sábado, 7 de novembro de 2015

BdC:"Orgulho-me de ser presidente de um clube com 3,5 milhões de adeptos só em Portugal, 130 mil sócios todos vivos e, realmente ,109 anos de existência"


Bruno de Carvalho esteve presente na gala da Revista "Mais Alentejo", Teatro São Carlos em Lisboa, onde lhe foi entregue o prémio Excelência Desporto. O nosso presidente voltou a pautar a sua intervenção pela verdade desportiva lembrando que há práticas estranhas no nosso futebol que parece ser incómodo investigar, ou seja , deitou mais lenha na fogueira:
-"Pensei que me tinham dado o prémio Excelência Desporto por ser uma pessoa consensual no desporto, mas depois acordei e lembrei-me que tinha enviado à revista Mais Alentejo uma caixinha com quatro jantares. Mas eles não foram lá..."
De facto não se pode dizer que BdC possa ser uma pessoa amada pelos "outros" pois não é uma pessoa consensual. Diz o que tem que dizer e isso faz com que não tenha amigos do outro lado e que as pessoas que se sentem visadas de algum modo o tentem ter bem longe. No entanto ele sabe disso mas o que lhe importa é ser ele próprio e pautar a sua vida e a passagem pelo Sporting em defesa da verdade desportiva e no combate á corrupção entre outros.
Claro que no nosso Clube é muito mais apreciado até porque tem feito um excelente trabalho.
-"Dentro e fora do Sporting tenho lutado por um desporto melhor, para que haja verdade, mas sei que nem toda a gente gosta da minha maneira de ser e de estar. Sou uma pessoa de paixão, de regras e de valores e isso também me liga ao Alentejo. Tenho duas filhas e gostava que elas, no futuro, ouvissem falar menos de corrupção e de problemas e mais de valores no desporto."
-"Foi com 'Grândola Vila Morena' que se deu o início ao 25 de Abril, ganhámos a liberdade que se tornou em libertinagem e o estar à-vontade que se transformou em estar à vontadinha. É contra isso que eu combato. Vi muita gente contente com o que nos aconteceu com o CSKA, mas era bom que falássemos a uma só voz no futebol, embora a minha seja mais rouca."
-"Orgulho-me de ser presidente de um clube com 3,5 milhões de adeptos só em Portugal, 130 mil sócios todos vivos e, realmente ,109 anos de existência".
-"Temos um dos melhores treinadores do mundo, senão o melhor do mundo."
Ora aqui está a resposta àqueles que muito têm criticado JJ por ter alinhado com aquele onze na Albânia. Eu sei que é difícil de engolir a derrota mas ele também preferia ter vencido. 
Claro que ele é o principal responsável mas foi ele que não quis correr e rematar á baliza? Não, pois não?
Bruno de Carvalho voltou a falar bem mas o problema é que as pessoas não querem saber e não querem ouvir o que fazem de mal. É de facto um mal da nossa sociedade que tem regredido em vez de progredir. Cada vez estamos mais egoístas, menos solidários, menos cumpridores das leis(pelo menos no transito) , existe menos respeito e sobretudo menos tolerância á classe politica que se compreende.
No desporto que é o que vem ao caso estamos mais profissionais mas continua a valer tudo menos tirar olhos. São os jogos na TV, é o horário dos jogos, são as tácticas e acordos para se jogar neste estádio e não no outro, andámos décadas sem ter uma lei dos emprestados, são os cargos de poder e mudanças da Liga para a FPF, são os apitos dourados, as escutas do apito vermelho, as prendas aos árbitros, os telefonemas a pedir este ou aquele favor, são os castigos por tudo e por nada mas só para uns, enfim é toda uma podridão e parcialidade que por aqui existe e que vai ficar por muito tempo. 
Perante isto acredito que as pessoas pensem que se não os vencem que o melhor será juntar-se a eles mas sinceramente espero que BdC seja igual a si próprio.
Mas disso não devemos duvidar!
Primeiro que tudo há que organizar o nosso Clube e depois sim partir á conquista de outros territórios. Parece-nos que a primeira tarefa está realizada mas falta ainda muita pedra para partir. É que quando temos adeptos e sites que primam pela constante critica ao nosso presidente e ao nosso Clube é porque existe trabalho a fazer e mais alguém que precisa de abrir os olhos. 
Depois fora do Clube há toda uma guerra por travar pois o poder não tem que estar neste ou naquele Clube e sim ser imparcial, profissional e competente. No entanto estes poderes do nosso futebol funcionam como feudos próprios e defendem os seus donos.
No fim há que destacar que o nosso Clube é assente em alicerces verdadeiros , que não se enganam os próprios adeptos com número de sócios falsos nem se tenta enganar meio Mundo dizendo que são não sei quantos milhões de adeptos!!
Nós somos um Clube verdadeiro que tem o que tem e que vai fazer de tudo para que seja maior mas não vale tudo. Enquanto que outros........

Sem comentários :