domingo, 6 de dezembro de 2015

Jornada do LEÃO(12ª): Sporting vence na Madeira(0-1).


O Sporting viajou até á Madeira e sabendo do resultado dos seus rivais estava ainda mais pressionado para garantir a liderança da Liga. De facto, jogar nos Barreiros sempre foi difícil e hoje não foi diferente mas conseguimos trazer uma saborosa vitória com um golo do nosso capitão Adrien Silva.
JJ não podia utilizar Slimani e Teo mas já pode utilizar Jefferson que regressou de lesão.
Estes dois impedimentos obrigaram a mexer na equipa e Gelson começou a titular e caiu na esquerda do nosso ataque, Bryan Ruiz fez companhia a Montero mais lá na frente e João Mário continuou na direita.
Onze do Sporting: Rui Patrício, João Pereira, Paulo Oliveira, Ewerton, Jefferson, William Carvalho, Adrien, João Mário, Bryan Ruiz, Gelson e Montero.
E o jogo até começou melhor para os insulares que pressionando o homem que construía o nosso jogo dificultou-nos muito as movimentações. Mesmo assim conseguíamos ter alguma bola mas os lances de perigo escassearam. De qulaquer forma João Mário na hora H escorregou quando podia ter criado muito mais perigo.
Do outro lado, Marega foi sempre uma dor de cabeça mas Jefferson esteve sempre á altura. 
O nosso jogo poderia ter tido mais aposta na nossa direita onde João Mário esteve várias vezes sozinho mas não aproveitámos esse ponto fraco.
Nesta 1ª parte Rui Patrício e Salin negaram praticamente as duas hipóteses de golo existentes.
Na 2ª parte tudo foi diferente. 
Não houve substituições ao intervalo mas surgimos com outra dinâmica , mais dominadores e bem mais pressionantes. Foi assim que Adrien adiantou o Sporting no marcador numa bela jogada de João Mário aos 53 minutos. Adrien de pé direito voltou a marcar e a dar mais 3 pontos na luta pela liderança. 
O Sporting era de facto mais equipa mas com o golo recuou e soube defender a vantagem.
Primeiro tirou Gelson e fez entrar Aquilani para termos mais experiência no meio campo e pode-se dizer que foi uma substituição conseguida. 
Mais tarde saiu Montero e entrou Tanaka e mais tarde Naldo ainda entrou por João Mário para fechar todos os espaços de acesso á nossa baliza.
A nossa equipa foi a melhor mas Rui Patrício teve que se aplicar pois por duas vezes evitou o empate do Marítimo.
Um dos nossos rivais já tinha perdido pontos e esta foi de facto uma vitória sofrida, merecida, cheia de garra, de inteligência e de competência.
Rui Patrício foi a meu ver o melhor elemento do Sporting pois evitou um empate eminente. 
Bravo Sporting.
Seguimos na liderança e a incomodar cada vez mais.

Sem comentários :