sábado, 30 de janeiro de 2016

Processo disciplinar a Slimani chega à Assembleia da República


Tal é a vergonha em abrir um processo disciplinar ao nosso Slimani e arquivar tudo o que é relativo ao Benfica que o Núcleo Sportinguista da Assembleia da República mostrou-se indignado. De facto a indignação e o descaramento é tanto que pelos vistos será preciso pensar em outras medidas para que todos fiquem a conhecer a podridão que reina no nosso futebol.
É uma vergonha e intimidatório chegarmos a um ponto em que para se vencer são precisas forças externas ao trabalho realizado dentro de campo pelos profissionais de futebol.
É uma afronta ao Sporting e ao Slimani a decisão da secção não profissional do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol em abrir um processo disciplinar a Slimani quando existem mais uma dezena de lances em que todos dizem que são merecedores também de processos disciplinares e é isso mesmo que os órgãos sociais do Núcleo do Sporting da Assembleia da República consideram('afronta ao clube' e uma 'aplicação discriminatória das disposições regulamentares').

"Os órgãos sociais repudiam a instauração deste processo, que ocorre mais de dois meses depois da prática dos factos. Os órgãos sociais do núcleo constataram que a oportunidade da abertura deste processo representa uma afronta ao clube e uma aplicação discriminatória das disposições regulamentares", pode ler-se no comunicado emitido pelo Núcleo do Sporting da Assembleia da República.

Sem comentários :