segunda-feira, 9 de novembro de 2015

"Os adeptos merecem esta vitória. Obrigado aos adeptos do Sporting."


Em jogo de caso insólito no futebol português JJ falou no final e mais uma vez viu o que todos vimos. Um Sporting superior mas que também tem que saber sofrer se quiser chegar ao final em vantagem sobre os seus rivais!
O jogo foi como o esperávamos e até mais mas fomos ambiciosos, verdadeiros Leões , competitivos e sobretudo soubemos sempre acreditar na vitória.
Esta é uma vitória do nosso querer e da nossa raça! Costumam-lhe chamar : Estrela da Sorte mas.....ainda é muito cedo!!
JJ sabia ao que ia: 
-"Já sabia que ia ser um jogo difícil. Em nove jogos, o Arouca tinha uma derrota frente ao FC Porto e já tinha ganho três pontos a um candidato ao título. E esse jogo foi em Aveiro, não foi aqui. Aqui é mais difícil. É uma equipa muito organizada defensivamente, não é fácil marcar-lhes golos. Tínhamos de ter mentalidade de campeão para além da qualidade técnica e táctica. Precisávamos de ter alma nos lances divididos, intensidade e competitividade, que foi o que fizemos, mais na segunda parte do que na primeira."
-"Era preciso muita atitude no confronto directo porque a equipa do Arouca é muito agressiva do ponto de vista defensivo. O Lito Vidigal montou uma equipa muito boa a defender, dentro das características e dos objectivos que tem, das melhores do Campeonato. Não tivemos muitas oportunidades, mas conseguimos algumas fáceis de concretizar, enquanto o Arouca pouco fez ofensivamente porque controlámo-los bem e não os deixámos sair muitas vezes. O que nos importava era ganhar e fomos compensados pela qualidade do nosso trabalho e por acreditar mesmo com menos um jogador. Os jogadores do Sporting mereceram sair daqui vencedores porque foi um jogo muito competitivo e soubemos estar à altura da responsabilidade."
-"Ao intervalo, tínhamos de mudar algo nos processos ofensivos. A equipa estava a jogar muito fechada, a nossa linha avançada fechava muito o espaço e, como o Arouca é muito organizado, não estávamos a encontrar espaço para os nossos jogadores transportarem a bola. Era preciso mudar posicionamentos, atitudes de jogo em termos técnicos e isso resultou melhor na segunda parte do que na primeira, também porque o Arouca não teve tanta intensidade defensiva devido ao cansaço imposto por correrem atrás da bola."
A saída de Jefferson: 
-"O Jefferson sentiu um desconforto muscular nos últimos minutos da primeira parte. Não o senti confiante, não quis que agravasse uma possível lesão e fui obrigado a substitui-lo. É curioso que o Esgaio entrou muito bem e deu mais dinâmica ao corredor do que o Jefferson."
Sofrer para ser campeão: 
-"Foi uma vitória de uma equipa que, para ser campeã, tem de saber sofrer. Ganhámos porque fomos a equipa que queria ganhar, mas, essencialmente, porque fomos uma equipa com alma, coração e determinação. Quando não saiu bem em termos técnicos, houve entrega e muita determinação e continuamos a defender a liderança, que era o que queríamos."
Para os nossos adeptos: 
-"Os adeptos merecem esta vitória. Às oito e meia da noite de domingo, longe de Lisboa, não é fácil vir cá. Eles merecem o triunfo e a alegria porque também foram eles que, nos últimos 20 minutos, empurraram a equipa para a vitória. Obrigado aos adeptos do Sporting".
No final fica uma palavrinha pata Lotopegui.......Lopegui...Lotogui....ah! ...Lotopegui sobre o pedido deste para se investigar o que disse ao 4º árbitro no jogo com o Estoril:
-"Eu é que estou a falar a verdade e o que ele possa dizer, para mim, não tem valor nenhum."

Sem comentários :