sábado, 12 de agosto de 2017

Sporting sofre mas vence

O Sporting recebeu o V. Setúbal na 2ª jornada da Liga e venceu por, 1-0 com golo de Bas Dost. O Leão teve que sofrer para conseguir vencer mas os campeões fazem-se também destas vitórias...sofridas. O jogo foi totalmente dominado, com ocasiões de golo, sempre jogado no meio campo do adversário e o golo de Dost só peca por tardio e....escasso. O autocarro setubalense ía conseguindo os seus intentos. Terça- feira há mais e para a Champions.
Foi na marra , na crença, com alma que o SCP venceu o V. Setúbal.
Os Leões foram sempre os melhores em campo manietando o Vitória para trás do seu meio campo. O Rui Patrício não fez uma defesa, não sujou o equipamento e o Setúbal só por duas vezes rematou á nossa baliza!! No entanto, domínio não é sinónimo de golos e isso hoje viu-se - o golo do holandês foi mesmo ao cair do pano. 
Foi uma vitória mais que justa de uma equipa que dominou por completo o jogo. Aliás, há muitos anos que não via um Setúbal tão fraco. Tal e qual eu disse (aqui) o autocarro foi estacionado no meio campo sadino e de lá não saiu o jogo todo. Valeu não terem feito muito anti-jogo. Fizeram sim, muitas faltas e sabendo que estavam mais fracos decidiram esperar mais recuados e aproveitar um erros nosso. Porém, nem isso conseguiram!!
O nosso golo foi por intermédio do marcador do costume e foi numa penalidade que a meu ver é bem assinalada. O defesa sadino dá um ligeiro toque nas costas de Bas Dost desequilibrando-o e Bruno Paixão assinalou grande penalidade(quem diria!!).
Mudanças.
Eu tinha vacinado que iria só haver uma mudança na equipa mas JJ fez três: Jonathan substituiu Fábio Coentrão, Battaglia o William e o Podence o Bruno Fernandes e tudo por motivos diferentes. O Fábio pelos vistos apresentou queixas e ficou na bancada, William também esteve tocado durante a semana mas ao que parece há negócio há vista e o Bruno Fernandes saiu estrategicamente para dar lugar ao Podence. No resto tudo igual, eis a equipa: Rui Patrício, Piccini, Coates, Mathieu, Jonathan Silva, Battaglia, Adrien, Gelson, Acuna, Podence e Bas Dost.
Quanto ao jogo.
Cedo se viu no que iria dar o jogo. O Sporting entrou a carregar e a tentar marcar cedo mas não conseguiu. O jogo só dava Leão e defensivamente fomos irrepreensíveis não deixando os sadinos saírem da nossa teia. O Vitória nem um contra-golpe fez!
Adrien e Battaglia pegavam no jogo mas seria mais o nosso capitão que se encarregou de colocar a bola de um lado e de outro e de comandar as forças. Só ainda não tem o pulmão suficiente para carregar no acelerador mas para mim foi dos melhores em campo.
Depois ao seu lado Battaglia que para mim foi o melhor jogador em campo. O argentino tem uma personalidade cada vez mais vincada e que se nota dentro de campo. É possante, está no local certo, mata o jogo quando tem de matar, ajuda a defender,é rápido e ainda levou a bola várias vezes para a frente como que empurrando a equipa. Não tem os pés de um William mas Battaglia já deixa suspiros na bancada. o único senão é ser por vezes muito duro e isso pode-lhe causar dissabores. Gostei muito!!
Faltou objectividade na frente.
E o jogo foi como eu previa, poucos espaços, muitas faltas, autocarro no meio campo e com o SCP a tentar ser rápido para surpreender o adversário. Acontece que quando um adversário abdica de atacar os espaços são sempre reduzidos e aí o SCP tem de jogar com paciência e moer de um lado para o outro para tentar entrar. Isso foi por diversas vezes conseguido mas os cruzamentos continuam a não chegar em boas condições ao Bas Dost. Uns iam muito alto e ele tentava assistir outro colega, outros iam muito compridos e outros um pouco baixos o que não dava muito jeito nem espaço para rematar. Remates á baliza - muito poucos. 
Mas rematamos pouco á baliza porque o adversário reduziu o espaço e não deixou rematar. Por vezes estavam 11 jogadores sadinos dentro da sua área a defender e sem ninguém para o contra-golpe. (Sempre quero ver se jogam assim na Luz ou no Dragão)
O SCP teve algumas oportunidades mas o zero-zero era o resultado ao intervalo. 
Na 2ª parte os Leões entraram mais esclarecidos e logo no inicio Adrien meteu uma bola na trave ainda lucrando com um desvio.
A equipa entrou mais pressionante e mais rápida e deu a sensação de que iríamos marcar a qualquer instante. O Vitória também estava completamente dedicado a defender o 0-0 e nem aquele fantasma de sofrer um golo numa única oportunidade surgiu.
Carregámos , carregámos e quando já alguns, provavelmente, não acreditavam surgiu o penalti que só depois de ver e vê que é bem assinalado. De facto quando um jogador tenta chegar á bola e leva um toque é desequilibrador. Foi isso que aconteceu nas costas de Dost que chamado a converter não desperdiçou.
O jogo terminou passados poucos minutos.
É óbvio que o jogo ao aproximar-se o seu términus fez aumentar o nervosismo dos jogadores e nas bancadas mas eu penso que muitos sentiam que iríamos ainda marcar. Sentiu-se nervosismo mas não foi como das outras vezes.
Em termos globais gostei da atitude da equipa que fez por dominar o jogo todo e merecer esta vitória.
O Rui não sujou o equipamento;
Piccini já esteve mais solto, a defender foi irrepreensível e acredito que bem entrosado com Gelson ainda vai dar que falar. Já foi mais á linha mas os cruzamentos ainda não estiveram bem;
No centro da defesa não há registo de dificuldades , ou seja, o que houve foi arrumado debaixo do braço por Coates e Mathieu que muitas vezes subiu para levar a equipa para a a frente. Muito bem. Que dupla!!
Na esquerda, Jonathan começou bem o jogo mas perdeu algum discernimento com o tempo  na 2ª parte foi menos atrevido no ataque. A defender também muito bem.
No meio campo Battaglia foi um jogador intransponível. Que jogo do argentino! Não é como o William que constrói mais mas é um autêntico tampão naquela zona e é isso que se quer. Na 2ª parte também assumiu a responsabilidade e foi vê-lo levar a equipa mais para a frente. Para mim foi o melhor em campo.
Adrien, que já sabemos ser um maestro e que com Battaglia atrás fica bem seguro. E que Battaglia mata mais jogo do que William e isso ajuda a recuperação no terreno de Adrien que também se ocupa mais da construção de jogo avançado. Foi de facto o grande maestro enquanto durou o pulmão. Quando saiu por B. Fernandes notou-se.
Na direita o irreverente Gelson que fez também muito neste jogo. Ele não tem medo de enfrentar qualquer adversário e as suas arrancadas levam sempre perigo á área adversária. Não fez tudo na parte de cruzar e finalizar mas é sempre um dos melhores. Estou a gostar muito do Gelson também a ajudar o Piccini.
Acuna, ontem foi mais comedido e os seus cruzamentos não saíram tanto nem tão bem. Os lances de bola parda que JJ inventa não o favorecem pois em vez de aproveitarmos o seu talento perdemo-nos naqueles rodriguinhos que não nos levam nem nunca levaram a lado nenhum. A sua saída também se notou pois Bruno César não deu tanta profundidade.
Podence. Tal como JJ disse este menino precisa de ser mais esclarecido mas quando o for ai Jesus! Com aquela velocidade e rapidez de movimentos vai fazer a diferença. Ontem começou mas depois perdeu-se e perdia a bola. Foi no Estádio considerado o homem do jogo mas...porquê?
Na frente Bas Dost que voltou aos golos. O holandês ainda não está no seu melhor mas diga-se que as assistências não foram a seu jeito. Será uma questão de jogo para jogo mas ou a bola vinha muito alta ou desenquadrada dele por isso soube aproveitar bem a sua grande oportunidade-o penalti que foi cometido sobre si. De qualquer forma é um jogador solidário com a equipa, joga com ela, descai aos lançamentos, sabe jogar de costas para a baliza e é um perigo no jogo aéreo. Aceito quem decida dar-lhe o prémio de homem do jogo.
Os suplentes:
Á medida que o jogo se desenrolava na 2ª parte o jogo complicava-se e JJ tentou mexer com o jogo e sem certa parte conseguiu. Bruno César que entrou por Acuna fez o cruzamento para a penalidade, Doumbia teve uma ou duas oportunidades de golo e mexeu com o jogo entre linhas e Bruno Fernandes deu mais força ao meio campo mas no meu ver esconde-se mais do jogo do que Adrien.
Conclusão.
O SCP venceu justamente uma equipa que fez do seu jogo a defesa. Eu apostei que o Vitória estando mais fraco(Couceiro sabe-o e vê-se) iria jogar mais recuado mas não esperava tanto domínio nosso.
Fizemos pela vitória e foi sempre o nosso foco. Conseguimos-a mais tarde mas o facto é que estão mais 3 pontos somados aos outros já conquistados e é isso que mais interessa.
Sofremos mas ganhámos.
E não se esqueçam: uma equipa com 6 jogadores novos no 11 inicial não pode jogar como se jogassem há vários anos seguidos.
Da nossa parte é continuar a apostar e esperar que já na terça-feira Alvalade possa ter novamente mais de 40.000 adeptos fervorosos.

