segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Mais um caso de polícia para o Jornal "O Jogo" !!


Que crime mais horrendo que aconteceu na noite arouquense e nunca visto! Aconteceu no final do tempo regulamentar do combate que travámos em Arouca em que saímos vencedores!!
Para o Jornal "O Jogo" o criminoso Bruno de Carvalho, presidente do nosso Clube , voltou a cometer um crime o que já se está a tornar numa obsessão!! É simplesmente vergonhoso o que se passou em naquela localidade sem que ninguém teve preso o nosso presidente!! 
Agora a sério: A notícia tem um titulo bastante sugestivo como podem comprovar pela imagem: " Bruno de Carvalho desafiou o árbitro". 
Como podem imaginar lá vai a famosa Comissão de Inquéritos da Liga instaurar mais um processo ao nosso presidente para ver se ainda conseguem que ele não esteja no nosso banco de suplentes!! 
Jornal "O Jogo": "Bruno de Carvalho, o presidente leonino, "atirou-se" à equipa do árbitro Cosme Machado e disparou, desafiando-a, em alusão à expulsão de Naldo minutos antes: "Mostra lá vermelho agora!"
De facto foi um crime horrendo que ele fez e terá que ser punido com pena de prisão!! 
No entanto não foi só o nosso presidente que prevaricou: 
"Octávio Machado, diretor para o futebol profissional do clube, virou-se para a bancada onde estavam os sócios do Arouca e, de punhos cerrados, gritou "toma!", isto enquanto o diretor do departamento clínico, Frederico Varandas, entrava dentro de campo com o técnico Jorge Jesus. Este apressou-se a dar instruções aos jogadores para defenderem a vantagem nos derradeiros instantes do duelo, enquanto os atletas suplentes e titulares abraçavam Slimani junto à linha de fundo. No exterior do estádio, após o jogo, os ânimos estiveram exaltados, com os adeptos das duas equipas a trocarem várias provocações, tendo os da casa insultado os dirigentes leoninos."
Epá os adeptos da casa insultaram os dirigentes do Sporting?? 
Mas como está em letras minúsculas penso que não será nada de mais!!
Portanto como pudemos ver : "Toma!" e "Mostra lá vermelho agora!" são palavras que irão dar prisão aos nossos dirigentes , técnicos e jogadores!!
Não era mais fácil intitularem-se JORNAL DO FC PORTO??
P.S.- Sabemos que não gostam de ver o Sporting na liderança mas a nossa força cresce de dia para dia  e de jornada para jornada.

4 comentários :

Carlinha M.Ribeiro disse...

Realmente é demais. O Rui tem toda a razão em apontar o dito jornal, claramente afecto ao FCP.
O Sporting está a ser muito perseguido, os rivais estavam mal habituados.
Quando dão escândalos e fazem criticas às arbitragens, é 'justiça'. Quando o Sporting reclama, são todos calimeros, chorões.
Dá-me a impressão que alguns falam como agora o presidente do Arouca, a mando de alguém. Convém esta campanha de desmoralização, porque para muitos, há dois grandes: SLB e FCP e o Sporting é para ser despachado para a 2ª divisão, se conseguirem.
Não é que concorde com acções de violência e de brutalidade, mas penso que o Sporting tem de ser firme e muito lutador, se não quiser ser engolido pelos tubarões.
Saudações leoninas

Rui Cerdeira Fernandes disse...

Imagine, agora a noticia de quando Antero Henriques fez aquele espectáculo em Braga na taça da Liga. É simplesmente vergonhoso e continua a imparcialidade dos nossos meios de comunicação social.
SL

Anónimo disse...

Nem é para estranhar a atitude do jornal e dos comentadeiros da bola. Por que não critica esse presidente a atitude do treinador que entra em campo para atrapalhar um jogador? E quando lhe fizerem o mesmo? Também ouvi JJ a referir o brio dos adeptos que, à hora tardia do jogo a prejudicar a manhã de 2ª feira, foram ao jogo. Incrivelmente, o luvas pretas, João Alves, ouviu só metade do que JJ disse, fazendo crer que ele se referia à hora do jogo por causa dos ... jogadores do Sporting. Via-se a cabeça a inchar, via-se o nervoso deste gordo ...

Rui Cerdeira Fernandes disse...

Anda tudo feito virgens ofendidas. Primeiro ofendem e quando levam troco e resposta vêem queixar-se para os jornais e estes aproveitam para tentar pisar o Sporting. No entanto não passam de uns telhados de vidro que já levaram com pedras.