domingo, 13 de setembro de 2015

Jornada do LEÃO(4ª): Sporting vence Rio Ave por, 1-2.


O Sporting deslocou-se a Vila do Conde para defrontar o Rio Ave e o resultado foi mais uma vitoria, desta vez pela vantagem mínima(1-2). Esta vitória pode ser muito importante pois para a semana temos Clássico FC Porto-Benfica e podemos lucrar com esse jogo. Para já , seguimos na frente com os mesmos pontos que os portistas.
Jorge Jesus fez duas alterações na equipa: nomeadamente, Ruiz recuperou o seu lugar e Aquilani surgiu no miolo junto a João Mário. Depois, Ricardo Esgaio continuou na 1ª equipa deixando João Mário de fora. O onze foi o seguinte: Rui Patrício, Esgaio, P. Oliveira, Naldo, Jefferson, Adrien, Aquilani, Carrillo, Ruiz, Teo e Slimani.
A partida começou da melhor forma pois pressionando o Rio Ave e obrigando a jogar para trás recuperávamos mais bola e sabíamos tê-la na nossa posse. Nessa pressão deu o nosso 1º golo obtido de grande penalidade por Adrien. 
Ao 10º minuto, Wakaso colocou a mão na bola , dentro da área adversária e Adrien, apontado por JJ para marcar, não falhou e colocou o Sporting na frente do marcador.
A nossa equipa mostrava-se mais perigosa sobretudo pelo nosso lado direito onde Carrillo e Esgaio tinham mais propensão ofensiva. No entanto o Rio Ave equilibrou a partida mas foi o Sporting a conseguir ampliar a contagem por Slimani. 
Jogada de insistência da nossa equipa que ao cruzamento da esquerda Cássio falhou a intersecção da bola e perante o ressalto, o argelino, não perdoou.  Estavam decorridos 39 minutos de jogo.
Pode-se dizer que este golo foi um pouco contra a corrente mas fomos tremendamente eficazes e Slimani mereceu inteiramente este golo. 
O Rio Ave que tinha ameaçado mais pelo nosso lado direito pois Carrillo apoia pouco a defesa não iria desistir..
E assim foi. Na 2ª parte o jogo começou a ser de verde e branco mas o Sporting jogava de preto. Muito menos posse de bola, mais passes errados e muitos lances de perigo para Rui Patrício, inclusive com uma bola a bater no poste da nossa baliza.
Foi então que JJ mexeu na equipa mas no meu entender foi muito tarde. João Mário entrou por Bryan Ruiz e ganhámos mais bola e mais lances no meio campo mas não acabámos com o perigo para a nossa baliza. 
E foi numa desatenção de João Mário e Adrien num lance que já ninguém esperaria nada de perigo que o Rio Ave reduziu a vantagem. Paulo Oliveira aliviou mal a bola dentro da nossa área, Adrien e João Mário ficaram a olhar para a bola e não a cortaram, Kayembe conseguiu recuperar a bola e colocá-la na cabeça de Yazalde que não perdoou na cara de Rui Patrício.
O Rio Ave arrebitou e acreditou mas Mané entrava para o lugar de Teo Gutiérrez e o jogo mudou nesse instante. Mas que entrada do nosso atacante. Levou a bola para a frente várias vezes , ficou com a bola no pé e trocava-a com a equipa e criou ocasiões de golo. No entanto Slimani continuava a ser o melhor do Sporting pois era um autêntico Leão em campo. Era ele que dava profundidade ao nosso jogo. Era ele que ganhava as bolas e fazia jogar o nosso sector atacante. Foi ele que começou muitos contra-ataques e ainda poderia ter marcado mais golos.
E foi assim que o jogo terminou com o Sporting em cima dos vila condenses. Cássio recusou o golo leonino por diversas vezes.
Vitória justa de um Sporting algo nervoso mas não o suficiente para termos resultado negativo. Muito trabalho em Vila do Conde mas os nossos jogadores fizeram para merecer a vitória.
O Sporting venceu uma partida num campo tradicionalmente difícil e onde os outros passarão dificuldades. Importante vitória antes de um clássico que nos poderá ser ....útil.
Seguimos lá bem na frente!

Sem comentários :