sábado, 10 de setembro de 2016

Prejuízo ou Futuro?

bola do futuro
Não era segredo para ninguém e já se esperava! 
Depois de 17 Milhões de euros negativos o Sporting voltou a registar valores abaixo do zero mas mais grave que isso quase que dobrou este valor. 
Foram apresentados 32 milhões de prejuízo no período relativo á época 15/16 com várias razões apontadas para este montante. 
Consequências: o passivo aumentou em 20 Milhões!
Mas será que com isto diminuiu a nossa crença e chegámos á conclusão de que este não é o nosso caminho?
Digamos que este resultado negativo foi muito conveniente para os que não gostam de BdC!
Hoje, esta pequena facção  teve um trunfo para dar um passo á frente na luta contra esta direcção mas acontece que neste caso, dão um passo á frente para dar dois ....atrás!! No entanto penso que este é um tema que merece especial atenção pois Godinho Lopes também logrou muitos milhões de prejuízo se bem que os casos não se possam comparar.
Para ser justo , Amorsporting, tem que analisar o porquê destes 32 milhões de prejuízo!
Como causador de praticamente metade deste valor negativo, os 15 milhões aprovisionados para pagar á Doyen do caso Rojo são difíceis de digerir.
Acontece que visto como uma decisão judicial, que é, parece ser um castigo muito severo e uma estupidez termo-nos metido neste problema mas se virmos bem, estes 15 milhões seriam sempre gastos se pagássemos logo á Doyen.
Mas mais: sem estes 15 milhões o Sporting não teria construído o Pavilhão nem reforçado a sua equipa. Foi como se tivesse sido um empréstimo que também venceria juros! 
Seguidamente e também servido como justificação para este resultado negativo, a não qualificação para a fase de grupos da Champions. 
Este insucesso avaliado em 12 milhões é justificado , no meu entender, muito mal. Apontar a não utilização do video-árbitro não é a forma mais correcta de apresentar um erro desta direcção! Penso que esta desculpa não deveria fazer parte deste relatório. 
Sucintamente foi um falhanço desta direcção não termos entrado na fase de grupos da competição! Desta forma suou como que desculpas.... de outros!!
Também não tenho que concordar com tudo que esta direcção faz apesar de a apoiar a 100% e de ter a certeza de que este é o caminho certo para um Sporting maior e mais forte.
Com isto, quero dizer que não concordo que o nosso Clube coloque no relatório probabilidades falhadas pois o que interessa aos investidores são os factos!
Conclusão: 
O Sporting projectou a época passada para jogar na Liga dos Campeões e a não qualificação deitou por terra essas projecções e originou o prejuízo!
Para justificar o resto deste prejuízo ainda faltam as contratações pois Spalvis, Alan Ruiz e Petrovic ainda são deste exercício, as obras nas nossas infra-estruturas e os aumentos salariais!
Ora, se existem gastos que dou como investimentos é no melhoramento das nossas instalações e em bons jogadores. 
Os bons jogadores, como é óbvio, acarretam aumentos salariais mas se conseguimos pagá-los.......a qualidade paga-se até certos limites! E se estão a pensar em Alan Ruiz por ter custado 8 milhões, esqueçam por agora pois...só mais tarde saberemos se foi bom ou mau investimento!
As nossas infra-estruturas precisavam de melhoramentos e este foi o tempo de investimento e aqui já concordo em absoluto com estes gastos. Estamos a falar do nosso futuro e ter relvado novo e em condições, iluminação na Academia, piscina coberta, etc, etc, paga-se mas no meu ver é inteiramente bem gasto!
E isto só para falar ao de leve no investimento nas nossas instalações que ainda foram mais do que as que aqui falei!
 Ninguém gosta de ouvir que foram 32 milhões ...negativos!!
Mas também temos que ver bem onde o gastámos e com que finalidade. Se bem dissessem que tinha sido tudo em jogadores ...eu ficava doido ...da cabeça!! Mas se foi também em instalações que serão parte muito importante no nosso futuro...aí já concordo em absoluto!
Reparem que não tínhamos Pavilhão, a Academia estava a precisar de uma volta, o nosso Estádio precisava de pintura e de um refresh nos camarotes, o Atletismo não tinha centro de treinos, enfim.....o Sporting andava literalmente com a casa ás costas e com peso a mais!!
Este investimento era extremamente necessário e imprescindível! 
Mais tarde irão dar mais importância ao que digo!!

Hoje, o nosso exercício estaria nos 22 milhões positivos o que faz prever um excelente ano. 
João Mário e Slimani contribuem com 54 milhões para este ano, depois a entrada na Champions com mais 14 milhões, enfim.....este exercício já sem obras ou poucas, com o caso Doyen já pago(em principio) já será mais calmo e penso que bastante positivo! 
Este continua a ser o nosso caminho e com esta direcção!
O Clube está bem melhor mas não queremos cair em asneiras passadas. Continuamos a acreditar se bem que não gostamos de ouvir más noticias.
O cuidado tem que ser de equilíbrio e nos exercícios futuros esse equilíbrio tem que vir ao de cima e fazer-se notar! 
Os sócios querem boas noticias e não más noticias! Esta foi má mas penso que temos justificação apesar dos arautos da desgraça estarem aí a bater á porta.
O truque para os afastar é continuar a demonstrar que o Sporting prepara-se para um bom futuro mas nada de tiros nos pés!

3 comentários :

Anónimo disse...

2 pequenas correcções.

1- Não seriam 22 milhões positivos. O presidente precipitou-se nesse número. Dos 54 milhões que entraram 30% são "cativos" para pagamento do crédito bancário. Tecnicamente poderia dizer-se que se esse valor só é pago no fim da época 2016/2017, não deveria entrar nas contas. Mas contabilisticamente é mais justo fazê-lo. Senão alguns adeptos ficam na ilusão de que vamos abater logo 50 milhões ao passivo etc.

2- Na Doyen o efeito não é neutro. São 2 milhões creio de custas judiciais, o que num clube como o Sporting faz sempre falta.

Globalmente o RC era o esperado, mas é importante reter que a estratégia acarreta riscos. Os custos com pessoal nesta época aproximam-se dos valores do FCP, e podemos entrar num ciclo onde as vendas serão absolutamente necessárias, em vez de acessórias. Foi este o caminho que se escolheu, mas não podemos entrar em loucuras em excesso. Como pagar 2 milhões limpos a Bas Dost. Não podemos ter mais do que 1/2 jogadores a este nível sob pena de absorver as receitas directas.

Mario Silva disse...

Indo-se a doyen e mantendo-se um equilíbrio entre compra e venda de Jogadores que só neste ano passado em análise é que não deu lucro... e realizando-se o aumento previsto de receitas na ordem dos 20%(sem contar jogadores)... a resposta só pode ser FUTURO, mais a mais que os custos com pessoal pouco deve subir (salvo grande surpresa não descortinada nos rumores de salarios)... pois saíram 15 jogadores, quase todos dos mais caros anteriormente e utilidade duvidosa... até o tabarato Labyad, com -2.6 milhões à Godinho para não fazer nada, foi-se... libertando se calhar mais de 20 milhões em massa salarial para os 9 que entraram...

E não estou a querer branquear a coisa...

Rui Cerdeira Fernandes disse...

Ao anónimo:
Os 2 milhões de que fala não seria quase o mesmo se tivéssemos pedido um empréstimo á banca para construir o nosso pavilhão?
Claro que esta realidade comporta riscos mas veja-se como os rivais venceram o campeonato. Foi arriscando mas bem organizados e saneados que chegaram longe. E com JJ é meio caminho andado para termos jogadores vendidos por milhões todos os anos!

Ao Mário: Também concordo que seja futuro! Quando não tivermos 15 milhões ´aprisionados` , quando os investimentos tiverem realizados nas nossas infra-estruturas e agora sem jogadores bem pagos mas com pouco rendimento regressaremos aos muitos milhões de lucro.
Também não desejo branquear a situação mas penso mesmo que é este o caminho.