quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Jornada Europa(2ª): LEÃO desperdiçador(1-1).


O Sporting partiu para Istambul sabendo que tinha perdido o 1º jogo e que pelo menos não deveria perder este pois não queríamos ficar arredados da qualificação para a 2ª fase da liga Europa. Foi o que aconteceu. Empatámos 1-1 mas com muito golo desperdiçado.
Pois bem , Jorge Jesus, que tinha avisado que a prioridade é o campeonato fez, de facto, muitas mudanças na equipa e em todos os sectores. Mas de inicio jogaram: Rui Patrício, João Pereira, Tobias Figueiredo, Naldo, Jonathan Silva, William Carvalho , Aquilani, Mané, Matheus Pereira , Bryan Ruiz e Teo Gutiérrez.
Pode-se dizer que certos jogadores jogaram nas suas posições e mostraram logo outro rendimento. Mas a surpresa foi mesmo a titularidade de Matheus Pereira que fez um bom jogo.
A nossa equipa entrou melhor , com a posse de bola habitual só desta feita o meio campo formado por Aquilani, William e Bryan Ruiz começou a dar show mal tocaram na bola. E aquelas jogadas de enrola nem vê-las. Onde andou este Sporting escondido estas ultimas jornadas?
O nosso 1º remate até foi de Matheus Pereira mas saiu á figura do guarda-redes do Besiktas. 
As bolas eram trocadas e quando chegavam aos pés de Bryan Ruiz eram o ver se te avias. 
Aos 11´ Bryan dribla dois adversários e cruza na perfeição isolando Teo que consegue acertar no guarda-redes. Era o prenuncio do golo que iria surgir numa grande jogada dos Leões. 
Jogada de pé para pé com excelentes tabelas e Matheus Pereira a cruzar para a área mas que no entanto ninguém lhe tocou. No oposto da área adversária estava Ruiz que rematou e beneficiando de um ressalto inaugurou o marcador. 
Era merecido o golo e o Sporting era uma equipa compacta a defender e a atacar. Mostrava muita segurança na troca de bola e sempre que podia partia em contra-golpes perigosos. 
O Besiktas por Tore, Quaresma e Gomez ameaçavam mas nunca o foi com aquele perigo. Ao invés em 3 ocasiões poderíamos ter dilatado o marcador. Duas delas por Ruiz que errou o alvo e na outra por Teo que rematou fraco e á figura. 
Chegou o intervalo com o resultado de 0-1 para o Sporting. Justo!!
Na 2ª parte começamos melhor e poderíamos ter marcado se não fosse mais um falhanço de Teo Gutiérrez. Mané assumiu uma transição rápida e assistiu o colombiano que só na cara do golo permitiu a defesa do guarda-redes do Besiktas. Impressionante o desperdício de Teo!
Depois , não bastando os falhanços de Teo ainda tirou Matheus Pereira e colocou Adrien. Até aqui nada de mal só que o problema foi ter mudado Ruiz para a ala. Foi a partir de aqui  que o Sporting começou a afundar-se. 
O Besiktas começou a crescer e a ameaçar a baliza de Rui Patrício e com tanto golo falhado só cá faltava o golo.....sofrido! Nem mais. Quem não marca não sofre e foi precisamente isso que aconteceu na única jogada de perigo do adversário até então. 
Tore foi o marcador. 
Ficou a pairar no ar mais uma vitória moral do Sporting mas a equipa não esmoreceu e continuou a pressionar só que já não era com a mesma segurança. O adversário era muito mais perigoso e por uma ou outra situação poderia ter marcado. 
Como castigo , aos 70´saiu Teo e entrou Slimani mas este para além de pressionar já não conseguiu fazer nada. Ainda esboçámos um ataque por Bryan mas este dentro da área não conseguiu endereçar a bola a ninguém. Mais tarde tirou Aquilani e colocou Gelson que ocupou o seu lugar na direita do nosso ataque. Adrien recuou para o lado de William e Bryan voltou para 2º avançado de onde nunca deveria ter saído pois foi ele que pautou o nosso jogo e que desequilibrava.
Quanto a Gelson entrou trapalhão e em vez de cruzar enrola a bola e depois perde-a. Nos 90´ mais uma oportunidade desperdiçada pelo menino Gelson. Incrível como que só podendo empurrar a bola nem se consegue acertar nela!
Enfim.......chegou o fim e o empate não é o resultado mais justo mas isto é futebol! 
O melhor jogador do Sporting foi sem dúvida , Bryan Ruiz. É curioso que quando o tirou do centro do ataque e foi para ala desapareceu do jogo. Que tal com o V. Guimarães jogar atrás do Slimani? 
Sorte no golo mas fez por merecê-lo. Boa Bryan.

Sem comentários :