quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Sporting perde 1-2 com Real Madrid e diz adeus á Champ (video do golo de Adrien)


O Sporting disse adeus á Champions com mais um amargo resultado de, 1-2. 
Recebemos o Campeão Europeu e mais uma vez, frente ao maior Clube e a uma das melhores equipas do Mundo, ficámos perto de surpreender mas os últimos minutos foram fatais(a expulsão de João Pereira precipitou tudo).
Agora lutamos pela Liga Europa e vai ser preciso muita luta em Varsóvia. 
Sabe mesmo a pouco sermos eliminados depois de termos perdido com o Real(2-1 e 1-2) e Dortmund(1-2 e 0-1). 
Resta aprender com os erros e que em alta competição se pagam....muito caro. 
Já da nossa equipa......foram uns Leões!!

A tarefa era difícil mas sempre dissemos que não existem impossíveis ainda para mais para uma equipa que tem jogadores como Rui Patrício, Coates, William Carvalho, Adrien, Gelson, Bas Dost, Bruno César e ainda forma Rúben Semedo. 
Fica a saber a muito pouco ter perdido por muito pouco e com exibições que só pecaram nos detalhes e pequenos erros. Perder com o campeão Europeu duas vezes por 2-1 e nos últimos minutos e também sair derrotado frente a um Dortmund por 1-2 e 1-0 é saber que estamos quase lá ....mas que no entanto falhámos e os outros foram mais felizes. Agora resta-nos lutar pela presença na Liga Europa e seria um tremendo desperdício esta equipa não lá estar. O jogo é em Varsóvia e frente a um Légia que empatou a 3 golos com o Real Madrid e que perdeu 8-4 em Dortmund naquele que foi o recorde de golos nesta competição. Vai ser uma luta!!
Quanto ao jogo que era especial não só por recebermos o Real Madrid mas porque CR7 regressava a casa não nos correu de feição. O Real tem muito poderio em posse de bola e foram os espanhóis que tiveram bola na maior parte do tempo. O Sporting como se esperava fechava bem e tentava sair em transição rápida e aproveitar com tivéssemos bola.
Jorge Jesus não surpreendeu e colocou o seguinte onze: Rui Patrício, João Pereira, Coates, Rúben Semedo, Marvim, William Carvalho, Adrien, Bruno César, Bryan Ruiz, Gelson e Bas Dost. 
As dúvidas na equipa era se jogaria Schelotto ou João pereira e Bruno César ou Campbell mas devo dizer que Bruno César merecia jogar neste jogo e provou que está bem. Quanto ao João, no estádio não pareceu mas vendo bem o lance vê-se que foi bem expulso. E atenção ao seu castigo que não deve ser de 1 jogo!! Se quiserem ver bem o lance aconselho estas imagens a partir do 1´45´´(link).
Em noite de recorde de assistência em Alvalade(50.046) o Sporting não merecia esta prenda envenenada do João!!
A partida até nem começou mal tendo nós mostrado que estávamos com ambição suficiente para tentar vencer mas por volta dos 15/20 minutos o Real Madrid já tomava conta do jogo com uma circulação de bola muito boa e sempre com Bale e CR7 á espreita para desequilibrar. Modric, como esperado, coordenava todas as movimentações do Real e Bale ia conseguindo desequilibrando mas nada que Coates e Rúben não conseguissem parar.
Até que há meia hora de jogo e sem que fosse merecido(como se futebol houve merecimento) e num livre marcado para a nossa área, a bola sobrou caprichosamente para Varane que inaugurou o marcador.
Não era o que queríamos mas a equipa e os adeptos, não baixaram os braços. Até ao intervalo demorámos a acordar do golo mas houve um lance em que se pediu grande penalidade. Gelson driblou Marcelo na quina da área espanhola mas o árbitro marcou livre(bem) mas errou ao não mostrar cartão amarelo ao brasileiro.
Na 2ª parte tudo seria diferente.
O Sporting veio mais pressionante no meio campo , mais combativo e conseguiu ganhar muitas bolas ao adversário. Esta intensidade que foi referida por Zidane mostrava-se e dava os seus frutos. O perigo começou a rondar a baliza de Navas e foram 10/15 minutos de aflição para os espanhóis....até que João Pereira fez aquele disparate! 
Foi na pior altura para nós: Bale tinha saído por lesão e estávamos por cima do encontro. Este foi o momento do jogo!!
Com a expulsão JJ foi obrigado a mexer novamente na equipa. Há minutos tinha entrado Campbell por Bruno César que fez um bom jogo e então colocou Schelotto no lugar de Bryan que esteve apagado e a esta altura já tinha um amarelo.
A equipa teve que recuar mas não perdeu as esperanças e elas viriam a concretizar-se com uma penalidade saída do céu. Fábio Coentrão que tinha substituído Marcelo foi o autor dessa penalidade que Adrien não desperdiçou.


Aos 76´ Bas Dost daria o seu lugar a André e o Sporting não tinha perdido as esperanças de vencer se bem que teria que existir outro ´milagre`. A equipa continuava a jogar fechada no seu meio campo e pensar em poder sair em transição utilizando sempre Gelson e o nosso flanco direito.
No entanto Benzema a 4 minutos do final respondendo a um cruzamento de Sérgio Ramos sentenciou a partida com uma belo golo de cabeça.
O jogo terminaria com mais um resultado negativo que ditou o nosso afastamento desta competição e novamente por com um resultado mínimo. Esta equipa merecia muito mais mas os erros na Champions e frente a grandes equipa pagam-se caros.
Em termos estratégicos não existe muito a apontar pois os nossos jogadores foram excepcionais. Mostraram que somos uma grande equipa mas que ainda temos que crescer mais. No meu ver podemos pensar em grande mas se perdermos em Varsóvia ficamos sem competições europeias o que seria muito mau para uma equipa desta qualidade e claro, para o nosso Clube.
Interpretámos os momentos do jogo defendendo quando tínhamos que o fazer, atacámos quando tivémos hipóteses para isso e marcámos um golo que nos poderia ter dado outra segurança para Varsóvia.
Não tivémos tanta posse de bola como é habitual mas jogar de igual para igual com os campeões da Europa era suicídio.
Individualmente, eu destacaria Adrien, Coates, William e Gelson que forma sem duvida os nossos melhores jogadores. Rui Patrício nem uma defesa apertada fez pois foi um jogo que se desenrolou quase sem remates á baliza.
João Pereira foi mesmo o pior e estragou toda uma estratégia da equipa, Coates fez uma exibição muito boa só falhando no golo de Benzema chegando tarde ao cruzamento, Rúben esteve bem e mais seguro, Marvim cumpriu, William e Adrien foram os nossos motores, Gelson continua a partir o flanco direito qualquer que seja o seu adversário, Bruno César esteve muito bem e não merecia ter sido ele o 1º a ser substituído, Bryan esteve muito apagado e está muito longe da sua melhor forma(está a precisar de banco), Bas Dost foi esforçado mas não teve jogo dentro da área, Campbell entrou bem no jogo mas foi prejudicado com a expulsão e Schelotto cumpriu.
O melhor em campo foi Adrien Silva que mais uma vez, fez jogar, jogou e marcou o nosso golo. Foi um autêntico motor e com ele em campo a historia é muito diferente. Está mesmo ao nível de um ....Modric.

Sem comentários :

Enviar um comentário

Comente em AmorSporting: