quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Sporting ganhou reais alternativas no jogo da Taça CTT


O Sporting venceu o Arouca por, 1-0 com golo de Alan Ruiz á beira do intervalo em jogo da 1ª jornada do Grupo A da Taça da Liga.
As alterações na equipa foram muitas e só Campbell repetiu a titularidade em relação ao jogo do Bessa. A rotação da equipa impunha-se e o futebol praticado ressentiu-se disso mas houve tem tivesse aproveitado a oportunidade-Petrovic. 
Não realizámos grande jogo mas ganhámos ...jogadores.  No entanto, JJ avisou: "Se fosse na Liga teriam problemas". 
O inicio da partida ficou marcado com 1 minuto de silêncio em homenagem ás vitimas do acidente aéreo que também vitimou a equipa brasileira de futebol do Chapecoense. Primeiro o silêncio, depois as palmas em devida homenagem a quem por esta vida passou e que nos deixou de forma inesperada.


Jorge Jesus revolucionou a equipa praticamente toda em relação ao jogo frente ao Boavista. Só Joel Campbell repetiu essa titularidade.
Onze do SCP: Beto, Ricardo Esgaio, Paulo Oliveira, Douglas, Jefferson, Petrovic, Elias, Markovic, Campbell, Alan Ruiz e André.


Sejamos directos: esta é uma equipa recheada de alternativas aos titulares que vão demorando a ser verdadeiras alternativas. Beto é sombra de Rui Patrício, Esgaio tem João Pereira e Schelotto como rivais, Paulo Oliveira e Douglas têm sido as alternativas a Coates e Rúben, Jefferson tem estado atrás de Marvim pela titularidade, no nosso meio campo não tem existido alternativas sérias e credíveis para William e Adrien, nas alas: Markovic e Campbell ainda não se ambientaram bem e na frente Bas Dost não tem concorrente á altura pois parece que André e Castaignos estão muito verdes.
Do jogo que vi não posso dizer que tenha gostado da forma como a equipa jogou. Fomos muito previsíveis, lentos de processos, fizemos muitas faltas e demos espaços a mais. Sei no entanto que devido ás grandes mudanças que JJ realizou no 11 seria de esperar um jogo fraco e sem brilho até porque este 11 nunca jogou junto e isto não é fácil como nos cafés o querem fazer parecer.
Há jogadores que ainda não caíram bem na realidade deste futebol plantado á beira-mar mas também existem outros que já se vê luz ao fundo do túnel.
Dos melhores destaco claramente aquele que para mim foi o melhor jogador em campo-Petrovic. 
Bem dizia JJ que o sérvio espantaria muita gente e depois do que vi ontem tenho esperança de que assim seja. O Petrovic a jogar assim é uma alternativa bastante válida a William Carvalho.


Foi um distribuidor de jogo com visão e certo nas decisões, não teve medo de meter o pé recuperando e cortando muitas bolas mas sobretudo foi um líder em campo. Também foi dele o passe para golo!
Este foi de facto o seu 3º jogo pelo Sporting e num deles até se lesionou mas não parecia mesmo nada. Para mim foi mesmo o melhor em campo.
A ladeá-lo esteve Joel Campbell que se vê que tem pés para o futebol mas que precisa é de jogar e de intensidade. Foi dele a maior parte das jogadas de perigo para a abaliza adversária. A sua capacidade de explosão criaram os desequilíbrios junto ás alas mas terminou a partida na frente do nosso ataque. 
Joel Campbell está melhor mas queremos ver mais!
Mas ainda destacaria outros jogadores: 
Para mim, o Beto também esteve impecável negando inclusive uma boa oportunidade ao Arouca de marcar. É para isso que queremos um guarda-redes!
O Paulo Oliveira e sobretudo o Douglas estiveram em bom nível não deixando a equipa sofrer golos. O brasileiro é mesmo grande mas não é lento como alguns certamente pensaram. No entanto veio tarde e vai ter que esperar pela sua oportunidade.
O Elias não fez um grande jogo mas já se nota que é um jogador mais solto e com pulmão faltando aquela disponibilidade que Adrien tem de pegar na bola, de a segurar e de levar a equipa para a frente.
Do que não gostei tanto foi:
Esgaio não conseguiu ser aquele ala que a equipa costuma ter. Conseguiu ir á linha final cruzar umas quantas vezes e criar perigo mas defensivamente deu muitos espaços a Kuka que foi o melhor do Arouca. Precisa de melhorar muito.
Jefferson está muito longe do que sabemos que é capaz de fazer. Vem de lesão e é preciso melhorar índices físicos mas os laterais também são o que os alas lhes permitem ser.
Alan Ruiz marcou o golo mas demora a ambientar-se a este futebol. O futebol jogado na Argentina é bastante diferente do português e o Alan que tem um pé fantástico e boa visão de jogo precisa de soltar a bola mais rápido e de ser mais consequente no seu jogo. Perde muitas bolas, faz ainda muitas faltas mas o golo certamente que lhe dá mais alento. É sem duvida um diamante para lapidar!
André é ponta-de-lança mas acontece-lhe o mesmo que Alan Ruiz. Cá um ponta-de-lança precisa de só tabelar a bola e de concretizar. Os defesas de uma equipa nunca lhe vão dar muitos espaços para ter bola e rematar. O que não lhe vai faltar é cacetada e ele precisa de jogar rápido e simples para poder depois colher frutos na zona de concretização. Gostei de ver alguns apontamentos mas o Sporting precisava de alguém que pudesse ser uma mais real alternativa a Bas Dost e o Luc Castaignos também não me parece que seja esse jogador.
Há de facto jogadores que evoluem e mostram que aprenderam algo mas existe outros que demoram a fazer algo de positivo. Esse é Markovic que demora em decidir bem o que fazer á bola. Não joga simples e quando tenta aquelas arrancadas sozinho está a deitar tudo a perder. Ainda há muito para jogar mas para um jogador que já passou por Portugal está a demorar em entrar nos eixos.
Como disse este era um jogo para JJ poder rodar toda a equipa arriscando ser um jogo falhado e sem vitória. Correu bem porque vencemos mas JJ, no final, foi dizendo e com razão: "Se fosse jogo da Liga o Sporting e estes jogadores teriam problemas".
Com o calendário apertado espera-se que estas mesmas alternativas voltem a jogar nos jogos da Taça da Liga mas que também o possam fazer quando for preciso mas integrados no plantel principal jogando com os titulares. O trabalho tem que ser de aos poucos ir-se adaptando estes jogadores novos a uma nova realidade para que possam ser de facto boas alternativas aos titulares. 
Nós queríamos que tudo fosse mais fácil e rápido mas ter JJ como técnico principal é sem sombra de duvida uma vantagem para uma equipa que tem muitos jogadores novos. No entanto o Sporting se quer ter uma equipa estável e com boas alternativas não pode fazer isto todos os anos, Contratar 12 novos jogadores e no ultimo dia não foi nem nunca será boa política mas agora só nos resta trabalhar para que tudo corra bem e que alcancemos os objectivos ou pelo menos o principal. 

2 comentários :

  1. Ganhamos alternativas num jogo disputado contra uma equipa b do Arouca?
    As alternativas ganham-se em jogos e competições a sério.

    Disparate.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É normal quem pouco de futebol percebe e só quer dizer mal ter comentários destes. Continua a jogar matraquilhos.....

      Eliminar

Comente em AmorSporting: