quinta-feira, 2 de junho de 2016

Dívida á Doyen foi mal ...menor


O Sporting divulgou os resultados das suas contas entre Janeiro e Março de 2016 com um resultado positivo de 1 milhão de euros. No entanto actualizando as contas anuais (primeiros 9 meses de 2015/2016) verifica-se um prejuízo de 17,1 milhões de euros, isto devido ao caso Rojo/Doyen que nos obriga (para já) a pagar qualquer coisa como 14,4 milhões de euros àquele fundo de investimento. 
No entanto, penso que esta dívida á Doyen, terá sido um mal....menor.

Mas primeiro as contas:
Para este pagamento o nosso Clube já fez uma provisão pois foi obrigado a isso. Mas....se não o fizesse as contas teriam um resultado de 2,7 milhões de euros negativos, portanto, nada de mais.
Até que as contas, e depois deste investimento.... não estariam mal de todo!
Vejamos:

Não gostamos de nada que seja negativo:
Claro que nunca gostamos de ver o nosso Clube associado ao que é negativo mas esta divida á Doyen acaba por ser dinheiro...... que já lhes deveríamos ter dado. Ou seja, se tivéssemos dado o dinheiro á Doyen naquela altura, só não pagaríamos os juros que pagaremos....hoje! (Mas disso já falaremos mais a....baixo no post.) 
Ora ....devido ao forte investimento na nossa equipa de futebol e também, técnica, os gastos com o pessoal ......aumentaram:


Aumentaram e aumentaram...bem. Mas não me preocupo porque também recebemos mais!
Reparem que se tivéssemos uma equipa fraca e jogadores pouco cotados, com fraco treinador e não estivéssemos na Champions ou até não fossemos verdadeiros candidatos ao titulo nacional português, os investidores também não nos escolhiam para investir. 
O Sporting aumentou e bem os custos com o pessoal mas também teve muito mais receita!!
O contracto com a NOS, a renegociação com a PPTV, a qualificação directa para a Champions, a bilheteira, o merchandising, etc justifica este investimento e quem sabe ainda mais um pouco. 

O Sporting não precisou de vender:
O que também afecta as nossas contas é não termos realizado uma grande venda, como por exemplo fizeram outros Clubes. 
O facto é que o Sporting, durante esta temporada, manteve as pérolas da equipa principal. Uma não grande venda não nos deu uma receita extra que costuma equilibrar muitas contas a outros Clubes. Pudera se a tivéssemos tido!!
Ora bem, o Sporting não precisou de realizar uma grande venda para se manter equilibrado e a prova é de que, sem os 14.4 milhões de euros para pagar á Doyen, teríamos pouco de prejuízo e é muito importante não se estar a gastar mais do que aquilo que se recebe!

Aumento dos gastos com o pessoal....é bom:
Para mim o facto de termos aumentado os custos com o pessoal é bom! Eu explico!!
É que todos desejamos uma aposta maior na nossa equipa. Há quantos anos não desejamos isto? 
É que só com putos, miúdos, jogadores baratos e treinadores jovens e baratos não se vencem campeonatos! 
Era de facto preciso investimento: em técnicos, jogadores e condições. Durante todo este tempo temos investido sempre mais um pouco como aliás está previsto e prometido!! 
Mas..... primeiro, criaram-se as condições para que isso pudesse ser uma realidade! 

Condições para se poder investir:
Já não era sem tempo!!
Tudo isto é sinónimo de que, finalmente, se está a apostar em obter conquistas. 
Claro que estas condições que foram criadas foram devido á renegociação da nossa divida á banca e sem essa renegociação estávamos mal....muito mal. 
Era preciso sanear o Clube, de alto a baixo, e depois ir criando as condições certas e crescer aos pouco para podermos ombrear com os outros candidatos.
Chegou JJ mas antes....... fez-se trabalho, muito trabalho!!
O nosso Clube já passou por tempos difíceis mas aos poucos as nuvens vão-se dissipando.

Criar um ciclo de vitórias no Sporting:
Neste momento e depois da contenção podemos investir e dotar a nossa equipa com bons jogadores e técnicos. 
Estes jogadores têm que provar de que são dignos de envergar as nossas cores e vencer. Por sua vez....estas vitórias trarão mais investidores, mais prémios e mais receitas e este é o ciclo que se pretende criar no Sporting. 
Penso que claramente estamos no bom caminhoe que tudo isto faz aproximarem-se investidores e é disso que queremos todos pois o dinheiro não nasce debaixo da baliza. 
Aos poucos vamo-nos profissionalizando e até aprendendo com os nossos próprios erros mas o Sporting cresce a olhos vistos. 
Mas todo este investimento não era possível, para além da renegociação financeira do Clube, se não estivesse já a entrar no Sporting os dividendos de negociações vantajosas e novas para o Clube. 
Mas atenção: Há mais investimento, entra mais dinheiro, mas este existe porque.....efectivamente se pode gastá-lo!

E de onde vem este dinheiro:
O Sporting está a gastar mais mas também, está a receber mais e isso é equilibrio! 
Vejamos: 
  • Merchandising,
  • Direitos televisivos,
  • Bilheteira(Gameboxes / Camarotes / Business Seats/etc),
  • Patrocínios e publicidade,
  • Royalties,


  • Direitos televisivos:














  • Bilheteira:



  • Patrocínios e publicidade:
"A rubrica de patrocínios e publicidade refere-se essencialmente aos principais sponsors do Sporting e patrocínios técnicos de equipamentos e das camisolas (NOS, PT, Unicer, CGD e Macron)."


Com tudo isto não quero só fazer passar a imagem de que tudo são rosas mesmo que este exercido tenha sido positivo em 1 milhão de euros. 
De facto o caso Rojo/Doyen parece ser uma espinha que ficará entravada na nossa garganta pois são 14,4 milhões de euros que teremos que pagar mas eu faço aqui uma pergunta:
Se, naquela altura, tivéssemos dado á Doyen o dinheiro correspondente da transferência do Rojo, como teríamos dinheiro para pagar o pavilhão João Rocha e reforçar a nossa equipa de futebol? Recordamos que, muito provavelmente, a banca depois da renegociação da divida não faria um empréstimo ao Sporting para construir um pavilhão nem para reforçar a nossa equipa de futebol!!
Teríamos conseguido esse dinheiro onde? E se conseguíssemos....a que juros? 
Pois.....eu penso que foi claramente uma grandiosa jogada de Bruno de Carvalho, pois mesmo que paguemos este dinheiro á Doyen com alguns juros eles não serão muito além dos que teríamos pago num empréstimo bancário. Concordam ou não? 
Imaginem isto como um empréstimo da Doyen ao Sporting e que se o caso fosse favorável ao nosso Clube ai ganharíamos estes 14 milhões de euros!
Agora mesmo que percamos o recurso pagamos ....atrasadamente e com alguns juros! E então? De qualquer forma teríamos que os pagar!!
Claro que existe a questão da verdade e da intromissão daquele fundo na vida do nosso Clube mas o Grupo é muito poderosos e sabíamos muito bem onde nos estávamos a meter!! 

Para o ano será bem melhor:
Ora depois de pagar esta conta deixará de ser uma nuvem sobre nós. 
Um novo exercício estará ai á porta e com a Champions tudo será diferente mas sempre com um bom investimento na nossa equipa que é essencial.
Depois, com estas vitórias, queremos ficar no topo do futebol nacional e quem sabe granjear mais apoios. 
O nosso tempo chegará e até o digo como o outro........isto é tão certo como eu me chamar.....RUI!!
Tudo isto e mais está no relatório e contas do Sporting entregue á CMVM referente ao 3º trimestre de 2015/2016 e que Amorsporting disponibiliza aqui, o respectivo link.

clicar para zoom

5 comentários :

Mario Silva disse...

Em lado nenhum está os 23Mi do novo acordo NOS/PPTV que passará para 47 Mi a partir 2018 e perto 42Mi(fora alguns jogos internacionais) apartir desta.

Parece contabilizado todo o resultante da participação Liga Europa... mas também aparece contabilizado metade dos compras de Jogadores para a próxima época.. e mesmo assim ainda deu lucro de 1Mi!

Ou eu me engano muito ou isto ainda vai dar um bom lucro no final do exercício... mesmo co. Doyen (de referir que a provisão gastos não recorrentes é de 14Mi, mas só falta pagar 10.5Mi,logo se der prejuízo é um bocado menor do apresentado agora)

Rui Cerdeira Fernandes disse...

Muito bem Mário.
O que está nas contas são os 17 milhões da renegociação com a PPTV(numa das imagens do post). O acordo com a NOS pelo menos pelos direitos televisivos só entrará em 2018 pois agora vigora o acordo com a PPTV.
É claro que depois entrará mais dinheiro e se não me engano, ainda esta temporada, vamos vender alguns jogadores. Depois também entrará o dinheiro com a Champions e do que fizermos na competição.
SL

Mario Silva disse...

És capaz de ter razão... 5,750 Mi x 3 dá aquele valor, x 4 dá os 23 Mi.

De qualquer forma se não houver antecipação de receitas televisivad ou outras receitas ainda não contabilizadas, este ano vai dar prejuízo... vender jogadores já não vai a tempo acho eu (nem é a política)

Rui Cerdeira Fernandes disse...

Estas contas foram do 3º trimestre de 2015/2016, ou seja, de 1 de Janeiro até 31 Março de 2016 tal como diz no relatório. Acontece que até ao final deste mês que será o final do exercício(12 meses)poderão existir vendas ou receitas antecipadas para inverter a situação.
A partir de 1 de Julho começa a nova temporada.

Mario Silva disse...

Eu sei, sou técnico de contabilidade.