quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Entrevista de Bruno de Carvalho ao Jornal L´Equipe.


O nosso presidente deu uma entrevista ao Jornal francês L´Equipe onde é destacado a oposição aos fundos de investimento.
-"Os fundos querem criar um vício. Um pouco como se vendessem droga. Esperam que os seus clientes lhe peçam mais e mais a cada dia. É a entrada num círculo vicioso: mais dívidas, que levam a mais recursos a fundos, o que leva a mais dívidas…"
-"Não sei se podemos falar de guerra. Somos fundamentalmente contra a entrada de grandes quantias de dinheiro no futebol da qual não sabemos a origem. Se repararem bem, os fundos ganham em todos os cenários, quer os jogadores sejam bons ou maus. Reclamamos, no mínimo, três coisas: avaliar as experiências passadas e em curso para evitar que o futebol entre neste mundos sem saber das consequências; saber quem são os parceiros destes fundos, de onde vem o dinheiro; e que estes fundos não possam imiscuir-se na gestão dos clubes."
-"Quando me tornei presidente do Sporting, 95% dos nossos jogadores eram controladas por dinheiro e tivemos os piores resultados da história, nossa dívida acumulada foi de 500 milhões de euros… tínhamos uma esperança de vida de três meses. Mas eu disse que queria fazer mais no meu clube. Na temporada seguinte, terminámos em 2º lugar e entrámos na Liga dos Campeões. Desde que parei com os fundos, temos melhores resultados desportivos e encontrámos o equilíbrio financeiro."
Não perca: as cenas de um próximo capitulo!! 

Sem comentários :