quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

´Asta(na)mos nos 8ºs da Liga Europa?

O Sporting foi ao Cazaquistão derrotar o Astana por, 1-3 em jogo da 1ª mão dos 16 avos-de-final da Liga Europa com golos de Bruno Fernandes, Doumbia e Gélson Martins. Com esta vitória quase que garantimos a presença na próxima eliminatória e ao mesmo tempo dignificámos o futebol português além fronteiras e o nome do clube. A vitória é sem contestação.

 A jogar num sintético e num país a 10 horas de viagem valeu-nos jogar num estádio em que por dentro tem 16º C que contrastam com os -20º C do lado de fora. De facto foi um consolo jogar num local que garante o espectáculo e o Sporting fez por isso. Hoje houve nota artística.
O Sporting apresentou-se na sua máxima força com a excepção de Mathieu e Bas Dost mas quem os substituiu esteve em bom nível. De facto Doumbia e André Pinto estiveram bem.
Equipa: Rui Patrício; Piccini, André Pinto, Coates e Fábio Coentrão; William Carvalho, Bruno Fernandes, Gelson Martins, Bryan Ruiz e Acuña; Doumbia.
Suplentes: Salin, Rúben Ribeiro, Bruno César, Ristovski, Battaglia, Montero e Rafael Leão.
O problema era portanto o relvado que terá sido por isso que Mathieu não viajou e que poderia condicionar a nossa forma de jogar mas tirando os primeiros 20 minutos o SCP controlou o jogo. Não foi fácil, obviamente que não , e sofrer um golo logo de entrada no jogo não foi muito bom mas a equipa soube acalmar-se, colocar a bola no chão e aos poucos assentou o seu jogo e exerceu domínio no meio campo do adversário.
Com a ala esquerda refeita, Fábio e Acuna, com a direita também a voltar aos seus melhores dias, Piccini e Gelson, com André Pinto a fazer boa dupla com Coates , com William regressado á boa forma coadjuvado por Bruno Fernandes no miolo, e com uma frente de ataque com Bryan Ruiz em boa forma física e Doumbia a aposta era claramente em trazermos a vitória da capital do Cazaquistão.
Porém a nossa 1ª parte não foi das melhores. Começámos a perder e ainda demos algumas veleidades ao nosso adversário. A defesa não começou bem e o nosso meio campo não fez bem o seu trabalho mas aos poucos melhorámos e só não chegámos ao golo porque o árbitro e o GR do Astana não deixaram. De facto Doumbia fez um golo limpo mas assinalaram erradamente fora-de-jogo. Apetece perguntar se também existe alguma coisa contra o SCP nas competições da UEFA. Que sina!! Já antes, Bruno Fernandes tinha tentado o golo num remate de pé esquerdo e num livre mas o GR do Astana desviou tudo para canto.
Ao intervalo, o resultado beneficiava o Astana e aquela desatenção da nossa defesa fazia o resultado.
Esperava-se então uma reacção da nossa equipa na 2ª parte pois todos víamos que aquele não era equipa para nós. E foi o que fizémos.
Entrámos a todo o gás e a penalidade a abrir a 2ª parte do jogo ajudou-nos. O defesa do Astana colocou a mão na bola num cruzamento e desta vez o árbitro viu bem. Bruno Fernandes na conversão não falhou e recolocou mais justiça no marcador.
Mas não era tudo. Passados 2´ contra golpe do Sporting , Acuna dá de calcanhar por cima de um adversário, engana outro e cruza para dentro da área onde Gelson faz o 2º do Sporting. Agora sim, havia justiça no resultado.
No entanto o Sporting não parou e continuou a carregar em cima do adversário. O pressing era maior e conquistávamos a bola mais rapidamente e foi com naturalidade que chegamos ao terceiro golo.
Bruno Fernandes é solicitado na profundidade por Acuna, vai á linha e cruza para Doumbia empurrar para a baliza.
O 3º golo foi o toque final numa obra que demorou só 11 minutos a construir.
A partir daqui começaram as substituições e o Sporting entrou numa de rodar mais a bola. Claro que não parámos e deixámos de atacar mas já não era  mesma coisa.
O Astana que tinha levado uma paulada e ficado quase ko lá voltou a aparecer e quase quase reduzia a desvantagem no marcador mas a bola embateu no poste.
Nas substituições JJ tirou Fábio Coentrão para colocar Battaglia. Com isto, a ala esquerda ficou com Acuna na lateral e Bryan na ala. Depois substituiu homem por homem, ou seja, Montero por Doumbia e mais tarde, quase a terminar Rúben Ribeiro por Gelson.
A vitória é mais do que justa e quase nos apura para a próxima eliminatória.
Como melhor jogador do SCP elejo Bruno Fernandes que é de facto um jogador fantástico. É que esta máquina não para e parece ligado á corrente. Está em todo o lado , cria perigo , faz golos e também os oferece. Brilhante!
Mas também gostei de Acuna que quando quer faz a diferença. Que jogada foi aquela do nosso golo? Mas que fantástica jogada do argentino que tira de calcanhar por cima de um adversário , dribla outro adversário e oferece o golo a Gelson. Mas não é tudo. Não posso deixar de comentar a boa forma física de Bryan Ruiz que ou eu muito me engano ou vai dar-nos muito jeito nesta 2ª metade da temporada.
Para a semana há mais, em Alvalade.

Se ainda não seguem AmorSporting podem começar desde já. Obrigado.
AmorSporting no Facebook(link)
AmorSporting no Twitter(link)

Sem comentários :

Enviar um comentário

Comente em AmorSporting: