quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Hernán Barcos anuncia saída para o..... Vélez


"Está tudo tratado com o Vélez". 
Foi desta forma que Hernán Barcos colocou fim á especulação sobre a sua saída do Sporting.
Em declarações ao jornal "Olé" da Argentina, o ´Pirata`, confirma que deixa o Sporting e que regressa ao seu país depois de ser considerado um enorme ´flop` nas contratações de Inverno.
O ponta-de-lança até vinha rotulado de bom jogador, aliás de jogador de área, mas o que é certo é que em 8 jogos não conseguiu molhar a sopa.
Mas também não posso ser injusto com o jogador!
Barcos jogou muito pouco para poder justificar o seu real valor. Foram precisamente 120 minutos que efectuou de Leão ao peito e isso é praticamente um só jogo!
Resta-me dizer que não foi só por ele que sai do Sporting. Foi de facto um erro, contratar um jogador com 32 anos, sem ritmo (na China estava na pré-época) e dar em troca Fredy Montero que estava em forma e era uma boa alternativa a Slimani. Enfim...........
Neste aspecto até dou a mão á palmatória pois defendi a troca mas que se feio a verificar ter sido errada!!
Agora está de regresso a um futebol que bem conhece e ao Vélez Sarsfield!
Mas será que é certo?
No futebol quando pensamos que já vimos de tudo eis que aparece sempre algo...e muda tudo!
O que acho estranho nesta noticia é Barcos sair por empréstimo!!
Isto leva-me a vários pensamentos:
-O Sporting pede muito dinheiro pela sua saída em definitivo;
-Só existiam interessados na sua aquisição por empréstimo e era pegar ou largar;
-O Sporting deseja aliviar a sua folha de salários para de seguida contratar outros jogadores;
A confirmar-se a saída de Barcos mais a de Teo Gutiérrez e ainda a relutância na venda de Slimani bem se pode dizer que o nosso sector atacante está em brasa!!
Adiós Pirata e buena suerte!!

4 comentários :

CARLOS GOMES disse...

Mas será que se contrata jogadores tão bons que ninguém os quer comprar, só por empréstimo, alguma coisa está a funcionar mal, porque na verdade não são só estes dois casos, o Sporting não consegue vender excedentários a ninguém.

Rui Cerdeira Fernandes disse...

Carlos:
Eu penso que serão vários os problemas:
Mesmo que o Sporting não peça muito dinheiro os empresários querem a sua parte e se as comissões forem boas eles arranjam soluções.....como não são.....no entanto há sempre quem queira trabalhar nesses moldes e não ganhar tanto...só que também não têm muitos e bons jogadores em carteira.
Também penso que existirá algum problema com o Sporting e o Jorge Mendes que por muito que custe(a mim não) domina o panorama atrás dos relvados assim como a Doyen.
Isto são guerras que nos podem custar muito dinheiro, isto é, não o ganhando ou se conseguirmos uma grande venda será muito mais difícil.
Tudo isto gira á volta do mesmo: dinheiro e o rival vendeu como que a alma ao diabo pois é só vermos as noticias de milhões para aqui e para ali. É uma grande publicidade e arranjinhos com o Mendes e sempre para os mesmos Clubes. Agora até em Inglaterra!
Isto são tudo guerras que não nos favorecem em nada mas tb não quero vender a minha alma ao diabo!
Depois, também , penso que pedimos muito dinheiro pelos jogadores e jogadores como Naldo, Ewerton e Aquilani são excelentes executantes.
Por fim tentar não fazer erros como o da contratação de Barcos, Labyad´s, Slavchev´s,etc e acima de tudo não estamos vendedores!
Só temos é que estar preparados para se nos levarem algum jogador pela clausula....
SL

Liondamaia disse...

Ao que parece, foi real a oferta do Inter por JM (30+10 por objectivos, na abordagem inicial, depois melhorada para 35 (ou 40?) + 5); contudo, o prazo de pagamento não terá sido interessante.
Fontes: é o busílis da questão, pessoalmente considero-as pouco credíveis.

Parece-me, de resto, que BdC está mais interessado na colocação dos jogadores excedentários, muito em especial Barcos, Teo, Aquilani e Labyad, do que em vender jogadores nucleares.
Faltam 28 dias...

Rui Cerdeira Fernandes disse...

Concordo que BdC esteja preocupado em despachar os excedentários mas também na chegada urgente de pelo menos 1 pl. Se efectivamente conseguirmos ficar sem pagar ao Teo, barcos, aquilani e Labyad seria uma poupança tremenda.
Quanto ao JM só tenho a dizer que se dão por um puto que mal conhecem 35 milhões mais objectivos, então por João Mário têm que dar bem mais.
Depois é a forma de pagamento que pode não interessar pois pagar em não sei quantas vezes ....não interessará muito!
A qualidade pagasse e pelo JM e Slimani vão ter que pagar o preço justo.
SL