segunda-feira, 24 de julho de 2017

Ás paletes

Não há forma como o contornar, o SCP contrata muitos jogadores e em todos os Verões. É certo que não somos os únicos mas o que nos interessa é a nossa realidade. Mas obviamente que não chega dizer que contratamos muitos jogadores pois também interessa saber quantos saíram, se o treinador mudou, qual o sistema táctico a utilizar, o futuro, a sua qualidade, etc. No entanto há quem pense que um plantel não deve mexer muito. Onde é que isto vai parar? 
Primeiro começo por dizer qual a minha opinião e essa é justificada pelo que tenho defendido nos meus post´s - ´poucas mudanças` - o que contraria o caminho seguido pelo Sporting.
A verdade é que o Sporting tem, todos os anos, mudado muito de jogadores, sejam contratações com algum custo, a custo zero e agora até bastante caros. De facto têm chegado ao Clube entre 9 e 12 jogadores por época e isto para mim é muito jogador e não deveríamos ter essa necessidade.
O que defendo é que um plantel de um candidato ao titulo não pode mudar 10 jogadores de uma assentada.  É muito!
O que admito é que ao entrar um treinador novo num clube se possam fazer essas mudanças todas mas não no 3º ano.(pode dar resultado se a politica de contratações for a mais correcta mas é muito difícil). Nos dois primeiros anos as mudanças já deveriam ter sido todas feitas e aos poucos, excepto as saídas do momento mas dois anos é mais do que tempo suficiente para se fazerem boas contratações e te formar uma equipa com uma boa base e sólida. E isto sem falar da nossa formação que tem de ter lugar obrigatória na equipa principal subindo directamente da equipa B ou emprestando primeiro e regressando depois.
Mas o que eu vejo é que essa base sólida é só baseada em 15/16 jogadores(devia ser de 20) pois todos os anos entram cerca de 10 jogadores novos. E o que isto significa? Pois bem, significa que a politica de contratações está errada pois se contratamos 10 jogadores e depois só se aproveitam 1 ou 2 com qualidade não me parece que as escolhas sejam as mais certas. Depois, e a este ritmo de 1/2 contratações certas ao ano não me parece que cheguem 3 anos para criar a tal base sólida de uma equipa de que refiro. Portanto, onde é que isto vai parar? Quantos anos demoraremos a ter esta base sólida?
É claro que gostaria que este ano, com mais 9 jogadores novos, outra vez (e talvez ainda sejam mais), isto termine pois é muito jogador a entrar e a sair e isto não é bom para clube nem jogadores. (E talvez agora se perceba melhor porque é que os empresários e media gostem tanto de dizer que o SCP está interessado neste ou naquele atleta. É que com tanta contratação por parte do SCP...os boatos soam a verdade!!) Mas este ano até temos feito as coisas de forma algo diferente e até confessado pelo presidente na entrevista que deu á SportingTV,  ´decidiu-se ter os jogadores mais cedo para que o treinador tivesse tempo de os treinar, para que eles se adaptassem com mais tempo, comprar antes de vender em género de antecipação e até gastando mais , ou seja, apostando em mais qualidade`.
O estranho é que só agora tenham apostado nesta estratégia porque, por exemplo, o FC Porto já a pratica há décadas. Será então que no Sporting se percebe assim tanto de futebol? E onde fica JJ nesta história toda? E um director do departamento de futebol não era para saber destas coisas?
Por isso digo, gostava que isto parasse este ano pois se estes jogadores têm mais qualidade para quê contratar, outra vez(em 18/19), mais 9 ou 10 jogadores? É claro que esta ´qualidade` só veremos ao vivo e no final de certo tempo mas parte-se do principio de que ela existe!!
Quando é que faremos bem as coisas?
O que eu sempre concordei é que um plantel se deve ir construindo aos poucos e ano após ano, mas não mudando sempre 10 jogadores de uma só vez(já vamos em 3 anos seguidos). O máximo que se deve mudar são cerca de 5 jogadores, admitindo mais um ou dois consoante os negócios do clube. No entanto, se isto acontece só pode ser por duas razões: falta de dinheiro (tens que vender) e mau scouting dando na aposta errada em jogadores a custo zero e baratos. E aqui não se compreende como se contratam jogadores a auferirem cerca de 1 Milhão de euros anuais e depois passado um ano tentamos transferi-los e porque se renova, por exemplo, recentemente com Schelotto e depois fica fora do plantel principal ou como passado um ano, se transfere um jogador como o Naldo que era bom jogador e depois vai-se buscar o A. Pinto ou se transfere o Paulo Oliveira.
Sinceramente o que me parece é que tudo é feito para ganhar um milhão aqui e outro acolá e isso é uma estratégia muito fraca e joga-se com os jogadores como não se devia.
O desejável era que existisse uma estratégia correcta, acertada no scouting para que não andássemos sempre em mudanças na equipa e só assim teríamos tranquilidade e os jogadores se sentiriam mais seguros.
Mas o que acontece?
Acontece que no final da temporada ou até a meio do campeonato, os jogadores que chegaram saíam do clube porque foram apostas erradas!! Não parece, bem pois não? E tudo passa porque não somos nós, adeptos, a sentir isso na pele e porque só queremos é ter uma grande equipa!! Por isso digo que queria que esta temporada tudo isto terminasse e entrasse nos eixos porque quando se diz que se vai investir cirúrgicamente, 9 ou 10 contratações não é nada cirúrgico!!
E o Sporting até começou bem com Jorge Jesus.
No seu primeiro ano em que quase fomos campeões não era necessário ter mudado tanto jogador mas o que nós fizémos foi querer ter uma equipa ´fantástica`, de outro mundo.... mas não olhámos para o que é essencial no futebol, e isto é estranho da parte de JJ que se diz ´o cérebro`. Deixámos sair jogadores como Naldo, André Martins, Aquilani, Ewerton, Jonathan Silva, Marcelo Boeck, João Mário, Tanaka, Montero, Teo Gutiérrez, Slimani, Mané, isto é, 12 jogadores!!!!
Mas um treinador como JJ não sabe que mudar metade de um plantel tem custos desportivos? E teve ou não teve?(provavelmente com um bom director para o futebol isto não se passaria)
O que digo é que seria só preciso mudar metade desses jogadores(os a sublinhado, por ex.) e no ano seguinte mudar outros se fosse preciso, mas o caso é que fomos buscar erradamente tanto jogador e agora tivémos que refazer a equipa de novo com mais uma carrada de ......jogadores. Pois bem, assim não dá e começa a ser demais!!
Estas 9 contratações que se prepararam para ser 10 ou quem sabe mais ainda, é assim uma tentativa de um recomeço para se encontrar a tal base sólida de 20 jogadores que refiro mas em outros moldes-com a sucessão dos lugares com jogadores mais jovens.
Desta forma penso que o melhor seria mesmo William e Adrien não saírem este ano para que essa adaptação e integração de Battaglia, Palhinha, Bruno Fernandes e Mattheus Oliveira fosse efectuada como deve ser e depois no Verão de 2018 poderem sair sem tanto sobressalto.
Assim é que deveríamos estar a fazer há muito tempo no Sporting como fazem outros clubes que pelos vistos percebem mais de futebol do que o Sporting com e sem Jorge Jesus e BdC.
E se estas sucessões não são efectuadas teremos que andar sempre e contratar paletes de jogadores todos os Verões e muito preocupados com as comissões.
Reparem que tudo isto é o tal rumo de que falamos muito mas não passamos do de contratar paletes de jogadores todos os anos como se tentássemos acertar no Euromilhões. É isto que queremos e é o melhor para um plantel que se quer candidato ao titulo? E um treinador assim faz milagres?
É claro que agora, o talento, a qualidade e a capacidade de trabalho dos técnicos e jogadores fará o resto mas que com este rumo é tudo muito mais difícil é uma verdade. Espero portanto que seja este o ano de viragem na nossa estratégia no futebol mas para isso penso que é necessário um verdadeiro director desportivo com as ideias identificadas com o Clube mas que soubesse muito, mas mesmo muito de futebol para que juntamente com a capacidade e determinação de BdC e JJ fizessem um trio em vez de um par.
Desta forma voltamos a correr os mesmos riscos e de voltarmos a não ganhar nada mas nada invalida de acreditarmos em conquistas. No entanto temos que admitir que com esta estratégia é tudo mais difícil!.
O que muda tudo? O titulo mas aqui fica já o repto: se formos campeões mudaremos mais uma vez 10 jogadores no plantel?

Se ainda não seguem AmorSporting podem começar desde já. Obrigado. 
AmorSporting no Facebook(link
AmorSporting no Twitter(link)

8 comentários :

  1. Vou acrescentar uns pontos ao post para discussão.
    O 1°ano de JJ no Sporting foi marcado por um investimento grande nas infraestruturas do futebol a nível de academia, departamento médico, trabalho físico específico, etc,mas ainda sobre constrangimento financeiro. Só para dar um exemplo Bryan Ruiz veio por empréstimo. O plantel manteve as principais pedras e lutou até ao final pelo campeonato.
    O investimento de lá para cá tem crescido em valor e qualidade dos jogadores.
    O investimento do Sporting é muito inferior ao dos rivais. Acredito que nunca iremos gastar 20 milhões num Imbula ou 22 num Jimenez
    E um clube como o Sporting necessita de vender jogadores inevitavelmente.
    Quanto as paletes, acontece com todas as equipas da Europa.
    E não foi por perder muitos jogadores que o Porto deixou de ser campeão no período de hegemonia. O que investia era com critério em jogadores promissores e que queriam vir ser campeões e de seguida rumar para um grande europeu. Até aceitavam ganhar menos...
    SL
    JHC

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim é verdade e muito bem, no principio investimos muito nas nossas infraestruturas que era necessário. Estávamos muito atrasados. Depois também é verdade que somos um clube como todos os portugueses que precisamos de vender e também penso que nunca compraremos jogadores por 20 milhões.
      Quanto ao investimento foi lógico termos sido comedidos ao principio e começarmos investir mais consoante a disponibilidade mas não considero bom mudarmos muitos jogadores de uma assentada e se formos a ver quem muda dificilmente vence. Há todo um leque de circunstancias que se têm de ter em atenção ao contrário de uma equipa que muda pouco e o SCP não soube olhar para isso.
      E permita-me discordar de si quando diz que o FCP também mudava muitos jogadores. O que o FC Porto fazia era mudar só aqueles que tinha de vender por milhões para suportar os encargos elevadíssimos e a espinha dorsal de cerca de 20 jogadores mantinha-se o que tornava tudo mais fácil.
      Se o SCP não for campeão e só mudar cerca de 5 jogadores será muito bom e excelente sinal: por um lado que acertamos nas contratações deste Verão e que teremos uma equipa mais entrosada e sem muitos alaridos á volta.
      Investir com critério será sempre o melhor mas se só mudarmos 5 jogadores esse investimento pode ser melhor investido.
      SL

      Eliminar
    2. Pois, mas bem visto as coisas, tens 7 jogadores titulares na equipa do ano passado (5 dedde há 2 abos) , Patrício, Coates, William, Adrien, Gelson M,, Podence e Bas Dost.

      Que qualidade!(se estiverem empenhados, focados e comprometidos)... Procurar alternativas quer algum destes saia, e ou ter um banco à altura, não vejo problema nenhum gastar 27 milhões como até agora, especialmente quando as vendas até agora atinge quase esse montante (24), e ainda existem pelo menos 7 jogadores a serem vendidos (emprestados não, nem que tenham q treinar à parte uma época inteira)

      Portanto conpra-se muito mas também se vende muito, 10 jogadores planeados serem vendidos sem contar com Adrien ou William... ou Beto...

      Portanto é claro que o Sporting, mesmo se vier mais 1, vai vender mais quantidade daquilo que comprou.

      Não dêem ouvidos à *cartilha*, e muito menos à JORNALIXEIRADA SUJA CORRUPTA DEMAGOGA IMORAL E PARCIAL..

      O Merdica desde que BdC entrou tem practicamente 'O Triplo' dos gastos em aquisições q o Sporting, e não é por isso que tem melhor equipa, antes pelo contrário... sem padres missas e bruxarias, não tinha havido trimentira, não haveria treta e de certeza que não vai haver pêta...

      O magnífico trabalho também na construção de plantel com tão pouco dinheiro relativamente (exemplo horrível para mendes doyens e afins), é uma das principais razões porque odeiam tanto o BdC.

      QUANDO É QUE *ISTO TUDO* VAI ENTRAR NAS CABEÇAS DOS SPORTINGUISTAS É QUE DEVIA SER MATERIA DE DEBATE, POIS AINDA HÁ IMENSOS MENTECAPTOS (mentes capturadas pelas cartilhas e jornalixeirada... isto fora infiltrados, q também há muitos)

      Eliminar
    3. Mário: o que os outros fazem não me interessa. A mim interessa-me a politica desportiva do SCP e mais nada.
      O problema não é conseguires um bom plantel com pouco dinheiro. O problema é que todos os anos fazes isso e essa estratégia não me parece a mais certa. Até parece que alguém ganha á comissão, porra!
      Para mim uma equipa constrói-se em vários anos e não num Verão! Viste o que aconteceu o ano passado? Vieram 12 e quantos ficaram? Baratos não é? Viste quantos saíram de uma equipa que quase foi campeã nacional? Havia necessidade disso? E para o ano que vem, mudamos mais 10 outra vez e assim sucessivamente?
      Achas que é o mais correcto a fazer?
      Ao contratares 5 podes concentrar o investimento para melhores jogadores ou não? Mas atenção não me estou a referir a esta época que temos gastado bem e parece-me que em bons jogadores. Mas sabes? Eu não arriscaria em trazer o Coentrão e o Mathieu por causa das lesões. Deus queira que estejam bem mas é um risco que não devíamos correr. Já viste: aqui o barato pode sair caro e se já tivéssemos acertado nas contratações no ano passado este Verão não era necessário arriscar em jogadores baratos nem com histórico de lesões!
      Depois, já para não falar de que o Fábio faz uma época mas pode não regressar, o Mathieu não sabemos quantas mais faz, enfim....parece que andamos aos remendos e a fazer troca de jogadores para ganhar milhão aqui e milhão acolá. E se for isto dará lucro no fim mas para os jogadores e treinador não é o melhor com certeza!

      Eliminar
  2. Quer um conselho? Sintetize se não poucos leem até ao fim. De resto concordo com a ideia geral: 10/12 jogadores novos por ano é muita mudança

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos os conselhos são bons. Obrigado

      Eliminar
    2. Foram (serão) 10,

      Mathieu,Piccini,Coentrão,Bsttsglia, Matheus Oliveira, Bruno Fernandes, Dombia, Acuña e LD(Folquier se os rumores tiverem certos, mas já acreditei mais) André Pinto (custo zero, não devia contar, se recebeu prémio de assinatura foi bem baixo de certeza)

      Vendas (em definitivo)

      Paulo Oliveira(3,5M)
      Ewerthon (~1M)
      Rúben Semedo (14M)
      Douglas
      Schelotto
      ZéGlar
      Slavchev(devia estar vendido)
      Sacko(2M)
      Heldon
      Castaignos
      Bryan Ruiz

      Fora os 4 q foram vendidos (a acrescentar valores de empréstimos e opcionais, por exemplo Leonardo Jardim deu 250mil, Bruma deu quase 1M,etc), todos os outros têm tido interessados e até já várias propostas...

      Mesmo que Adrien, William e ou Beto saiam, e venham substitutos à altura para os seus lugares, mesmo assim, o Sporting vai VENDER MAIS EM QUANTIDADE, do q aquilo que comprou, e no fim ter um lucro bem razoável q lhe permite encarar a época sem receios (bons prémios de jogo). ponto

      Onde é que esta política está errada?.. qual é o problema??

      Eliminar
    3. Mário, se reparares eu nem falo em lucro ou perder dinheiro do investimento porque não é aí que quero chegar. Uma equipa não deve mudar todos os anos pois é necessário criar laços, entender o sistema de jogo, adaptar-se á sociedade portuguesa e ao nosso futebol,etc e isso não é em dois ou três meses.
      Ora, se mudares metade de um plantel todos os anos temos que andar nisto. Se mudares só 4/5 por ano não tens estes problemas e os ue vierem até se integram melhor e mais rapidamente.
      No entanto sobre lucro ou não....o BdC já nos habituou que não perde nos investimentos que faz. Não será sempre como é óbvio mas nesse prisma que falas não estamos a perder.

      Eliminar

Comente em AmorSporting: