quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Faltou o selo

O Sporting não teve a melhor estreia na 1ª jornada do grupo B da fase de grupos da Taça da Liga ao empatar a zero com o Marítimo. A equipa apresentou 9 mudanças e o nosso futebol não foi muito consequente. Porém tivémos oportunidades que foram desperdiçadas e o resultado é reflexo da falta de eficácia. Porém há muito por jogar e esta rotação era necessária.
Há sempre pontos positivos mesmo num empate em casa. Estes jogadores estavam a precisar de jogar se bem que eu esperasse menos mexidas. Quem paga? Os adeptos que vêm menos futebol e o próprio Sporting que não teve o inicio que desejava neste grupo.
Nos convocados, Jorge Jesus deixou 8 titulares de fora e fez muitas alterações na equipa em relação ao ultimo jogo. Esta foi a equipa por si escalada: Salin; Ristovski, Tobias Figueiredo, André Pinto e Jonathan; Petrovic, Mattheus Oliveira, Iuri e Bruno César; Alan Ruiz e Doumbia.
Era uma revolução já esperada mas eu pensava que não seria tanto. Na minha perspectiva JJ deixaria o Mathieu, William e Bruno Fernandes no eixo central mas o mister foi mais longe e mudou efectivamente 9 jogadores em relação ao ultimo jogo. Só Alan Ruiz e Iuri repetiram a titularidade.
Nós podemos querer vencer sempre mas se não tivermos todas as nossas armas e as melhores opções diminuímos as nossas hipóteses. Hoje penso que faltou ou Bas Dost ou um outro ponta-de-lança. A determinada altura viu-se que faltaria ali o Bas Dost ao lado de Doumbia mas nem o holandês estava no banco. Falta pois o tal 3º avançado!!
E como eu também dizia no pós jogo com o Tondela os nossos adversários virão jogar sempre da mesma forma a Alvalade e isso hoje voltámos a ver. O Marítimo não causou uma jogada de perigo e hoje foi premiado por se ter escondido atrás do seu meio campo. Infelizmente o nosso futebol português é assim e só temos que saber dar a volta a estas equipas.
E desta vez infelizmente não o conseguimos contornar e apesar dos jogadores se terem entregue ao jogo e estado por cima dos insulares o jogo todo não tivémos a arte para vencer. Faltaram pois claro os golos-o selo.
Na 1ª parte não fizemos muito. Fomos lentos, previsíveis e com os espaços curtos e fechados raramente soubemos nos livrar da teia do Marítimo. É certo que Petrovic atirou á trave num canto e que tivémos outras oportunidades mas Doumbia falhou todas. O avançado lutou e foi incansável o jogo todo mas de facto foi ele quem desperdiçou lances até criados por ele.
Nesta parte o nosso lado esquerdo funcionou melhor tendo Jonathan Silva ido várias vezes, nem sempre bem é verdade, á linha e cruzado e até oferecendo 1 golo de empurrar a Doumbia. Pelo meio o Mattheus apesar de ter bons pés não era muito eficiente e o Alan Ruiz dava nas vistas mas quando recuava e tinha espaço para jogar. Hoje já esteve melhor e já gostei mais de ouvir Alvalade aquando da sua substituição mas queremos o Alan da temporada passada.
Esperava-se então um SCP diferente para a 2ª parte, mais atrevido e mais perigoso mas foi preciso mexer na equipa para que o jogo começasse a aquecer. Aos 55´ JJ tirou Mattheus e Iuri e colocou Acuna e Podence. O argentino foi para a ala esquerda , Podence para a direita e Bruno César derivou para o eixo do ataque e o jogo do Sporting melhorou um pouco pois Iuri Medeiros teima em não conseguir fazer uma jogada nem somente aguentar a bola e espera pelo apoio e Mattheus não teve aquela força de carregar a equipa ofensivamente que era desejável.
E as substituições resultaram, Podence e Acuna, um em cada lado do ataque vieram dar outra capacidade ao nosso ataque. Porém depois de algumas boas jogadas com outra intensidade e outra disponibilidade não chegou para conseguirmos marcar.
Por esta altura Ristovski dava nas vistas e mostrava que é uma boa alternativa e como eu dizia há sempre aspectos positivos apesar do empate e este é um deles. Grande disponibilidade física do Macedónio.
Mas não chegava e JJ voltou a mudar a equipa para dar mais força ao meio campo. Aos 73´ Battaglia entrou para o eixo do meio campo, Podence foi para a posição 10 substituir o Alan Ruiz que saiu e Bruno César foi para a ala direita. Era o derradeiro pressing para chegar á vitória mas esta substituição não trouxe nada de novo. Primeiro porque foi tarde e depois porque Bruno César na direita não é o melhor.
O Sporting pressionou e nos minutos finais Doumbia ainda teve uma boa oportunidade mas rematou ao lado. Podence ainda tentou remar contra a maré, Acuna a cada cruzamento levava perigo mas o golo não surgiria e o jogo terminaria tal como começara. Os 22172 espectadores mereceriam ter visto uma vitória do Sporting.
Como melhor jogador do Sporting elejo Ristovski que varreu aquele lado direito e mostrou uma disponibilidade física assinalável. Não foi tão ofensivo como se pretendia mas faltam as rotinas que virão com o tempo. De qualquer forma exibir-se assim no seu 1º jogo..é de assinalar. Também gostei de Petrovic que não sendo um jogador vistoso é eficiente, de Jonathan que hoje foi muito ofensivo e influente, da entrada de Podence que acho que na direita irá dar mais do que o Iuri a a não ser que este acorde e de Doumbia que no entanto foi muito perdulário.
A vida continua mas penso que o SCP tem banco como eu escrevi aqui(link). Os jogadores têm de jogar e se bem que eu não tivesse mudado tantos jogadores, sei que é preciso dar descanso a alguns jogadores. Salin fez uma defesa, Tobias e A. Pinto foram autoritários, Jonathan e Ristovski mostraram que são uma válida, Petrovic está mais adaptado e sabe o que fazer á bola, o Alan Ruiz esteve muito melhor e já esteve mais rápido e eficaz nos passes, o Podence é com certeza uma boa opção tanto á direita como no meio e Doumbia não precisa de apresentações.
Com tantas mudanças, assim como para o Marítimo, poderíamos e merecíamos ter vencido se tivéssemos sido eficazes no ataque.

Se ainda não seguem AmorSporting podem começar desde já. Obrigado. 
AmorSporting no Facebook(link
AmorSporting no Twitter(link)

2 comentários :

  1. Faltou acima de tudo um melhor árbitro que não estragasse o espectáculo.

    O FDP imundo da Mota Vermelha, pulha incomensurável, é autor dum episódio q NUNCA tinha visto a alto nível, pois foi o único a PERDER TEMPO na 1a parte, levando uma eternidade em conversa atrás dum jogador do Marítimo, com o cartão no bolso, para depois lhe mostrar o amarelo... se calhar a aconselhar para se mandar para o chão dentro da área que ele marcava penalti...

    Depois ficaram vários amarelos por mostrar a jogadores do Marítimo, q NÃO fizeram um único remate à baliza digno de nota... bem, fizeram 1, nada de especial, os outros 2 do total de 3 foram passes ao GR... mas fizeram de tudo, para além das regras até, para não perder, sendo de destacar a entrada sobre o Podence no meio campo, quando ele já tinha passado a bola, q se não estou em erro seria o 2o amarelo logo vermelho para o jogador do Marítimo... mas como a PULHICE CORRUPTA o que mais que clara e inequívocamente transmite é que contra o Sporting não há vermelhos... logo o incentivo à sarrafada vai-se manter... e as lesões no plantel do Sporting vão aumentar (para depois a JORNALIXEIRADA atacar o Jasus e o Varandas)...

    Depois o MUITO ESTRANHO é que o Sporting fez mais faltas em processo ofensivo q em processo defensivo!!.. em especial bola q ressaltasse de dentro da área e não fosse na direcção dum jogador do Marítimo, era sempre falta... quanto não custa UM DEFESA q impede TODAS as 2as bolas ao adversário!!?? ... escusado será dizer que bem mais de metade desses lances não foram faltas nenhumas...

    Estou preocupado... é que ainda por cima estes FDP, estes pulhas imundos do apito estão mais q convencidos que ninguém os topa e que estão a salvo de qualquer critica... E O ANO PASSADO este tipo de arbitragem NOJENTA DE TEBDENXUISA FOI PRACTICAMENTE OS JOGOS TIDOS, mesmo não havendo lances duvidosos dentro da área... e os resultados foi o que se viu!...

    Se há q fazer QUEIXA é agora, e não é contra Pizis, é contra os anónimos destas equipazecas, até para evitar de comprar ARMADURAS para os jogadores do Sporting.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é que o Mário não tenha razão pois também vi muito lance decidido ao contrário e muita impunidade em campo como contra o Tondela mas queixas não! O SCP deve fazer queixa sim , depois do 1º roubo que se adivinha, ou seja, no momento exacto. Até lá é estar sossegado e trabalhar e ter soluções para todos os jogos.
      Quanto aos padres é verdade. É uma vergonha e altamente suspeito ter arbitragens destas nos nossos jogos e com árbitros já sinalizados. Este Mota é um deles que parece dar-lhe gozo apitar e marcar tudo contra o SCP como se travasse a nossa marcha de propósito e deixasse os outros dar pau o jogo todo. No entanto no jogo de ontem não foi por ele que não vencemos pois naquele jogo bastava termos marcado uma única vez naquelas oportunidades que tivemos.

      Eliminar

Comente em AmorSporting: