segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Leões vencem Chaves e convencem

O Sporting teve um triunfo convincente frente ao D. Chaves em jogo a contar para a 9ª jornada da Liga NOS. Os Leões entraram a matar ao intervalo já venciam por, 3-0, dominaram a partida tiveram nota artística.  Bas Dost voltou aos ....hattricks e Acuna bisou. Começou um novo ciclo de vitórias.
Tal como eu tinha ´pedido`: vencemos categoricamente, Bas Dost voltou ...aos hattrick´s , jogámos com nota artística e começámos assim um novo ciclo de vitórias. Todos viram que foi inteiramente justo este triunfo frente aos transmontanos do Chaves. Aplicar chapa 5 não é todos os dias mas esta equipa de Leões já vai na sua 3ª , Guimarães, Steaua Bucareste e Chaves.
O Sporting entrou bem, marcou cedo num jogo que se esperava ser muito difícil, depois soube aumentar a contagem e dominou a partida como bem lhe apeteceu. o negativo foi aquele golo sofrido já mesmo no fim do jogo. Foi pena-teria sido perfeito-mas não apaga a nossa noite de nota artística..
Jorge Jesus reservou uma surpresa para o 11 inicial-Podence, e esta foi de facto uma surpresa fantástica. Equipa: Rui Patrício, Piccini, Coares, Mathieu, Coentrão, William , Bruno Fernandes, Gelson, Acuna, Podence e Bas Dost. O pequeno grande jogador leonino jogou ao lado de Dost e não é que Bas Dost voltou aos golos e logo com....três? Pois é, Podence fez a diferença na frente de ataque pois soube jogar rápido, simples, entre linhas, abriu espaços e deu profundidade ao jogo da equipa. Estávamos mesmo a precisar disto!! Eu até tinha previsto que JJ pudesse mudar algum dos nossos dois extremos e até referi Podence para poder jogar nessas posições mas o mister preferiu colocá-lo a dez e surtiu efeito. 
Cedo se viu que Podence estava com fome e que iria dar muito trabalho ao adversário mas foi o 1º golo que abriu as hostilidades em Alvalade. Canto da direita apontado por Acuna e Bruno Fernandes (até que enfim foi B. Fernandes a marcar pois mais ninguém parece ter força para os marcar) a surgir oportunamente ao 1º poste a fazer o 1º da noite. Bom golo e boa desmarcação. Uns chicos espertos ainda colocaram no Twitter uma suposta falta de William mas vê-se que ambos os jogadores se agarram e meus amigos, o Chaves tem ali uns armários!!
Depois o 2º aos 14´, Podence começou a jogada atrasando para Piccini que lhe colocou a bola para a frente e na profundidade e este de 1ª cruzou em balão para Bas Dost bisar. Lindo e grande jogada com tudo bem feito. Gostava de dar grande destaque também a Piccini que fez um belo jogo e contribuiu para o nosso 2º 4º e 5º golo! Bravo Piccini!!
Impressionante como ontem á noite todos se movimentaram sobretudo na frente de ataque. Gelson jogou muito bem mais pelo interior, Podence jogou muito bem entre linhas e abriu imensos espaços e até Bas Dost assitiu e marcou em boas desmarcações. Muito bem. 
O nosso 3 º golo então foi um hino ao futebol curto e apoiado e de desmarcações. A dinâmica faz toda a diferença e ontem fomos muito dinâmicos. O SCP já tinha ameaçado numa jogada em que Bas Dost se isola mas faz um chapéu torto ao guarda-redes transmontano mas á 2ª foi de vez. Não marcou ele mas o holandês fez uma desmarcação para Gelson espectacular. Gelson isola-se pela direita e dá de bandeja e nada egoísta a Acuna para o 3-0. Grande jogada colectiva do SCP. 
Este foi o resultado ao intervalo. Foi mais que evidente a avalanche ofensiva da nossa equipa nesta parte do jogo. JJ preferiu tirar Battaglia do meio campo e dar-lhe mais capacidade de construção e ofensiva. Talvez por jogar-mos em casa e termos de assumir por completo as operações porque não começar logo a carregar no adversário. Estratégia completamente acertada e a apanhar o Chaves desprevenido. Bruno a defender ainda apresenta lacunas mas ofensivamente é uma delicia. Bom bom seria jogar livre e solto mas nesta estratégia tem de defender mais e fechar o meio campo. Desta vez ganhámos ofensivamente e criámos espaços para construir mas noutras ocasiões e perante equipas mais fechadas é um tormento.
Correu bem portanto mas também porque fizémos mais para isso. Nós é que fizémos mais do que tem sido habitual e o resultado está á vista. Brilhante exibição e uma mão cheia de golos. 
Na defesa estávamos sólidos mesmo com uma postura pressionante na nossa 1ª fase de construção. Por vezes caímos na teia, sobretudo no inicio, mas depois soubemos abrir e sair a jogar pois Bruno Fernandes e William vieram buscar bola e souberam dar ritmo ao jogo. A nossa vitória começou aqui. 
Depois foi o jogo interior e a simplicidade de processos que nos deu este resultado. Podence recuava para receber e abrir espaços, o tal jogo entre linhas , os nossos extremos jogavam mais pelo interior e chamavam os laterais a si o que deu a tal profundidade depois para Podence correr e depois as assistências que hoje foi como ainda não tinha sido. Pareceu fácil!
Para a 2ª parte mais do mesmo. O SCP para espanto não esmoreceu e continuou a saber criar espaços para causar perigo e marcar mais golos. Fomos de facto mais ofensivos e neste jogo laguns dos nossos atacantes não recuaram tanto o que nos deu também oportunidades de contra golpes.
O 4º golo surgiu então aos 58´ numa arrancada de Piccini pelo meio do campo. Este recuperou uma bola junto á lateral e levou-a consigo até Bas Dost que ofereceu mais para o lado esquerdo onde Acuna fuzilou a baliza do Chaves.
E por falar de Piccini, aos 74´ contra-golpe do SCP com Gelson a isolar o italiano pela direita e este a cruzar muito bem para Dost voar nas alturas e fazer o seu hattrick. Perfeito. Só de estranhar é porque não cruzamos mais vezes desta forma.
No final dois lances ainda em destaque , um pontapé de ressaca num canto de Bruno Fernandes que esteve perto do golo e o golo do Chaves. Quando se facilita é assim mas foi um belo golo.
Resultado final: 5-1. 
Numa noite fria Alvalade teve mais uma vez 42.000 espectadores o que é de salientar e era a noite perfeita para começarmos um novo ciclo de vitórias. Aconteceu e agora queremos mais. 
Individualmente acho que todos jogaram bem mas uns mais comedidos que outros. Nos destaques é claro que Bas Dost com este hattrick está no top mas Podence, Acuna mais pelos golos e Piccini estão também de parabéns. Depois Bruno Fernandes , William e Gelson  finalmente a defesa. 
Nas substituições tenho a dizer que o resultado permitiu fazer rodar alguns jogadores mas continuo a não concordar com a substituição de Fábio Coentrão pois é uma deitada fora. Rodámos então Battaglia que até poderia ter dado a vez a outro jogador- a Matteus Oliveira por exemplo e Doumbia que tem de jogar e porque não como ontem, ao lado de Dost. Poderíamos ter feito entrara ainda outro mas esta foi gasta em Coentrão que foi substituído já perto do fim por Bruno César. Até quando isto vai durar? Bem...espero que com este trabalho todo no fim fiquemos com o jogador e bem de saúde. Será? 
Gostei também da homenagem que fizemos aos bombeiros e á luta contra o cancro. Merecidissímo!! De arrepiar o minuto de silêncio. 
Foi uma grande noite em Alvalade!

Se ainda não seguem AmorSporting podem começar desde já. Obrigado. 
AmorSporting no Facebook(link
AmorSporting no Twitter(link)

Sem comentários :

Enviar um comentário

Comente em AmorSporting: