quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Vouchers delirantes


O srº Alberto do Rosário, consultor e habitual presença no Jornal Record no seu "Bilhar Grande" escreveu á dias e como titulo, "Exercicio delirante". Dedicou o seu pouco espaço ao nosso presidente mas ao menos não se esqueceu dos tempos de Pinto da Costa nem dos opinadores de TV, rádios, jornais, etc, ("alguns inenarraveis") que são extensões dos seus dirigentes(alusão ao Benfica).
 Tudo para ele são exercícios delirantes mas o mais delirante guardou-o para o fim do seu artigo.
Amorsporting até prefere transcrevê-lo pois são palavras delirantes:
"....o líder da arbitragem acha normal que os árbitros recebam de prémio senhas de refeição, para que, com a família , possam comer um bom repasto a admirar o Tejo e as arcadas do Terreiro do Paço".
Assim e depois de referir que "os dirigentes tendem de forma repetitiva , para o exercício delirante" fico aliviado por saber que não somos assim tão poucos que consideram as tais senhas de refeição para toda a família , assunto delirante.
Agora , depois da decisão em arquivar-se este caso ficamos a saber que Vítor Pereira já sabia da decisão e então veio dar um ar de sua graça defendendo a sua dama. De facto, estar tanto tempo calado sem defender os árbitros e a arbitragem em si e aparecer dias antes deste acórdão é mais uma coincidência do nosso futebol.
Com tudo isto só fica provado que este srº não fez bem em sair da toca e antecipar por outras palavras a decisão do arquivamento. Nós não somos assim tão estúpidos ao ponto que possam pensar que não sabemos como tudo isto é tratado. 
É mais do mesmo.....mas está a tornar-se insustentável toda esta ......inclinação!

Sem comentários :