domingo, 8 de maio de 2016

Jornada do LEÃO(33ª): Sporting cilindra V. Setúbal e pressiona rival(5-0)


Mais uma final , mais uma vitória. E que vitória. Cinco golos sem resposta e uma exibição de luxo. 
O Sporting, mais uma vez. estava obrigado a vencer mas esta equipa está para a pressão como oxigénio está para vida. Com esta são 8 vitórias consecutivas!
Agora é esperar que o rival tropece na Madeira.
Jorge Jesus mudou duas peças na equipa: uma por lesão(João Mário) e outra por opção(B. César). O brasileiro iniciou o jogo de inicio em detrimento de Zeegelaar e o resultado foi mais uma excelente exibição.
Onze: Rui Patrício; Schelotto, Rúben Semedo, Coates e Bruno César; Gelson Martins, Adrien Silva, William Carvalho e Bryan Ruiz; Téo Gutierrez e Slimani.
A partida iniciou com o Sporting a carregar em cima do adversário pressionando lá bem em cima da área setubalense. Gélson na direita e Bryan na esquerda davam muita movimentação á equipa mas era Adrien quem mexia os cordelinhos desta equipa. 
O nosso capitão viu um amarelo mal mostrado e vai falhar Braga mas parece que o cartão fez-lhe bem pois também realizou uma muito boa partida. 
O Vitória ainda conseguiu realizar algumas transições rápidas mas a nossa equipa assumia cada vez mais o jogo. 
William pegava na bola e construía jogo e Adrien ajudava em tudo e era um Mouro de trabalho. 
Afinal não são só as equipas que jogam frente ao rival que utilizam 3 defesas centrais! O Vitória também apresentou mas o golo de Gélson Martins aos 25´rui essa muralha preparada para suster o Sporting.
Foi uma grande jogada da nossa equipa em toques de 1ª. William dá no meio em Slimani , este de 1ª devolve a Bryan que isola Gélson que faz um chapéu á saída do guarda-redes sadino. Golo justo a coroar outra oportunidades desperdiçadas por Slimani.
A muralha caía neste momento e via-se a tristeza nos rostos dos setubalenses. Quiçá o prémio para empatarem o Sporting não foi o suficiente.
O Sporting continuou a carregar no acelerador e passados 10 minutos William isola Teo na direita do nosso ataque e este remata para o fim das redes sadinas fazendo o 2-0. 
Até ao intervalo mais uma grande oportunidade de Slimani que o guarda-redes sadino evita com uma boa defesa para canto.
No reatamento o Sporting continuou o seu bom jogo pelas laterais tanto por Schelotto quer por B. César. Tanto Bryan e Gélson permitiam que os laterais subissem para criar sempre muito perigo perto da área adversária. Schelotto foi mesmo dos melhores em campo.
William e Adrien mexiam muito no jogo mas sobretudo o nosso capitão jogam muito e esta qualidade não se tem todos os anos. É um luxo ver Bryan Ruiz sair da zona lateral, vir buscar jogo, olhar em redor, simular como mais ninguém o faz, rodopia, passa e hoje fez dois golos de mestre. Para mim foi mesmo o melhor em campo. 
A nossa bela exibição não deixou ninguém jogar mal pois era contagiante também o ambiente nas bancadas. Apesar de ter caído água a tarde toda o relvado estava muito bom e foi um regalo ver a bola rolar com muita qualidade em Alvalade.
Aos 55´mais um grande trabalho do nosso capitão que isola Gélson que não perdoa e faz o 3-0 apesar do guarda-redes adversário ainda ter tocado na bola. Era também uma bela noite de Gélson que está cada vez mais um jogador de Estádio.
Aos 70 minutos o adversário ficou reduzido a 10 elementos por falta a castigar Zeegelaar que entrava pela área e se preparava para causar perigo. Do lance , saiu uma situação estudada e Bryan fez um golaço. O livre é cobrado para a zona do penalti e o costa riquenho coloca a bola fora do alcance do guardião adversário. Era o 4-0 mas ainda viria mais um.
Mesmo em cma dos 2 minutos adicionais Bryam executa o lance por debaixo da barreira do Vitória e marca o 5-0 que fechou as contas no marcador.
Grande vitória da nossa equipa numa noite chuvosa e agora é esperara que o Marítimo faça uma gracinha e nos dê uma alegria.
Melhor em campo : Bryan Ruiz. Também poeria ter elegido Gélson mas Bryan é um jogador excepcional. Não é um finalizador, é verdade mas é um jogador a quem só falta um pouco mais de velocidade. De resto é um luxo ver um jogador destes jogar e explanar todo o seu futebol dentro de campo. 
Bryan mexe muito num jogo. Pega na bola, roda, olha, sabe ter a bola, passa a preceito, tem bom posicionamento no relvado e sobretudo é dotado tecnicamente. neste jogo mostrou o que sabe fazer de melhor e arrisco-me a dizer que é dos melhores , se não o melhor, jogador de futebol em Portugal.
Bravo Brayn!
Obrigado Sporting!

Sem comentários :