Se ainda não seguem AmorSporting podem começar desde já. Obrigado. 
AmorSporting no Facebook(link
AmorSporting no Twitter(link)

9 comentários :

  1. Olha que não!12/08/2017, 11:16:00

    Bem assinalado o penalty? Olha que não! Simulação clara do Dost! É este que provoca o contacto!
    No 1º jogo ajudados por 2 passes de morte dos defesas amigos do adversário, no 2º jogo ajudados por um árbitro e um VAR amigos.
    Assim também eu!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tentativa. Por isso é que nunca passarão de uns hipócritas que nem a verdade são capazes de admitir. A verdade vem sempre ao de cima mas não é o SCP que tem medo do video-árbitro e utiliza tudo e mais alguma coisa para chegar á vitória.
      E mesmo que fosse verdade o que diz....ainda tínhamos que ser muito beneficiados para chegar aos calcanhares de outros! Esqueceram-se de dar o toque ao Paixão e ele marcou o que tinha de marcar.
      É o que dar andarem apertados e com medo de mais emails comprometedores!!

      Eliminar
    2. Penalti claro, aliás houve mais 2, um também claríssimo sobre o Coates, q resistiu a cair no chão, e se calhar por causa disso é que não foi marcado nada.. e uma mão clara do Arnold na cara do Acuña a impedir-lo de tentar chegar à bola, q não mereceu por parte do Acuña o mínimo protesto, só um ligeiro esfregar de olhos pois o Matacão Arnold de certeza acertou-lhe na vista... (LANCE Q NÃO FOI MOSTRADO EM NENHUMA TELEVISAO... Não convém, até para mais q revela as imensas fitas q se fazem por aí, é só os jogadores actores, tipo Puscinas, quererem... )

      Certo o Dost fez um pouco de teatro... mas já o Acuña esteve imensamente mal, pois devia ter-se é amandado para o chão a gritar com dores q não conseguia ver...

      Até considero que tais coisas são 'porcas'... mas imensamente mais imundo é o Tugâo dos vouchers, colinhos, mails de conluios, bruxarias e meninos queridos, q contra o Sporting só não roubam o que realmente estiver bem preso ao chão (logo é preciso muito fita e protestar bastante)

      Eliminar
    3. E para concluir o *Olhe que sim*... o próprio jogadore do Vitória de Setúbal q fez a falta já deu uma entrevista a descair-se q realmente fez penalti... que se o árbitro tem marcado para aí aos 70 nin de jogo até estava bem, agora aos 87 é que está muito mal...

      O nível de inteligência destes matacões é impressionante!! (penalti ou é ou não é, não tem tempo de jogo)

      Eliminar
    4. Eles não querem é recordar os penaltis de falta de intensidade do Nuno Gomes e os do piscinas. Aquela do Coates só depois é que vi mas é mais do que claro e com o árbitro a ver.

      Eliminar
    5. Olhe que não!13/08/2017, 16:25:00

      É preciso ter muita lata para mentir dessa maneira. A entrevista que o Nuno Pinto deu, descaiu-se mas disse o contrário:

      "Na minha opinião não houve penalty. O Bas Dost perdeu o contacto com a bola, veio para trás, eu parei na minha posição, ele aproveitou e atirou-se para o chão. Como já devem ter visto na televisão, eu parei, ele veio por trás, bateu em mim e caiu".

      As mentiras que não se dizem para inverter a realidade!

      Eliminar
    6. Lembra-me uma certa......cartilha!!

      Eliminar
    7. Disse o contrário o quê oh "Olhe que não Merdefiquista Enxartilhado"!??...

      Que aos 87 min estava ben, e se tivesse sido aos 70 min é que estava mal!!??

      A mim tu não enganas... eu vi e ouvi esses comentários em primeira mão Oh encartilhado, e tu estás a lançar insinuações po ar claramente sem ter visto tal peça... aliás EXISTE UMA RAZÃO porque nunca mais passaram tal peça nas televisões, se o tipo tem NEGADO categoricamente a falta, passava de hora a hora, agora como se 'DESCAIU' não convém nada à CARTULHA estar a passar tal coisa mais vezes.

      Eliminar
  2. Vou tentar ir fazendo um apanhado dos lances polémicos nos jogos dos três grandes ao longo da época.
    www.3grandesnaliga.blogspot.com

    ResponderEliminar

Comente em AmorSporting: