terça-feira, 17 de janeiro de 2017

A crise no Sporting


O Sporting empatou em Chaves com o Desportivo local e perdeu uma excelente oportunidade de encurtar distância para o líder da Liga mas, as criticas não se fizeram esperar.
As exibições, a politica de contratações, a dinâmica e o desequilibro da equipa, o desempenho e empenho dos jogadores, as constantes expulsões de JJ e as constantes mudanças na equipa têm dado maus resultados e é natural que se fale em crise. Até porque já não há jogos europeus, Taça da Liga, o Campeonato está por um fio e hoje joga-se o futuro na Taça de Portugal.
A frustração foi muita e Bruno de Carvalho, presidente do SCP, no final do jogo esteve presente no balneário da equipa para fazer passar conta da sua insatisfação, da dos adeptos que querem mais que tudo ver a sua equipa ganhar e deixar tudo em campo mas sobretudo para dar um grito de alerta e impor ordem na casa.
Posteriormente, a estrutura do futebol leonino reuniu e terá chegado a conclusões que nós adeptos, já tínhamos constatado - má politica de contratações e culpas de JJ e presidente.
Conclusões: que a vitória frente ao D. Chaves, para a Taça de Portugal seja um inicio e não...um fim!!
Como não podia deixar de ser o facto de BdC ter ido ao balneário foi aproveitado quer pelos media quer pela oposição para mais criticas mas, isso também já é o prato do dia.
As grandes manchetes dos jornais desportivos não demoraram em fazer crer que a crise está instalada e agora até o futuro é sem JJ(link)!!!
Perante estes factos convém esclarecer certos aspectos:
  1. Bruno de Carvalho não fez mais do que muitos presidentes e alguns deles muito queridos da imprensa nacional já fizeram. Os moldes e o tom podem não ter sido os mesmos mas a finalidade é mesma;
  2. BdC pode e deve ir ao balneário falar/apoiar/criticar com os jogadores quando bem entender pois é o presidente do SCP;
  3. Deve o presidente do SCP exigir mais do que ninguém o total empenho, dedicação e máxima atitude aos jogadores quer fora quer dentro dos relvados;
  4. O presidente de um Clube é o máximo responsável de uma equipa e como tal também deve ser o 1º a incentivar mas também, quando for o caso, o 1º a criticar a equipa;
  5. BdC não deve ir só ao balneário para falar/criticar/apoiar só com os jogadores mas também com o treinador da equipa;
  6. O facto de BdC também ser um dos responsáveis pela politica de contratações do Clube não invalida que vá ao balneário e passe uma mensagem de alerta e de exigência pelo símbolo que carregam ao peito;
  7. O SCP não perdeu o Campeonato, ponto! Perdeu somente a oportunidade de diminuir a diferença pontual para o rival; 
  8. O SCP deve jogar mais e ter mais garra dentro de campo, ponto!
  9. Jorge Jesus também é responsável pelas más exibições e pelos jogadores contratados;
Muita imprensa e a oposição, já se sabe, está deserta que BdC não vença as eleições que é para dizer tudo o que lhe apetece do Sporting e não deixa escapar a mais pequena hipótese de destilar veneno: 
-Jornal Record: "Presidente apertou jogadores no balneário"
-Jornal A Bola: "Capitães confrontaram Bruno de Carvalho no balneário"
-Jornal O Jogo: "Bruno de Carvalho criticou equipa e capitães responderam à letra"
Mas, afinal sempre existiram confrontos entre presidente e jogadores, foi só um diálogo e até parece que outros presidentes não vão ao balneário dizer o mesmo e exigir mais e melhor dos seus jogadores?
Destilar veneno para o SCP é o que interessa e bem vimos que falar do 2º maior passivo da Europa nem sequer nas 1ªs páginas teve destaque!! Enfim....
Com tudo isto ainda há dúvidas se BdC deveria ter ido ao balneário ou não? Eu não tenho nenhumas mas onde entra JJ no meio disto tudo? Espero que também tenha sido englobado nesta equação pois é um dos principais , se não o principal, culpado!!
O presidente é o representante máximo do Clube e tem que ser ele a exigir mais empenho, mais atitude e mais respeito para com os adeptos do Clube mesmo que também seja ele  o responsável por ter deixado chegar ao SCP tanto jogador estrangeiro e de qualidades duvidosas, alguns deles sem qualidade mesmo.
Que não restem duvidas de que o Presidente de um Clube, quando bem lhe apetecer, deve intervir junto das várias equipas do Clube!!
O problema é saber em que tom se dirigiu mas é claro, que sobre este aspecto e para a oposição e imprensa....foi o pior possível! Já estamos habituados!!
Ao que também estamos habituados são a faltas de respeito ao nosso presidente e ao SCP mas isso tem que terminar. As declarações do paineleiro Rodolfo Reis no programa ´Play-Off` da Sic Noticias merecem atenção do nosso departamento jurídico pois chamar de Tótó ao presidente do Sporting merece resposta adequada.(link)
A melhor resposta são os resultados e eles têm sido maus mas, ainda não se perdeu tudo e vejam que se aquele golo do Chaves não acontece, hoje, estávamos a 6 pontos do líder e a conversa era outra!!
Mas vejamos o que nos leva a ....esta crise.

Jorge Jesus:
O que dizer de JJ? Deve sair, deve ficar? 
O facto é que começa a deixar muitos adeptos na duvida e isso ....já se passou do outro lado. Aquela relação de ódio/amor começa a vir ao de cima e quando os resultados não correspondem ao desejado/esperado/prometido tudo serve para acrescentar á lista. 
O SCP paga bem a JJ por ser um bom treinador e por ter vencido 10 títulos no rival. Deve então continuar á frente da equipa do Clube se não vencer nada? E quando se considera que não venceu nada: ao fim de duas épocas, três ou quatro? 
Tudo muito difícil de responder não?
Para o tema, encontrei a opinião de Pedro Barbosa:
"Em Alvalade, a notícia foi a renovação de Jorge Jesus por mais um ano: tinha mais dois anos de contrato, passa para três. Para mim foi uma surpresa.
Nas palavras de Bruno de Carvalho, a decisão foi em nome de uma solidez de mais três épocas para consolidar métodos, equipa, ideias e filosofia. Se assim é porque não mais duas, três ou quatro épocas? Jesus foi contratado para ganhar e demonstrou isso desde a primeira hora em que chegou. Para quê mais um ano? Quando assinou por três anos foi, com certeza, para ter o tempo de construir e fazer crescer uma equipa, desde o início. Tudo normal.
Jesus referiu em entrevista que existiram outros factores, para alem dos financeiros, para a renovação. Acredito que sim: o reforço da equipa e a manutenção dos melhores estão na linha da frente. Não é mais um ano de contrato que trará a estabilidade, mas sim as vitórias e Jesus sabe disso. Importa entrar forte, a vencer na nova temporada.
Por último, uma questão que se prende com as eleições que o Sporting vai ter em Março do próximo ano. Quem ganhar sabe que terá Jesus no comando técnico até 2019. Para mim não faz sentido prolongar mais um ano do que aquele que já existia, para além do mandato presidencial. Se essa era a intenção, como percebemos que foi, por que não esperar pelas eleições e sendo já candidato, no caso de ganhar, então prolongar o contrato? Parecia-me a melhor solução e, caso não acontecesse, salvaguardava quem chegasse."
(link)

Numa coisa Pedro Barbosa tem razão: JJ foi contratado para consolidar métodos, equipa, ideias, filosofia mas,....em duas épocas será difícil fazê-lo. Talvez por isso não fosse de estranhar que o seu contracto fosse prolongado.
Isto só prova que o SCP está mesmo atrasado perante o rival.
Reparem que JJ esteve 6 épocas do outro lado e que consolidou precisamente os alicerces que agora ajuda a colher frutos. 
"Roma e Pavia não se fizeram num dia"!
No nosso Clube ele pediu modificações de melhoramento na Academia, mudou a mentalidade, a equipa (pelo menos no ano passado) joga com mais intensidade e há anos que não jogávamos tanto, voltamos a ser candidatos ao titulo e mesmo a jogar mal estamos muito melhores do que estávamos há uns anos, enfim.....o SCP melhorou e com ele os nossos adversários sabem que a nossa equipa nunca estará desorganizada e perdida em campo. Neste momento pode estar mais frágil e com menos qualidade mas não desorganizada.
O problema de JJ é ele mesmo. 
A personagem acaba por ser controversa e de afastar quem dele no principio gosta. Se de popular tem muito já se polémico não lhe falta nada. 
São as conferências de imprensa, são os jogos, os protestos, a sua teimosia, as expulsões, os lances de laboratório, as mudanças constantes na equipa, enfim.....são coisas fora do normal e fogem ao conforto das coisas a que estamos habituados. Reparem que mesmo a vencer no Benfica existiam adeptos que não gostavam nada dele! 
Ele afinal é o próprio a criar esta duvida nos adeptos e quem sabe no presidente e jogadores. Não deve ser fácil lidar com ele!
Tudo o que é bom tem o seu tempo mas terá chegado o seu?
Em Portugal e ainda para mais no SCP não acredito que JJ consiga ficar muito tempo pois sem resultados e são estes que pesam mais na balança... ninguém sobrevive.
O próprio acaba por minar a sua própria carreira pois tem tanto de bom treinador como de controverso e polémico. O falar em espanhol quando não o sabe não lembra a ninguém ..já nem falando no seu português que no entanto não é impeditivo de ser bom treinador.
Mas, afinal JJ é ou não bom treinador e faz ou não a diferença?
O SCP joga melhor com ele ou não?
Chegarão os seus pontos fortes para superar o que tem de negativo para ficar no nosso Clube?
O resultado de hoje, da Taça de Portugal poderá ditar muita coisa mas temos que ver que em dois anos não se consegue mudar tudo o que é pretendido e até a oposição quer ficar com JJ.
Já eu tenho as minhas duvidas pois sei que JJ não muda e no ano seguinte vai fazer tudo igual e nós andaremos sempre num mar de raiva pois a sua personagem será sempre polémica.

Politica de contratações.
Ontem uma noticia do Jornal Record dava conta de uma reunião da estrutura do futebol do Clube em que se tinham chegado a algumas conclusões e mudanças eram apontadas. Verdadeiras ou não algumas das linhas escritas por esse jornal estão correctas pois os adeptos estão fartos de jogadores da treta e que auferem bons salários e que tapam o caminho da nossa formação.
BdC é culpado pois quando renovou contracto com JJ colocou-lhe mais poderes nas mãos e os resultados estão á vista. A critica da maior parte dos adeptos é a chegada de jogadores estrangeiros sem margem de progressão, com tempo para se adaptarem, auferindo bons salários e não jogando a ponta de um corno enquanto temos bons jogadores da nossa formação a dar cartas em outros Clubes!!
Eu sei que alguns jogadores precisam de fazer as suas fases todas de formação mas, nós não temos dinheiro para esbanjar e perder tempo com adaptações. Isso será bem vindo quando tivermos um titular indiscutivel e o jogador a adaptar fazer um percurso com tempo. O Alan Ruiz devia estar tapado por um outro 2º avançado e entrar nos jogos aos poucos.
Andámos anos e anos a falar nisso mas voltámos ao mesmo e ainda por cima com um treinador como JJ!! Não pode ser!
Nós somos um Clube conhecido pela sua magnifica formação ou não?
E ainda digo mais, perante os flop´s das nossas contratações se não perdêssemos muito dinheiro saiam já quase todos! Só deve poder jogar no SCP quem for mesmo bom e tiver margem de progressão.
Se esta for uma das mudanças será muito aplaudida por mim sabendo que no entanto pode ser muito tarde para isso!

Mudanças na estrutura?
Será tempo de mudar alguma coisa e ter pessoas com outra capacidade na estrutura do futebol? Não deve ser tarefa fácil mudar o que quer que seja nem tão pouco falar disso mas tudo começa em JJ.
Não se sabe o que se passa mas as pessoas que estão actualmente no Sporting têm muita capacidade e percebem muito bem os ´corredores` do futebol.
Fala-se em Geraldes que já desempenha funções dentro do Clube(director do gabinete de apoio ao futebol profissional) mas para substitui alguém, fazer o quê e porquê mudar?
É preferível não se inventar sobre o assunto.

Conclusão:
BdC errou em dar mais poderes a JJ que mais uma vez se vê que prefere jogadores formados do que os formar. Nós somos um Clube formador e não comprador e adquirir 12 jogadores novos foi surreal para o SCP!
O nosso ADN é apostar na nossa formação e JJ só faz o que o SCP o deixa fazer.
Esta actual politica de contratações está mais que errada e já hoje era tarde para mudar.
O Presidente foi duro com a equipa e JJ terá dado conta da sua insatisfação pelo facto? É bem provável que o tenha sido mas é ele como responsável máximo do Clube que tem que exigir mais da equipa quer os jogadores gostem ou não.
Se tivermos que mudar algo que mudemos mas antes que seja tarde demais....se não for já!
Hoje é um teste duro e difícil de ultrapassar mas temos mais que equipa para vencer mas o problema também parece estar em JJ. O nosso treinador é tão popular como polémico e ninguém resiste aos maus resultados se bem que o seu trabalho também é o de consolidar métodos, equipa, ideias, filosofia, mentalidade, reestruturar o departamento de futebol, Scouting entre outros mas, uma eliminação da Taça de Portugal encaminha o SCP para uma época desastrosa.
As responsabilidades, como não poderia deixar de ser, também é de BdC mas este está de pedra e cal enquanto JJ é o ´elo` mais ....fraco! Sair , ficar? Eis a dúvida!!
O nosso futuro próximo passa inevitavelmente por Chaves e falta ver como reagirá a equipa depois do abanão do presidente. Já de JJ, não se espera nada de novo - adivinham-se mais mudanças na equipa e logo se vê o que dá!
Como sportinguista acredito mas, já vai sendo tempo de mudar algo.....

Apoie AmorSporting nas redes sociais.

2 comentários :

  1. Discordo apenas deste ponto:

    "BdC pode e deve ir ao balneário falar/apoiar/criticar com os jogadores quando bem entender pois é o presidente do SCP;"

    Não pode. Ponto. Pode apenas depois de o treinador falar com a equipa, ou quando este está presente. Em qualquer orgânica desportiva assim acontece. E quem já jogou sabe bem disto. Para além disso, o direito de ir não é um direito absoluto de dizer tudo e mais alguma coisa. Os rostos de Adrien e William na Sporting TV bem mostraram um incomodo brutal.

    Não é um adepto, é um presidente. E um presidente não é o líder do balneário. Isso cabe ao treinador!

    ResponderEliminar
  2. É legitimo pensar como quiser mas como presidente acho que pode quando ele quiser. Claro que numa perspectiva de equipa pode falar depois do treinador mas imaginemos que nem concorda com o que o treinador vai dizer....
    Claro que se notou que Adrien e William estavam com o ´estado` pesado mas faz parte quando se ouve o que não deveria ser preciso dizer.
    E um líder de balneário é contratado pelo Clube/presidente que tem toda a legitimidade para ir ao balneário quando quiser ...colhendo, depois , os frutos doces ou amargos dessa ´palestra`.
    Se calhar já o devia ter feito há muito mais tempo .....

    ResponderEliminar

Comente em AmorSporting: