sexta-feira, 3 de junho de 2016

A grande jogada de BdC e Sporting(Doyen)


Ontem postava que a dívida á Doyen, decretada pelo Tribunal suíço, era de facto uma grande jogada do Sporting e do seu presidente.
Em vez de entregarmos ao fundo de investimento a parte corresponde da transferência de Rojo para o Manchester United ficámos com ele, em género de empréstimo, e conseguimos construir um pavilhão, reforçar a nossa equipa de futebol e ainda dar outra visibilidade ao nosso Clube. 
Sei que esta matéria não é consensual mas fazemos-lhe uma pega de ´cernelha`.
Ora todos nos lembramos do sucedido!
O Manchester United desejava o nosso jogador argentino e ele transferiu-se mesmo para o colosso inglês mas com o Sporting a ficar com o dinheiro rescindindo o contracto com este fundo de investimento.
Ora, Marcos Rojo tinha chegado ao nosso Clube por 4 milhões de euros com 1 milhão a ser suportado pelo Sporting e os outros 3 milhões pela Doyen mas com o contracto rescindido o dinheiro ficou todo em Alvalade.
E por aqui se vê logo na embrulhada em que estávamos metidos e sabendo que o presidente era Godinho Lopes ainda pior. O contracto que foi celebrado por Sporting e Doyen era irrisório e não nos beneficiava em nada, isto é, só se vendêssemos o Rojo por 20 milhões é que gananciamos algo!! 
Mas.....o nosso assunto não é esse! Interessa mas não é esse pois isso está no tribunal e é a ele que compete decidir. Nós o que podemos fazer é não concordar mas sempre teremos que acatar a decisão! É assim a vida!!
O que verdadeiramente se pretende debater é se o nosso Sporting ficou com essa verba deliberadamente ou não!
Recuemos um pouco no tempo!
O Sporting já sabia que tinha que dar a quota parte do negócio á Doyen e que quase não ficaria com nada pois o Spartak de Moscovo tinha sempre direito a 1 milhão de euros independentemente do valor da transferência.
Acontece que quem precisava do dinheiro era ....o Sporting! 
Então porque não encetar uma guerra com a Doyen, até porque também se estavam a intrometer e a ameaçar o nosso Clube, e ficar com o dinheiro da transferência e assumir que, mais tarde , se pagaria tudo se assim o tribunal decidisse? Era quase certo que o assunto iria para tribunal!!
Ora, deliberadamente ou não, o Sporting ficou com o dinheiro, reforçou a equipa (pouco mas reforçou) e aproveitou para pagar logo o pavilhão João Rocha. 
Que jeitão deram aqueles milhões que muito provavelmente sabíamos que teríamos que pagá-los.
Claro que naquela altura a guerra era mesmo contra a Doyen e nem se pensou nesta possibilidade,  isto é, pelo menos nós não pensámos nisso!
Por isso eu digo que tudo isto , deliberadamente ou não, deu muito jeito ao Sporting pois se fossemos á banca pedir um empréstimo de 10 ou 15 milhões para construir um pavilhão e comprar uns jogadores, depois de uma reestruturação financeira, até se riam na nossa cara!! E se dessem um empréstimo quanto nos custariam só os juros? 
Por isso eu digo que para mim tudo isto não passou de uma grande e brilhante jogada.
Obviamente que existem indicadores de que tudo isto não terá sido desta forma como eu a digo mas temos que ser sinceros.....deu muito jeito aquele dinheiro e naquela altura.
Isto tudo moveu processos e uma guerra contra os fundos de investimento que eu acredito ser sincera e que ao começarmos não poderíamos parar. 
A Doyen é um Grupo muito grande com ramificações a muitos países e veja-se que estiveram quase a ter ordem para controlarem todas as transferências de jogadores em Espanha com a ajuda preciosa de Portugal!! Até tenho vergonha de dizer isto!!
Gostamos mesmo de apoiar bandidos não gostamos? Mais outra nas nossas barbas com Benfica e FC Porto na jogada. E não venham com coisas pois existem fotos em que mostram os administradores dos dois Clubes todos juntos em festa com o srº Nélio Lucas e também com os espanhóis.
Sabem de onde vem o dinheiro da Doyen? Ninguém sabe não é? E isso não é motivo suficiente para não se realizarem negócios com essa gente? 
Pois........Benfica e FC Porto não pensam dessa forma!!
Adiante......
Estávamos a comprar uma guerra e aqui penso que também tenha existido uma premeditação. Está bem que era um contracto que se rescindia e que tudo , mais tarde, iria servir de arma de arremesso contra nós mas também nos dariam uma outra visibilidade. 
Penso que BdC tenha pensado nisso e que assumiria essa pressão e visibilidade que o Sporting iria ter pois nem tudo seria mau. Por exemplo: todos olhariam para o Sporting como um exemplo da não subserviência dos Clubes perante os fundos de investimento, pensariam que finalmente alguém dava a cara por esta guerra que não é só nossa, todos olhariam para BdC e pensariam que lutava por mais clareza no desporto, a luta pelos meios tecnológicos também ajudariam, enfim....nem tudo seria mau para o Sporting!
Ora , e temos que admitir que depois disto tudo existiram mais Clubes que bateram o pé á Doyen e que a própria FIFA proibiu os fundos de investimento. 
Sabem que existe publicidade da qual criticamos mas provavelmente é a que decoramos mais depressa? Ora seria mais ou menos isto que nos aconteceria e no pior dos casos.......pagaríamos o que já poderíamos ter pago á Doyen(a sua parte da transferência de Rojo) mais uns juros que até arrisco dizer que possam ser menos do que se tivéssemos pedido um empréstimo á banca.
É que os juros á banca pagaríamos todos os meses e á Doyen pagaríamos de uma assentada! Penso não me enganar neste aspecto mas se for o caso haja correcção!
Para mim foi o que sucedeu! No entanto, isto é uma matéria que o nosso Clube nunca o poderá confirmar pois poderá ser mal interpretado e não é propriamente uma coisa que se deva fazer!
É como se a razão para tal guerra nunca tivesse sido esta!
Claro que nem todos concordarão comigo e esta é só uma ideia mas .....que deu jeito.....deu!!
Como dizia Fernando Pessa: " E esta heim?"

1 comentário :

Mario Silva disse...

Que deu um jeitasso isso deu, mas não creio que isso foi assim tão determinante, tanto para mais que a 'restructuração financeira' abrange uma linha de credito a longo prazo, a juros relativamente baixos, até ao maximo de 60 milhões.(se não estou em erro).

Também não acredito na tese de uns todos diabos e outros todos santos... mas o problema foi e é realmente a Doyen e o modelo preconizado por esta. Acho que quando o Godinho Lopes se aprecebeu da situação calamitosa entrou em pânico e entregou a gestão do futebol profissional á Doyen(ele só assina)... uma espécie de menos um problema para atormentar, pensava ele... mas foi esta mesma Doyen que AGRAVOU e MUITO o passivo -> tal como ela e amigo Mendes têm feito no Carnide, que apsar dos exitos e vendas record sucessivas está numa situação que se visiona pior que a do Sporting á 3 anos.

Determinante foi mesmo a soberba gestão do futebol profissional do BdC, que em 3 anos gastou em contratações e ordenados MENOS que o carnide gastou só para esta época... e apsar de tudo permitiu reforçar-se e enormemente tendo quase sido campeão 2 vezes (com 2 participações fase grupos LC) e tendo actualmente indubitavelmente a melhor equipa em Portugal...isto sim é de génio, bem vistas as coisas, por quase todos seria considerado impossivel!...

A grande ilação que se tira então, e causa de tanto ódio desmesurado ao BdC, com campanhas feitas pelo 'SISTEMA' (sistema de: corrupção, *propaganda*, compadrio, jogo mala, pernas abertas etc-> financiadas pelas lavandarias dos 'agentes' com sacos azuis) de que não há memória em Portugal, com 'outdoors' e 'planfletos' pagos não se sabe por quem, a grande ilação que se tira dizia eu é : **Para que servem os fundos e os agentes então ? ** -> ** Para lavar dinheiro dar luvas e levar os clubes á falência ?? **

Estas são as perguntas que a Doyen (e muitos outros) não gostaria nada de ver serem feitas, tenho a certeza absoluta ... só que o EXEMPLO vindo dos lados de Alvalade é demasiado contudente, se é *copiado* podemos ter muitos clubes a tentar fugir do 'SISTEMA', e então um possivel acabar dum negócio da verdadeira china....

Por isso é imperioso não só não falar dos seus êxitos (máquina de propaganda está no bolso!) - que implica fazer os protegidos ganhar a todo o custo, mesmo com o risco da esposição ridicula, para todos verem, da corrupção em jogos a actuar; como tentar denegrir os autores desses exitos de gestão soberba ao maximo...