quarta-feira, 2 de março de 2016

Octávio Machado regressa em forma


Octávio Machado deu uma entrevista ao canal Sporting e pode-se dizer que o seu regresso é em grande forma. Não teve papas na língua e disse o que pensa. Vítor Pereira e os rivais são o alvo das suas criticas mas também sabe elogiar Jorge Jesus, os adeptos, Slimani e claro, o nosso presidente. 
O nosso director para o futebol anteviu o 4º derbi da temporada
como um jogo que vai ser diferente pois o ambiente que se vive é propicio a isso e como não poderia deixar de ser frisou que no inicia da época ninguém pensava que a esta altura o Sporting fosse.......líder da Liga.
Afinal conseguimos intrometermos na luta pelo titulo e os adeptos têm a sua quota parte nesta liderança. Os elogios á massa associativa foi claro..............e merecido!
OM-"É diferente por toda a envolvência exterior, é mediatizado... Vai concentrar as atenções de muita mais gente. São dois clubes rivais históricos, que este ano, ao contrário de outros infelizmente, o Sporting surge em posição privilegiada. Primeiro porque joga em casa e, há sete meses, se calhar poucos pensavam que isto seria realidade. É realidade, fruto do trabalho, dedicação, empenho e paixão. Há um factor extraordinário e importantíssimo, que é a família sportinguista. O Sporting renasceu, pujante, dinâmico, à imagem do seu passado. Ando nisto há muitos anos, vi muitos comportamentos meritórios do público, como o do Celtic por exemplo, mas o de Alvalade tem estado muito bem. O público participa, as pessoas vão satisfeitas e quero que saiam sempre assim. É um encontro importante, é o próximo, nele assentamos todas as atenções, com um único objectivo: ganhar".
OM-"Infelizmente, o Sporting em primeiro é algo que não aconteceu nos últimos anos. Muitos pensavam que não seria uma realidade, mas é uma realidade fruto do trabalho, da dedicação, do empenho e de muita paixão. Estamos à frente dos favoritos e são eles que estão preocupados. Sabemos que vai ser complicado até ao fim, mas temos uma vontade enorme".
Quanto a campanhas estranhas durante a semana , Octávio mostra-se atento e não se esquece de outros casos:
OM-"Andámos nisto há muitos anos, temos experiência de muitos jogos com esta dimensão e sabemos que pode acontecer tanta coisa durante a semana. Estamos preparados para tudo e para responder a tudo. Na semana da Supertaça, apareceram os sms, continuo a dizer que enquanto não mostrarem essas sms, são mentirosos. Depois tivemos o processo a Jesus, de não sei quantos milhões. Influênciou zero!".
Como não poderia de ser, falou de Slimani e da campanha que lhe fizeram.Afirma que o jogador sempre esteve tranquilo e deixa-lhe mesmo excelentes elogios:
OM-"A pressão sobre o Slimani... ele tem gerido bem. Naturalmente percebe qual é a intenção. Uma coisa é ser duro, viril, mas o seu cadastro está imaculado. Há outros que não o podem dizer. Slimani é uma jóia de homem, um bom menino. Quem falou em agressões bárbaras devia ter vergonha".
Quanto aos queixinhas:
OM-"O Benfica fez queixinhas... primeiro até se queixaram escrevendo que o Slimani era jogador do Nacional da Madeira. Logo aí devia ter sido arquivado. Enganaram-se por causa das pressas".
Depois Jorge Jesus mereceu os seus elogios pois é um grande treinador. Disse que a sua mudança para o Sporting só aumentou a consideração que tem por ele e que também devido ao mister o Sporting é imune a qualquer pressão.
OM-"Se já tinha muita consideração por Jesus, mais tenho agora. Porque foi ele que decidiu o seu futuro. E isso conta muito, num tempo em que muitos gostariam de tomar este tipo de decisões e não podem. Porque apesar de tudo o que lhe ofereceram, Jesus optou pelo seu caminho. As pessoas livres, que querem ser felizes, procuram estar bem consigo próprias. Ele, para estar bem consigo próprio, escolheu o Sporting, com todos os riscos inerentes, predispôs-se a esta tarefa difícil, complicada...". 
Bruno de Carvalho também não podia ter sido esquecido pois foi ele que iniciou esta campanha para tentarmos ser campeões nacionais e até agora ....vamos na frente. Octávio afirma que vai ser difícil e até ao fim mas com a união da família sportinguista isso pode ser possível.
OM-"Foi uma aposta brutal do presidente do Sporting, e depois começaram uma caminhada que, mesmo pelo alarido e poluição sonora do coro angelical de São Gabriel, não nos conseguem distrair, nem dividir. Continuamos serenos, muito confiantes. Não partindo como favoritos, estamos à frente dos favoritos. E são eles que estão preocupados. Vai ser até ao fim, muito complicado e difícil, mas temos uma vontade enorme. Para que isso possa acontecer, é fundamental para esta conquista a coesão entre a equipa e a família sportinguista".
Depois o nosso director para o futebol deixou uma certeza:
OM-"Não somos líderes por acaso. Não vem de agora. A família sportinguista não se vai deixar iludir. Esta união é sagrada, apesar de todas as tentativas para acabar com ela. Sábado vamos dar mais uma prova disso mesmo. O Sporting, o presidente, Jesus, pelo que fizeram, trouxeram nova dinâmica ao futebol português. Antes era uma pasmaceira, agora já são três na luta. Estamos cá!"
Em jogo jogado, o palmelense destaca o ....Sp. Braga que diz ter sido "foi a única equipa que se aproximou do Sporting" mas começa a falar em muito erros que prejudicaram o SCO em duas competições:
"Em jogo jogado, e com todo o respeito por todos os adversários, só o Sp. Braga se aproximou de nós. Fomos sempre superiores. O que aconteceu na Champions foi inadmissível. Nunca tinha visto uma equipa ser empurrada para fora desta maneira. Na Taça de Portugal, grande jogo, grandes jogadores, grandes treinadores. Mas no fim houve um prejudicado, com um golo limpo anulado. Uma distracção de um assistente, que anulou o 4-3 ao Slimani e nos empurrou para fora. Assim fomos eliminados destas duas competições. Quero acreditar que foi um erro do assistente, mas houve mais… Na Madeira, com o União; a rocambolesca situação com a Académica, a analisar uma decisão do assistente…".
Mas curiosamente, iliba os árbitros destes erros e foca-se finalmente em Vítor Pereira:
OM-"Os árbitros são dedicados. Mereciam ter outro presidente no Conselho de Arbitragem. E digo isto com mágoa porque fui um dos que votou em Vítor Pereira, enquanto representante dos treinadores".
O foco manteve-se no presidente do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol e com a ideia de que ....deveria sair, já!! E se o fizesse estaria a estragar algo a alguém!! Foi uma clara alfinetada no nosso rival.
OM-"Ele devia ir embora já, devia abandonar já, e não no final do mandato e no final da época. Agora, se calhar, se ele for embora já, estraga qualquer coisa a alguém".
Para Octávio , o presidente dos árbitros não fez um bom mandato mas teve tudo para tal. 
OM-"O presidente da Federação Portuguesa de Futebol deu-lhe tudo, deu-lhe todas as condições. Ele acabou por criar uma intranquilidade enorme e muito ruído à volta dos árbitros. Os próprios árbitros não estão com ele".
Se os árbitros não estão com ele não o sabemos mas é sintomático os que estão de fora por .....doença e outros que o criticam ....na TV. Por exemplo Duarte Gomes ainda esta semana o criticou como se estivesse a apresentar a sua candidatura. Quem gostou foi o vice-presidente dos benfas!!!!!!
O Sporting-Benfica está aí á porta e o nosso director para o futebol do Sporting voltou em grande forma e com a língua afiada e dizendo verdades. Para alguns dói ouvir mas na vida tem que ser desta forma pois de subserviência................ já lá vai o tempo!!

Sem comentários :