terça-feira, 31 de outubro de 2017

Sporting-Juventus: que equipa Sporting?

Tal como Jorge Jesus penso que não existirá nenhum sportinguista que não fique preocupado se Mathieu, Piccini, Coentrão e William Carvalho não jogarem frente á Juventus. Mas pior, desfalcarem a equipa durante umas semanas. De qualquer forma algumas ausências ainda não foram confirmadas e é estranho que tanta lesão tenha chegado em simultâneo. Será bluff? Será precaução? No entanto, tudo dá que pensar. 
E o problema não é só para este jogo pois o SCP joga logo de seguida com o Sp. Braga. No menos mau é os próximos jogos serem todos em Alvalade mas quem não fica preocupado com três/quatro titulares da equipa lesionados?
Frente á Juventus já não chegava termos quase confirmados dois jogadores lesionados, Mathieu e Piccini (o francês ainda não foi dado como de fora oficialmente) como agora também surge a hipótese de William e Coentrão também poderem ter de parar nos próximos dias? Mau demais!! 
Sinceramente queria que tudo isto se passasse de um jogo de bluff mas se William não poder jogar a nossa forma de jogar possivelmente terá de ser outra.
Já sem Adrien ficámos só com um condutor e construtor de jogo, o William, e talvez tenhamos de jogar de forma mais directa, ou seja, bola na frente e nas alas sem construirmos muito a meio campo e sem muita posse de bola, isto é, jogar rápido ou dar a iniciativa ao adversário e apostar no contra-golpe. Será? Ou será que JJ mantém na mesma a nossa forma habitual de jogar?
Quem jogará então se tudo isto se confrmar?
Primeiro, há a questão da defesa: Ristovski está confirmado por JJ e se Mathieu e Coentrão não jogarem muito provavelmente jogarão A. Pinto e Jonathan Silva. Isto porque William também se pensou que poderia jogar a central mas parece que nem hipótese é para o meio campo. Assim teremos uma defesa quase completamente renovada. Será mesmo que Mathieu e Coentrão não jogarão?
Depois no meio campo e o mais preocupante ...para mim: não joga o nosso melhor jogador e por aí penso que está quase tudo dito. William é sem duvida uma peça fundamental na equipa e sem outro jogador que construa e tenha tão bem a bola vai ser difícil jogar da mesma forma. Não esquecer de que no principio da temporada jogamos sem ele mas....estava cá Adrien.
Assim a menos que JJ entregue essa missão a Bruno Fernandes com Battaglia nas suas costas ou ao seu lado só vejo uma hipótese: a mudança de sistema táctico para o 4-2-3-1.
Neste sistema entraria Palhinha e jogaria ao lado de Battaglia, Bruno Fernandes seria o 10 , nas alas Acuna e Gelson e na frente o Bas Dost ou o Doumbia. Desta forma reforçamos o meio campo com Palhinha e Battaglia e temos quem crie a diferença ofensivamente como o Bruno e só faltaria definir quem jogaria na frente. O Bas Dost para o jogo aéreo e mais directo ou o Doumbia para a saída mais rápida para o contra-golpe. Veremos! 
Mas mais:
Jogarmos em 4-2-3-1, com um meio campo mais musculado e com Bruno mais solto e quiçá livre de muitas marcações, poderíamos surpreender o nosso adversário mas mudar o nosso sistema de jogo forma de jogar? Será?
Outra: mudar para um 4-3-3 seria quase o mesmo que no 4-2-3-1 mas aqui penso que um dos médios poderia ser um mais construtor como Mattheus Oliveira ou Bruno César na vez de Palhinha...por exemplo.


Portanto o dilema de JJ é grande,  bom para quem goste de futebol mas é de ficar preocupado. De qualquer forma não há derrotados antecipados e até o árbitro apitar é acreditar que se pode vencer e fazer tudo o que nos está ao alcance.
Para o jogo e seja que equipa apresentarmos seria mau sofrermos um golo logo no principio pois condicionaria a nossa estratégia. 
Temos de aproveitar qualquer lance perto da área para rematarmos á baliza e nos livres deixarmo-nos de tretas e de rodriguinhos e colocar a bola ao alcance de quem sabe e é exímio. O Sporting desperdiça estes lances todos, são oportunidades de golo que se perdem com paneleirices de toques e mais toques na bola e com os centrais a fazerem quilómetros para nada. 
Este é um jogo em que os jogadores se querem transcender mas para isso é preciso acreditarem e prolongar um resultado que os faça ter esperança que podem vencer. 
É de desafios que o futebol é feito e hoje é um deles. De coisas fáceis ninguém gosta. Vamos para cima deles e tentar vencer desfalcados ou não! 

Se ainda não seguem AmorSporting podem começar desde já. Obrigado. 
AmorSporting no Facebook(link
AmorSporting no Twitter(link)

Sem comentários :

Enviar um comentário

Comente em AmorSporting: