sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Bem-vindo á luta pelo video-árbitro...Barça


Nada melhor do que um golo não validado a um todo poderoso do futebol mundial, o Barcelona, para apressar a entrada dos meios tecnológicos ao serviço deste desporto.
Foi só mais um episódio injusto que se vai registando no Desporto rei um pouco por todos os campeonatos mas que só vê a utilidade  do video-árbitro quando um clube como o Barça é prejudicado!
Este meio tecnológico que era só para servir a Liga espanhola em 2018 vê assim ver antecipada a sua entrada já para 2017 assim como a Liga Alemã.(link)
E em Portugal? Quando darão razão a BdC e ao Sporting? Quando outro Clube se sentir prejudicado como foi em relação do anti-jogo?
Sou o alarme na Liga espanhola!
O todo poderoso Barcelona foi claramente prejudicado em Sevilha perante o Bétis num lance em que o video-árbitro lhes daria razão ...na hora!! Desta forma foram 2 pontos perdidos e quem sabe, o adeus ao titulo espanhol de futebol. (link)
No entanto, se o erro se tivesse registado no jogo entre o Alcorcón e o Las Palmas haveria reunião para se antecipar a entrada em vigor do video-árbitro? (link) Já sabe a resposta não sabe? 
Em Portugal é o mesmo.
Enquanto for o Sporting o mais prejudicado por estas bandas não haverá apoio a BdC nem ao nosso Clube no combate a este problema. 
O video-árbitro será uma certeza mas só quando for o outro Clube, aquele que já sabemos, o prejudicado. Nessa altura é que falar-se-á e passar-se-á á implementação desses meios de auxilio aos árbitros. Aliás, o silêncio de muitos denunciam as suas posições perante este tema!
Recordo que no Rugby esta tecnologia já está implementada há mais tempo e com boa prestação e que um pouco por toda a parte as experiências vão-se repetindo. São no entanto ainda poucos que vão implementar o video-árbitro, talvez quem sabe por um erro que prejudique outro......´Barcelona`.
O futebol precisa de ser mais credível, isto é, mais justo e afastar estes casos do jogo.
O video-árbitro tem que ser capaz de ajudar, ao máximo, os árbitros durante um jogo e esta solução só pode ser entendida como uma ajuda preciosa para um juiz de futebol e não uma forma de beneficiar uns e prejudicar outros!
A sua entrada no futebol vai trazer mais justiça nos resultados e isso é o que preocupa os maiores clubes pois são estes os mais beneficiados! 
Em Portugal, esse registo é manifestamente desfavorável ao Sporting por isso mais ninguém defende este meio tecnológico para o futebol como nós! 
Ninguém em Portugal luta tanto pela introdução do video-árbitro como BdC mas, como deixaram a perceber e fizeram na questão do anti-jogo em que só o discutiram verdadeiramente quando o rival perdeu, este meio tecnológico não entrará tão cedo ´em jogo`. 
Por isso digo .....bem-vindo  á luta pelo video-árbitro....Barça!!

Siga AmorSporting nas redes sociais clicando na imagem seguinte. Obrigado.

4 comentários :

  1. Se os erros não afectarem Real Madrid ou Barcelona, os protestos parecem perder importância. Infelizmente.

    Mas o mais curioso, e imensamente irónico, é que o Barça é o rei dos benefícios arbitrais nos ultimos 5, 6 anos. Na época passada foi a equipa com mais grandes penalidades a favor e menos contra - e a grande distancia de Real Madrid e Atletico. Na época anterior a essa, a mesma história. E antes disso, igualmente. Adicionalmente, jogadores do Barça raramente são expulsos ou amarelados - veja-se o caso das multiplas agressões de Suarez, Pique e Busquets e um par de cartões vermelhos.

    Ironia suprema.

    Isto para dizer que há uma grande, grande diferença entre a postura do Sporting (há anos) e a do Barça. O clube espanhol é especialista em tirar partido de interpretações legais desta ou aquela regra/estatuto, e tudo o que faz é para seu benefício unico.

    O video-arbitro, tal como foi implementado no "mundialito de clubes" é um recurso pobre, lento e gerador de complicações. Provavelmente, como muitos disseram, tal foi feito de forma deliberada.

    De aplicação imediata:
    - olho de falcão ou sensores nas balizas
    - revisão televisiva rápida de jogadas que envolvam agressões e as grandes penalidades mais claras (rasteira de jogador, mão na bola)

    Aqui em Portugal, tudo se subordina aos interesses do clube cujo presidente teve uma pena de prisão, o slb. Com o Polvo a controlar os arbitros e a Com. Social, o "video-arbitro" irá fazer a seguinte diferença para um futebol mais puro e honesto: ZERO.

    ResponderEliminar
  2. Pois.... corremos esse risco! Daí o tal silêncio que refiro. Mas há algo que não podemos esquecer: será sempre o árbitro a ter a ultima palavra mm depois de ver as imagens, ou seja, penalidades daquelas como as que aconteceram na Luz nunca as vão marcar.

    ResponderEliminar
  3. Pois, sim.

    Aliás, há bastante tempo que o Mestre de Cerimonias e o Mister do Café têm colocado artigos/posts acerca da influencia directa do clube da Porta 18 na formação dos arbitros, no conselho e na equipa que supostamente vai testar ou está a testar as "novas tecnologias".

    Tudo está organizado de uma forma que orgulharia qualquer cabecilha da Máfia Italiana. Jorge Mendes, o Grupo Cofina (e outros), pseudo-jornalistas da TVI, SIC e RTP, as figuras chave da FPF e da Liga: alguém duvida do poder que têm?

    >>"Mas há algo que não podemos esquecer: será sempre o árbitro a ter a ultima palavra mm depois de ver as imagens, ou seja, penalidades daquelas como as que aconteceram na Luz nunca as vão marcar."

    As soluções que referi acima, proporcionadas pela aplicação de algumas tecnologias, tornam mais difícil justificar o erro do arbitro. O que, neste país, pouca importância tem.

    O peso do arbitro é final e é esmagador, como indica o Rui. Se o arbitro fizer parte do sistema, se o arbitro estiver "encomendado" ou "carregado" (lexico benfiquista comum...) nenhuma tecnologia corrigirá os seus erros (deliberados).

    Devido a isso, as "novas" tecnologias são um placebo.

    O futebol português só mudará e se tornará HONESTO quando 2 coisas acontecerem:
    - a UEFA assume um período de gestão directa da principal Liga portuguesa. Após esse período seguir-se-ia uma fase probatória com dirigentes crediveis e de confiança da UEFA.
    - a UEFA impõe o uso do olho de falcão e outras medidas similares

    Já sabemos que isso não acontecerá. A Mafia do Polvo Vermelho vai continuar impune, e tranquila e impunemente prosseguirá com os roubos mais ou menos descarados.

    ResponderEliminar
  4. Não discordo de si!!
    Isto está mesmo a precisar de uma varridela muito grande!!

    ResponderEliminar

Comente em AmorSporting: