terça-feira, 29 de março de 2016

Em defesa de Ryan Gauld


Mas ainda não viram que a nossa formação é diferente mas apresenta resultados? Afinal o Ryan Gauld tem que idade? Porque é que de repente se exige tanto? 
O escocês que o Sporting contratou há sensivelmente um ano e meio é criticado no seu país mas o seu futuro ainda não é para o presente. 
Deixem-no crescer, for God´s sake!
Ryan Gauld tem 20 anos e foi contratado ao Dundee United por ser uma promessa do futebol. A sua transferência custou-nos sensivelmente 2.5 milhões de euros e o contracto assinado é válido por 6 temporadas e tendo ficado com uma clausula de rescisão de 60 milhões de euros.
O ´mini-Messi` ,como lhe apelidavam os seus colegas, chegou a uma nova realidade vindo de uma Liga onde se estreou aos 16 anos jogando poucos minutos. Estávamos na temporada de 2011-2012 .
Na temporada seguinte fez 10 jogos e em 2013/2014 impôs-se jogando 31 jogos e marcando 6 golos.
Acontece que  a Premiership escocesa nunca vai ser um dos melhores e tecnicamente não se precisa de ser muito bom jogador para se vingar! 
Claro que Ryan está acima dessa média de jogadores e foi/é considerado uma promessa do futebol mundial e foi com esse intuito que o Sporting o contratou apesar de ter 1,68m. É que a qualidade não se mede aos palmos!!
Para o seu bem , tomou a decisão de se transferir para o nosso Sporting e para poder evoluir mais como jogador. Ryan tem um pé esquerdo de excelência, tem técnica apurada, boa visão de jogo, drible curto e forte no um para um.
No Sporting foi para a equipa B, como se esperava, e fez-se para ser esquecido porque na nossa formação não existe o ser a estrela, o tal, o fenómeno. Na nossa formação trabalha-se longe dos holofotes para se ser melhor ou o melhor! Aqui formam-se jogadores mas acima de tudo, homens!
Não estamos publicamente a exigir o que quer que seja a não ser que seja propositadamente e num determinado caso ou outro. mas normalmente não é assim que funcionamos! Também não o publicitamos como estrela nem nada parecido.
Somente se trabalha para um dia se ser enorme!
Desta forma, Ryan chegou há pouco tempo a Portugal, veio sozinho, teve que aprender a nossa língua e ambientar-se a uma vida completamente diferente mas sobretudo a um futebol completamente diferente e muito mais exigente. 
Tudo tem o seu tempo e se realmente desejam o melhor para o jogador o melhor é fecharem a matraca e deixarem-no crescer ao seu ritmo ou ao ritmo do Sporting. 
Obviamente que me refiro ás criticas que vêm do seu país e no peso que já lhe querem colocar em cima.
O Ryan Gauld veio para o Sporting para crescer e está a fazê-lo em vários aspectos. 
A melhoria da sua performance não demora só um ano e meio a conseguir-se! Demora o seu tempo próprio e que varia de jogador para jogador.
Na sua 1ª temporada pelo Sporting efectuou 26 jogos e marcou 3 golos pelo Sporting B e ainda actuou 6 jogos pela equipa A tendo marcado 2 golos. Bravo!
Nesta última, 2015/2016, já tem efectuados 30 jogos e marcados 4 golos o que é melhor do que na temporada passada. 
Agora digam-me: será justo estar a colocar-se demasiada pressão já em cima dele? 
Deixem-o crescer e provavelmente na próxima temporada vai ser emprestado para se ambientar á 1ª Liga ou até a um campeonato estrangeiro e depois, passadas uma ou duas temporadas, logo se vê a sua evolução.
Este tem que ser o seu percurso a não ser que consiga dar o salto definitivo na pré-temporada de 2016/2017..... mas acho pouco provável. 
So, scotish people: 
Let Ryan Gauld grows and in a few years you will see the evolution. 
For know, stay quiet and let him play football.
Thank´s.
Por cá, sabemos que Ryan existe e que tem valor mas não podemos ter pressa na sua evolução porque a pressa é inimiga da .......perfeição.
Força Ryan!!

1 comentário :

Anónimo disse...

Hoje foi considerado o melhor em campo no jogo de sub-21 Escócia-Irlanda do norte. Será, provavelmente, um grande jogador, há que dar tempo ao tempo. SL