segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Ambição de querer sempre mais e os destaques individuais.


Aqui há uns dias , Amorsporting , focava alguns aspectos do nosso mister que sendo muito exigente puxava pela equipa (LINK) e que as suas palavras têm sempre um objectivo.
As suas declarações de ontem, no final da partida , relativas á equipa ter ficado contente com os 5 golos marcados mas ele ......não, são sintomáticas disso mesmo: "A equipa pensou que já chegava, mas eu não."
Eis aqui um grau elevado de exigência que muitos não percebem e que outros preferem pensam de outra forma. Jorge Jesus é super exigente! 
Eu penso que assim se trabalha sempre em prol de um próximo objectivo e com ganas de o obter. Da mesma forma não se deixam amolecer os jogadores ao pensar que está tudo ganho. Nada disso!
O trabalho é o segredo das vitórias e a equipa tem trabalhado para isso. 
No entanto , o nosso mister ficou contente com a equipa e com esta vitória!
Outro factor que demonstra a exigência de JJ foi o golo sofrido. 
No entender do mister o golo sofrido foi obtido através de uma falta de concentração. O Vitória já tinha ameaçado e conseguiu mesmo marcar através de um pontapé de canto onde ficou um homem sozinho ao 2º poste. Isto não pode acontecer!! Uma equipa não pode relaxar!!
-"Foi pena isso ter sucedido. A equipa pensou que já chegava, mas eu não. Não pode ser. É necessária a tal mentalidade de campeão, o que se está a incutir. O recorde é de 6 golos e eu senti que podíamos fazer mais e por isso pedi-o aos jogadores. Eles ficaram satisfeitos, eu não."
-"Esperava mais dificuldades mas, mesmo aí, foi mérito do Sporting. Na 1.ª parte tivemos muita qualidade e uma dinâmica muito forte nos corredores, por isso os golos apareceram com normalidade. Na 2.ª metade era importante fazermos o 3-0, o que acabou por suceder, e aí o nosso adversário acabou em termos emocionais e tácticos. Neste jogo, o Sporting foi mais objectivo, acabando mesmo por concretizar praticamente todas as oportunidades".
Se não bastasse individualizou algumas prestações em termos individuais:

  • William:"Aos poucos está a atingir a sua forma e intensidade. O William é acima da média, de elite, joga muito melhor que isto. Tem grande qualidade mesmo quando não está bem."
  • Teo: "Para ele era importante, depois de várias oportunidades falhadas. Mas esse era o caminho, um sinal, por isso coloquei-o a jogar. É bom que as duplas tenham estes comportamentos."
  • João Mário: "O João Mário jogou muito bem ali, não é um lugar desconhecido para ele, até da selecção sub-21. Sabia que era um jogador já adaptado àquela posição. Mantê-lo ali? Cada jogo tem a sua história. Achei que o Sérgio pensasse que ia meter um ala, Gelson ou Mané. Tentei dar mais espaço até ao próprio Esgaio, mas não foi só esse o motivo. O João segura muito bem, faz equilíbrios quando a equipa não tem bola... As coisas saíram bem. O nosso lado direito esteve muito forte na primeira parte."
Se repararem, JJ nem uma palavra diz sobre o hattrick de Slimani. E porquê? Porque o jogador não precisa. Provavelmente quem precisava era de quem ele falou: William que regressa de uma lesão e que acaba de realizar dois jogos completos em poucos dias; João Mário porque talvez estivesse a precisar de uma injecção de moral e de Teo Gutiérrez porque tem sido muito criticado pelos seus golos falhados.
Existem treinadores que não individualizam as prestações dos seus atletas mas JJ faz precisamente o contrário. Nunca rebaixa um jogador e muito bem e quando o quer moralizar e envolver os adeptos nesse assunto destaca-o publicamente. 
Claro que não esquece a equipa: "Foi um bom jogo. A equipa teve momentos muito bons.  Os golos foram tornando as coisas mais fáceis."
É esta a forma de JJ moralizar os seus atletas e de envolver a massa associativa neste "jogo". Ele explica o que fez e porque o fez. Não abre totalmente o "livro" e até penso que por vezes o abre demais. Claro que um adversário não sabe o que ele fará mas já tem exemplos de outros jogos do Sporting. 
Estes são mais uns pormenores de um jogo que não chega dar "chutos" na bola! cada vez mais o futebol tem muitos extras!
Quanto ao Derby....... ainda é cedo mas o objectivo é o mesmo: "Temos vários jogadores nas selecções e o Benfica também. O importante é tentar neste período recuperar Ewerton e Bruno Paulista. A paragem tem aspectos negativos e positivos. O Sporting está com um início de época muito bom, vencemos o primeiro titulo, estamos em primeiro e vamos ver se temos capacidade – acredito que sim – para andarmos sempre perto dos primeiros lugares, que é esse o objectivo."

Sem comentários :