domingo, 24 de abril de 2016

Jornada do LEÃO(31ª): Lideres(2-0)


Mais uma final e mais uma vitória. Pensava-se que seria suada mas a pressão anda á solta e pode claudicar qualquer um dos que vão na frente do campeonato. O Sporting fez a  sua parte e agora é esperar , mais uma vez, pelo resultado do nosso adversário. 
A vitória por, 2-0 com golos de Teo e João Mário não deixam dúvidas: 3 pontos e garantia de Champions na próxima temporada.
O Sporting estava obrigado a vencer para pressionar o rival e o que se registou nesta noite foi que a nossa equipa fez o suficiente para vencer. Nem sei se foi tudo manobras de JJ para que a equipa se mantivesse equilibrada e unida e assim o ritmo de jogo nunca foi mais elevado.
Onze do SCP: Rui Patrício; Schelotto, Coates, Rúben Semedo e Zeegelaar; João Mário, William, Adrien e Bruno César; Téo Gutiérrez e Slimani.
JJ manteve o holandês na lateral esquerda e pode-se dizer que acertadamente pois está nos 2 golos da equipa.
O 1º golo surgiu muito cedo(6´) e trouxe outra segurança ao nosso jogo.
Rui Patrício fez então a defesa da noite e manteve as suas redes invioláveis e a partir de aqui o domínio foi mesmo avassalador. William não pegava tanto no jogo pois ele saia muito para as alas onde Zeegelaar e Schelotto nos davam muita profundidade.
A nossa posse de bola foi mesmo gigante e Rui Patrício não realizaria mais nenhuma defesa.
O 2º golo surge mais uma vez com a participação do holandês do Sporting que continuo-o a dizer que tem potencialidades extraordinárias. Zeegelaar ganha a bola que veio da direita e cruza a preceito para João Mário marcar o 2º golo da noite e fechar o marcador.
O intervalo chegou com o resultado final, 2-0.
Quando todos pensavam que poderia sair dali uma goleada o União reuniu as suas forças e conseguiu afastar a bola da sua área.
Exceptuando umas situações perigosas a nossa equipa foi sempre a mais forte , a mais dominadora mas os golos já estavam todos.
JJ mudaria mais tarde os nossos extremos para dar mais velocidade ao nosso jogo mas era como se estivesse tudo adormecido.
A 2ª parte foi mesmo fraca em termos exibicionais tirando uma ocasião para marcar uma de Teo e outra de Adrien que bate no poste e assim o resultado é mesmo o melhor do jogo.
Para mim o melhor em campo , Marvin Zeegelaar porque está nos dois golos da equipa e foi quase intransponível no seu sector. Muito bem a defender e muito a atacar num jogo que nunca foi complicado mas vê-se que ainda pode ser melhorar a sua performance sobretudo como por vezes aborda os lances.
Estamos na liderança á condição mas queremos lá ficar!!

Sem comentários :