quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Se o ridículo matasse....

Ridiculo!! É ridículo a decisão do CD da FPF que decidiu arquivar o caso Eliseu porque concluiu que não existem indícios de infracção disciplinar e que não se pode sobrepor á avaliação do árbitro e video-árbitro. Para completar a missa, a ajuda do ´padre` Vasco Santos, o VAR desse jogo, que não viu nenhuma agressão nem prática de jogo violento por parte de Eliseu. O CD não quis abrir um precedente mas como ficam as agressões de hoje em diante? Para que existe o flagrante delito? Como é que o srº padre diz que não viu o que todos vimos? Continuam-se a ouvir as mesmas missas e os padres são os mesmos.
Continuam-nos a tratar como se fossemos estúpidos e comêssemos gelados com a testa. 
O país inteiro viu o que este jogador tem feito dentro de campo jogo após jogo. Mas o que decidiu o CD da FPF? Nada, zero, bola como se nada se tivesse passado e como justificação ainda dizem que não podem sobrepor-se ao árbitro nem ao Video-árbitro.
Por um lado eu até percebo. 
O srº Meirim não quis abrir aqui um precedente que seria utilizado todas a semanas mas será o melhor? E a verdade? Como será de agora em diante? Para que servem os autos de flagrante delito a partir de hoje? Não terá esta decisão aberto também um precedente-o da impunidade? E se o CD não se pode sobrepor ao árbitro e VAR, para que serve então este órgão da FPF-só para castigar presidentes e directores de comunicação dos clubes? 
Claro que tudo isto se resume ao que os senhores padres, Rui Costa e Vasco Santos, colocaram nos seus testemunhos e nem as imagens servem para constatar que os mesmos devem sofrer de cataras nos olhos. Desta forma o CD diz que não pode passar por cima das decisões dos dois padres mas desta forma também nos dizem que os autos de flagrante delito só servirão quando um padre nada vir! E atenção: se os padres agora dizem que não acharam que tivesse sido cometido qualquer infracção sempre podem dizer simplesmente que não viram o lance!
Visto ainda de outro ângulo, eu até percebo porque é que o CD decide não tendo em conta o que o CA tinha dito. Esta acabou por ser uma opinião contrária aos padres do jogo e neste sentido como não é vinculativa não interessou ao CD.
Portanto o que vemos e o que vamos continuar a ver são padres com uma visão para os jogos do Benfica e outra visão para os restantes jogos!! E o que eu vejo é que no Rio Ave-Benfica um árbitro não se dignou a utilizar o VAR para confirmar uma grande penalidade e muito possivelmente também não viu lances violentos de Eliseu nem de Pizzi e neste jogo o srº árbitro e o respectivo VAR, que está conotado na história dos emails como padre, também nada viram e como diz Jorge Jesus.......´Siga para Bingo.`!!
Estão 4 jornadas disputadas mas tudo isto começa a cheirar mal !!
Confesso que já esperava esta decisão assim como o esquecimento em relação a Bruno Coelho do Futsal do mesmo Clube mas fiquei surpreendido com a suspensão a LFV. Também estava á espera que arquivassem este processo mas parece que Vale e Azevedo só há um e esse só podia ser de um clube!! Mesmo assim, para quem se intitula uma virgem ofendida e é reincidente apanhou uma suspensão muito amiga!
Portanto não há hipótese de vermos justiça e árbitros que nem com o VAR conseguem deixar de ser padres e meninos queridos. Não consigo chegar a mais nenhuma conclusão que não esta pois só têm acontecido problemas com o clube do costume. Como se explica esta situação? Mais coincidências, congeminações contra o SLB? Enfim.......
O que sei é que a impunidade vai continuar e os mesmos vão continuar a dar pau em todos os jogos que as pessoas bem colocadas os protegerão.
Não há hipótese! Nem com imagens isto se endireita! Isto só la vai com uma revolução correndo com esta gente toda!! Por isso nem vale a pena pedirem para se demitirem porque obviamente estão bem colocados.

Se ainda não seguem AmorSporting podem começar desde já. Obrigado. 
AmorSporting no Facebook(link
AmorSporting no Twitter(link)

Sem comentários :

Enviar um comentário

Comente em AmorSporting: