quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Porquê oferecer prendas aos árbitros e..nos jogos fora?

O assunto das prendas aos árbitros voltou á tona devido ao relatório do árbitro do D. Chaves-Benfica, Jorge Sousa. Este juiz colocou no seu relatório que os dois clubes ofereceram prendas aos árbitros da partida. Os da casa, "..o Clube A no final do jogo ofereceu á equipa de arbitragem uma lembrança regional sem valor comercial" e os de fora, "...o delegado do SL Benfica ofereceu a cada elemento da equipa de arbitragem uma camisola do clube.". Como interpretar estas prendas sabendo que em quase mais nenhum relatório nestas duas jornadas têm o mesmo facto relatado? Será que em todos os jogos os clubes visitados e visitantes dão prendas aos árbitros, será que são só os visitados, será que todos dão mas não surge relatado no relatório, será que só dão em certos jogos? Em que ficamos?
Ninguém está a dizer que é ilegal oferecer prendas aos árbitros seja pela equipa visitada, seja pela equipa visitante(podem fazê-lo até certo montante) mas não deixa de ser estranho que só em dois jogos se tenha relatado oferendas aos árbitros das partidas e ambas na 2ª jornada:

Boavista-Rio Ave:

D. Chaves-Benfica:
No Boavista e pelo clube do Bessa foram oferecidas garrafas de Vinho do Porto, em Chaves e pela equipa da casa uma lembrança regional "sem valor comercial" e o mais curioso é que o Benfica, equipa visitante ofereceu a cada elemento da equipa de arbitragem uma camisola do clube.
Sou sincero: nunca tinha ouvido falar de que as equipas visitantes também ofereciam prendas aos árbitros por isso fiquei curioso e fui ver.
Agora que os relatórios são públicos podemos ver, e isto acreditando que todos os árbitros não receberam prendas em todos os outros jogos, porque não está relatado, que só 3 equipas ofereceram prendas aos árbitros(em cima referido) mas não só: o normal e em quase todos os jogos, é o inicio da 2ª parte atrasar-se sempre mas na 1ª jornada foi também revelado comportamento incorrecto do publico(imaginem...onde?) e problemas no túnel de acesso aos balneários no jogo P. Ferreira-D. Aves:
Ora bem, pelo que diz a lei parece estar tudo nos conformes mas não deixa de ser curioso que uma equipa visitante ofereça, também, prendas aos árbitros. Não é normal!!
Se é outro comportamento estranho do mesmo clube? Cada um que tire as suas conclusões. No entanto o que a meu ver continua mal é os senhores árbitros continuarem a receber prendas mas, como os clubes (não sei se congeminaram esta lei como fizeram em outras) em vez de cortarem o mal pela raiz, aprovaram um limite mais baixo para prendas. 
Em quantas profissões as prendas já deram problemas e em quantas outras são estritamente proibidas? Porquê esta profissão ainda permitir isto?
Talvez no mundo do futebol faça sentido para alguns clubes............mas muitos de nós quando vamos trabalhar não recebemos água, camisolas, roupões, galhardetes, vouchers, produtos regionais, etc e seria muito mau saber que as prendas não têm sido relatadas nos relatórios dos senhores árbitros.
É só mais uma batalha do futebol português rumo á transparência que parece não agradar a .....determinados clubes. 

Se ainda não seguem AmorSporting podem começar desde já. Obrigado. 
AmorSporting no Facebook(link
AmorSporting no Twitter(link)

Sem comentários :

Enviar um comentário

Comente em AmorSporting: