sexta-feira, 10 de junho de 2016

Mudança de relvado custa 500 mil euros


Bruno de Carvalho explicou, hoje, que a mudança do relvado do Estádio José Alvalade implicou mais do que se estava á espera. 
O custo total desta remodelação, que não muda só o relvado, levam-nos meio milhão de euros!
Em conferência de imprensa o presidente do Sporting explicou que esta foi uma mudança mais demorada do que o previsto mas que tudo estará pronto para o 1º jogo:
"Verificámos que havia drenagem que estava partida. Em princípio devido a alguns concertos aqui realizados, algumas movimentações menos cuidadas. Por isso optámos por substituir também a drenagem toda, o que nos dá mais garantias para a durabilidade do relvado. Não foi só mudar o tapete, foi mudar também a drenagem, a areia e as camadas de absorção."
Desta forma o novo sistema de drenagem já foi colocado estando agora os trabalhos na colocação da areia e só no próximo dia 15 de Junho será instalado o novo relvado, 100% natural e que vem de França.
A previsão é de que esta remodelação/mudança esteja concluída em meados de Julho , portanto a tempo da apresentação aos sócios no dia 23 de Julho de 2016  frente aos franceses do Lyon.
Tal como BdC afirmou, a mudança não foi só ao nível do relvado pois os estudos realizados desde Abril mostraram outros problemas.
Portanto foi uma mudança desde o ´osso`: mudou o relvado, a caixa de sustentação do relvado, o sistema de drenagem, mudou o sistema de rega e ainda a relva artificial á volta do campo fica a cargo da RED(link).
De facto as noticias falavam de um custo de 200.000€ mas o que os profissionais terão encontrado terá sido bem pior do que o esperado e daí a obra ter disparado no custo. No final o que interessa é termos um relvado condizente com a qualidade dos nossos jogadores e com o futebol praticado pela nossa equipa.
Se ficar bem, o dinheiro é bem empregue. 
BdC afirmou que estava mesmo na hora de uma remodelação completa: 
"Independentemente da pigmentação, que não era bonita, foi nestes três anos o relvado que estava melhor. Mas estava na altura de fazer esta remodelação profunda. Quanto às questões de arejamento, temo estado a resolver aos poucos. Todos os detalhes contam. É lógico que conseguirmos oferecer aos nossos profissionais um relvado em perfeitas condições facilita bastante o nosso trabalho. Estamos a trabalhar para atingir a excelência e havemos de fazer intervenções também na Academia".
Recordo que este será o nosso 7º relvado e que os problemas têm sido constantes: ou porque a construção do Estádio não deixa entrar luz suficiente para a relva efectuar a fotossíntese ou porque a capacidade de arejamento do Estádio não permite ter ao nível do relvado uma temperatura equilibrada para o crescimento perfeito da relva.
Ora bem, confiando nos profissionais lá teremos que esperar pelo novo tapete verde de Alvalade.
Ai que as saudades apertam!

Sem comentários :