já com um Sporting mais solto e mais conseguido conseguimos pressionar o FC Porto e criarmos perigo para Casillas.
Depois ainda saiu Coentrão, já amarelado, e entrou Montero. Acuna baixou para lateral, Rúben Ribeiro veio para ala esquerda, Gelson foi para a direita e Montero jogou ao lado de Doumbia. E este foi o melhor período do Sporting. No fim ainda entrou Bruno César para entrar Bruno César mas não percebi esta substituição.
Pois bem, no fim e já a jogar no nosso sistema predilecto o Leão mostrou que poderia ter sa´´ido do Dragão com outro resultado mas fica a impressão que jogámos não para vencer mas sim para não perder. É um facto que só perdemos por um golo e que isso permite decidir tudo em Alvalade mas não gostei nada desta estratégia nem exibição.
O Sporting voltou  a perder bem, justamente e sem interferência do vento. é o nosso pior período mas temos de levantar a cabeça até porque estamos ainda com os objectivos todos. Temos é de melhorar muito em termos de futebol jogado e arrumar rapidamente a casa se queremos conquistar mais algum titulo.
Para mim Rui Patrício foi o nosso melhor jogador pois fez uma defesa absolutamente impressionante a um cabeceamento de Soares que se entrasse fazia o 2-0 e estragaria a eliminatória. Mas não foi só pois ainda defendeu duas oportunidades na cara dos adversários. Depois Bruno Fernandes esteve mais perto do seu nível e Mathieu é um senhor. No entanto há jogadores que têm ainda de aprender umas coisas. Acuna foi bem expulso pois precipitou-se e deu pau em Hernâni, não pode ser e tem também de parara de refilar com o árbitro. Coates tem de ser mais pratico ali na defesa, Coentrão tem garra mas tem de ter cuidado pois andam a picá-lo, Gelson tem de ser mais pratico e objectivo e Doumbia menos trapalhão.
Não gostei nada desta exibição nem da nossa estratégia mas para a história fica que em Alvalade tudo vai ser diferente. Até lá.

Se ainda não seguem AmorSporting podem começar desde já. Obrigado.
AmorSporting no Facebook(link)
AmorSporting no Twitter(link)

5 comentários :

  1. A equipa precisava de reforços em janeiro, mas isso não aconteceu, R.Ribeiro não me convence é lento e não produz e os outros que entraram somente Montero está a jogar ou melhor vai fazendo o que pode. Assim vai ser difícil.

    ResponderEliminar
  2. Bom dia e parabéns pelo blog e excelente trabalho. Mas amor Sporting, dizer que o Bruno Fernandes esteve mais próximo do seu nível... por amor de Deus.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Gonçalo. O que quis dizer é que não teve tão bem como é habitual mas que no entanto até foi dos melhores. Sl

      Eliminar
  3. Meus amigos, sejamos sensatos, o Sporting jogou zero. Bola! Aliás, desde há 5/6 jogos para cá que o Sporting não joga, perdoem-me a expressão, a ponta de um corno.

    A equipa está a rebentar pelas costuras, sem intensidade, sem dinâmica, sem reação à perda de bola sem soluções, sem ideias, sem capacidade de criar ocasiões de golo, com uma previsibilidade atroz em que até o Estoril sabe como anular o jogo do Sporting. Mau demais!

    Se juntarmos a isto o facto do Sporting, nos confrontos com os rivais directos, ter sido SEMPRE manifestamente inferior, então temos a cereja no topo do bolo.

    Que é feito do Sporting da primeira época do Jorge Jesus? Mas alguém acredita que a jogar desta forma vamos ser campeões do que quer que seja? Deixem-se de optimismos bacocos e aceitem a realidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ok, Bruno mas não concordo com tudo o que disse.
      O SCP da 1ª temporada do JJ não pode existir pois os jogadores são outros e não dá para pressionarmos em cima como o fazíamos e não deixávamos ninguém respirar. É claro que eu tb gostava de jogar dessa forma e até como jogam os nossos rivais mas por exemplo, o Bas Dost não é jogador para pressionar. A questão é: porque forma os jogadores escolhidos para jogarem desta forma e não por exemplo como o fazíamos. Mas no entanto eu não vou por aí.
      Eu acredito mais que a parte física é muito importante e nas 1ªs partes vejo uma equipa que se poupa ara dar tudo na 2ª. E aqui sim não concordo. Preferia que tivéssemos uma regularidade na intensidade posta no jogo e que não déssemos as 1ªs partes de avanço aos nossos adversários. Assim, pois é claro que parece, ao Bruno e a mim, que estamos de rastos!!
      Quanto ás oportunidades de golo tb não concordo consigo. Já viu quantas criámos frente ao Estoril? Falhámos portanto na finalização e isso revelou-se demasiado penoso para nós. Mas aqui eu acredito que o problema está na estratégia pois com JJ não há objectividade-há ataque pela certa e isso impede-nos de ter criar mais oportunidades de golo. Chegamos á linha voltamos para trás, enrolamos, não cruzamos, não rematamos e raramente temos tantas oportunidades como na Amoreira. Sem Bas Dost tudo ficou pior mas foi JJ que escolheu Doumbia e não outro calmeirão como o Bas. No resto temos jogadores que não podem com o rabo e isto é um erro como foi contratar barcos. Tínhamos o Montero em forma e deixamos-o sair e agora, voltou mas não pode com o rabo. Isto pode ser um reforço para agora? Claro que não mas até tem jogado. Mais um erro e consequentemente quando entra não ajuda!!
      São portanto grandes as diferenças entre a forma de jogar que queríamos que é a por ex. a do FC Porto e a que o SCP usa no entanto há várias formas de leva a água ao moinho.
      Temos é que não deixar desmoralizar as tropas, começar a jogar futebol e estarmos caladinhos e não dar desculpas do vento. Isso sim, seria inteligente.
      Eu acredito mas temos de melhorar sem duvida. SL

      Eliminar

Comente em AmorSporting: