segunda-feira, 11 de abril de 2016

Rantanplan


Nunca gostei muito de westerns mas há quem se julgue ainda no Far west. No entanto sempre apreciei um bom filme de Cowboys mas claro, sempre com John Wayne no papel principal. 
Há inclusive westerns que ninguém se esquece como por exemplo: O Bom, o Mau e o Vilão e cowboys como Dean Martin, Clint Eastwood e Frank Sinatra ou personagens como Calamity Jane, Billy The Kid, Jesse James, Roy Bean ou Lucky Luke. 
E naquele tempo era impensável os Cowboys andarem sem as suas colts á cintura prontas a disparar em qualquer direcção. Hoje em dia também temos pistoleiros ou Cowboys em diversas áreas mas de que mais gosto é do Luky Luke. O Cowboy solitário que é mais rápido que a sua própria sombra, que enfrenta o crime e a injustiça, viaja somente com o seu fiel cavalo Jolly Jumper.
Em todos os episódios aparece um cão, o Rantanplan, mas que não é dele. 
Simplesmente faz parte da história. Mas Rantanplan dá um toque de malvadez aos desenhos animados de René Goscinny pois é um cão vadio e solitário a quem ninguém liga excepto Lucky Luke.
Hoje, quem me faz lembrar Rantanplan é uma personagem que é normalmente denominada de Mr. Burns, curiosamente outra personagem de desenhos animados. Realmente é muito parecido na sua forma de cruzar as mãos e na sua malvadez mas na usa forma de estar é igual a Rantanplan.
Tal e qual um cão abandonado, solitário, magro e que ninguém quer por perto! Já nem vou falar da beleza porque cada cão tem a sua beleza.
Mesmo assim conseguimos ver a ´beleza` interior deste ´cão` :
-Solitário(nunca aparece com ninguém a seu lado talvez por ninguém conseguir suportar a sua presença); 
-Abandonado(Não pelos credores mas por muitos da sua cor clubística);
-Magro(Nem deve comer tal o ódio que deve ali existir);
No entanto, Rantanplan, tem mais problemas pois vivendo sozinho e levando uns pontapés de Cowboys que não o querem ver por perto a sua solidão destrói-o por dentro e quanto mais o tempo passa essa sua doença interior torna-se incurável.
Rantanplan arrasta-se pelos desertos do velho Oeste e só mesmo Lucky Luke lhe dá qualquer coisa para comer. De resto anda á deriva e é um alvo apetecível para as cascavéis do deserto. 
De facto ninguém deseja ter desgraça por perto nem ´cães` agoirentos e vadios e na história é mesmo o cão mais estúpido do Universo!! 
Talvez se pude-se pensar que até se poderia parecer com outra personagem do Lucky Luke por exemplo mas o seu NÍVEL é o mesmo de Rantanplan,
Desta forma e sabendo que Jolly Jumper é o cavalo mais esperto do Mundo, que os bandidos dos irmãos Dalton são completamente broncos, estão ordenados em ordem crescente em altura e estupidez e que o Billy The Kid, outro inimigo de Lucky Luke e um dos bandidos mais perigosos do velho oeste, são outras personagens a certeza que fica é que lhe fica bem o pêlo de RANTANPLAN.
Este é o nível que verdadeiramente um cão pode almejar: 
Sem inteligência;
Indesejado;
Solitário;
Escanzelado;
Raivoso;
Enfim...... se este era o nível que tanto apregoou por aí nos jornais dos seus amigos de comunicação então a resposta também tem que ser ao seu nível. 
Pistoleiro? Bandido? Xerife? Não!! Rantanplan é o mais apropriado!! 
Bem-vindos ao Far West do futebol português!!

3 comentários :

LEOA MARIA disse...

Os meus parabéns ao autor do blog, pela excelente analogia com que nos brindou, acho que rantanplan assenta como uma luva, a esta personagem asquerosa que é mr burns...

SL

Rui Cerdeira Fernandes disse...

Obrigado. É mesmo a pior personagem de todas

Pedro Pereira disse...

Eu se fosse ao RanTanPlan sentia-me ofendido porque o cão é estupido mas é inocente e o burns de inocente não tem nada nem o lucky luke lhe ia dar umas sobras