quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Exigência


É normal que durante estes dias se disseque tudo sobre a nossa equipa porque quando não se vence tudo parece estar mal. Tudo nos vem á mente: utilizar outro sistema táctico, novos jogadores, outras posições, inadaptações, etc. 
Porém, tem-se discutido pouco o que penso ser essencial para o nosso Clube até porque o momento é propício - a exigência que é jogar no Sporting Clube de Portugal.
De facto a nossa exigência mudou muito desde que esta direcção chegou ao Sporting (espero até que seja a máxima possível). Efectivamente foi uma das bandeiras destes dirigentes e aos poucos tem sido introduzida no Clube. Podemos inclusive comparar com anos passados mas veremos que o nosso grau de exigência mudou e em poucos anos!
Hoje, estamos a exigir muito mais á nossa equipa do que exigíamos há uns anos e até em relação á época passada;
Hoje empatar é como se perdêssemos quando há uns anos perder era quase como um hábito; 
Hoje, exigimos mais porque as expectativas criadas são bem maiores. E são maiores porque o Sporting ao querer crescer investiu: melhores condições de trabalho, na equipa de futebol, no seu discurso, numa maior envolvência com os adeptos, no exigir de mais respeito pelo Clube, etc, e com isto ganhámos mais auto-estima e finalmente sentimos que podemos vencer a qualquer adversário e em qualquer lugar deste Mundo!
O Sporting ao querer crescer(e muito bem) elevou a sua própria fasquia e é a exigência máxima que hoje exigimos aos nossos atletas!
É então lógico que quando se exige mais e não se vêem resultados exista contestação, criticas e barulho. Ao mesmo tempo há factores que deixam de poder servir de desculpa como o cansaço, as inadaptações, a arbitragem, o relvado, o anti-jogo do adversário, etc. Nós é que temos a obrigação se sermos melhores e não nos desculparmos atrás de desculpas de mau pagador! 
O que temos que exigir é concentração total, humildade, capacidade de trabalho, intensidade, compromisso total, honra, orgulho, enfim....respeitar o nosso lema: Esforço, Dedicação, Devoção para chegarmos até á Glória.
Isto é o que temos que exigir a quem jogue no Sporting Clube de Portugal!!
Acontece que no Sábado, em Alvalade, o que mais de 40.000 espectadores sentiram foi que nada disto foi cumprido!
Não chega ter nome, ser rotulado de craque ou vedeta ou auferir um bom salário. É necessário saber onde jogam, o que isso representa e ter orgulho e prazer de jogar no Sporting. Jogar no nosso Clube não pode ser para todos!!
Não serve de nada dizer que em 15/16 quase conseguimos ser campeões e no 1º ano de JJ no Sporting; 
Não serve de nada olhar para a conta bancária e ver que entraram 70 milhões e que se gastou 18 em dois jogadores; 
Não nos serve de nada dizermos que quase fizemos um brilharete no Bernabéu se no fim perdemos o jogo!!
O que precisamos é de arregaçar as mangas, sermos exigentes e de provarmos que somos uma equipa na ascensão da palavra. Nós temos que ser exigentes, competentes, concentrados, humildes e muito mais intensos que todos os outros em todos os jogos, com rotação ou sem ela. E todos têm que o ser: o Mundo Sporting, o nosso Clube, o presidente, Jorge Jesus, a nossa equipa e os nossos jogadores têm que ser mais exigentes consigo próprios porque só desta forma cresceremos e seremos mais fortes. 
É isso que se pretende num Clube que deseja ser maior e ter mais conquistas! 
O caminho é este!!
Quanto a nós-adeptos: esperámos muito tempo para que esta exigência fosse incutida no nosso Clube de uma ponta á outra. O que agora cobramos e exigimos é que esta exigência se torne num hábito e que seja incontornável em todas as nossas modalidades e atletas pois esta é mais uma etapa do nosso crescimento. E porque  um crescimento não se faz sem obstáculos e porque no Sporting nada é fácil temos que aceitar esta exigência como parte do processo de engrandecimento do Clube.
O caminho faz-se para a frente e agora caberá á nossa equipa provar que sabe o que é carregar o Leão ao peito!

1 comentário :

Comente em AmorSporting: