quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Guilherme Pinheiro, Franco Cervi e "A pequena aldeia do futebol".


O Director do Jornal "Record", António Magalhães, escolheu para titulo do seu habitual artigo (Entrada em Campo) "A pequena aldeia do futebol". 
O futebol, como podemos ler e ver pelas noticias que dão o argentino Cervi a caminho da Luz, começa mesmo a "meter muito nojo" e é melhor colocarmos uma mão sobre isto porque corremos o risco de qualquer dia andarmos a dizer que no desporto Rei "vale tudo menos tirar olhos".
António Magalhães debruçou-se sobre o tema e com toda a razão afirma que para os 3 grandes já não haverá segredos , pelo menos nestes mercados. 
Umas páginas antes e no mesmo Diário são explicada as razões para o Sporting não ter conseguido ficar com o jogador e , aparentemente, Guilherme Pinheiro , Administrador do nosso Clube , está em apuros. Isto tudo porque , o nosso administrador aconselhou-se mal com um advogado argentino que não lhe deu as informações todas , sobre os impostos a pagar naquele país e ainda, depois , foi oferecer o jogador ao Benfica já com as condições todas exigidas pela lei argentina. 
A história é explicada tintin por tintin e se for verdade é de lamentar que um nosso Administrador não se tenha revelado á altura dos acontecimentos(atenção que isto ainda carece de confirmação e é melhor não tirarmos conclusões precipitadas).
Onde eu quero chegar é ao ponto de este srº advogado argentino ter, supostamente, enganado o nosso Administrador e ter ido oferecer de bandeja o jogador Franco Cervi ao nosso rival. 
Infelizmente , o futebol também é isto-tentar enganar uns aos outros! 
E estas pessoas podem andar a fazer trafulhices a vida toda e o futebol deixa? 
Quem escolheu este advogado para nos aconselhar? 
E foi a 1ª vez? 
Que tal denunciar o seu nome para que os Clubes não possam ter a sua confiança para mais trabalhos(A não ser o Benfica, claro)?
Bem , o que me parece é que temos que estar preparados para esta gentalha que anda ao cimo da Terra a extorquir , a enganar, a usurpar, a roubar, etc, etc, os outros. Não será "se não os vences junta-te a eles" porque seria muito mau se todos fizéssemos isso mas sim ter mais , mas muito mais cuidado com quem realizamos negócios ou com quem nos aconselhamos. Talvez ,aprendamos a lição e dás próximas ocasiões possamos ter alguém mais habilitado/preparado para realizar estes negócios.
Sabendo já do que a casa gasta (agora refiro-me ao nosso presidente), Bruno de Carvalho deve estar fulo com ele próprio por ter confiado em outro Administrador a tarefa de contratar este jogador. Talvez , se fosse ele próprio a tratar do negócio o jogador já estaria em Lisboa para assinar pelo Sporting!! Também não sabemos mas era o mais certo!
Acontece que todos temos que delegar algumas tarefas mas esta , supostamente, não a poderá fazer! É um concelho de amigo pois arriscamo-nos a ter que ficar mais uma vez pelo caminho , isto em matéria de contratações. A hipótese é encontrar  a pessoa certa para o efeito.
Neste aspecto talvez tenha que dar razão a alguns "sitios" que criticavam o demasiado tempo para concretizar uma contratação! Talvez agora se perceba de onde vem esse problema e tanto me dá que seja o Administrador do SCP o culpado como outro problema. O que realmente interessa é saber de onde vem esse problema e mudar para que não o repitamos.
Estamos em guerra e não podemos ser incompetentes nem relaxados com nada pois do outro lado está um inimigo muito ardiloso e matreiro. Como se pode constatar aproveitarão todas as hipóteses de nos passarem a perna. Negócios é com eles pois nós já sabemos que o nosso inimigo domina muitas áreas de negócios. Pode-se dizer que o carro do Benfica tem PNEUS para andar. 
Sobre esta matéria , há dias , vi uma tarja espectacular que era para publicar mas esperei por melhor momento. Aqui vai ela:

Quem vai á guerra, dá e leva. É esse o lema neste momento do futebol português e nós temos que estar alerta para todos os pormenores que nos possam minar a vida e que nos possam desestabilizar. Para isso , JJ, mais uma vez tem razão pois é importantíssimo ter duas grandes equipas: uma no relvado e outra POR FORA, a apoiar-nos.
É a tal estrutura forte que temos que construir e que melhor do que Octávio Machado para coordenar todo esse processo. Agora percebem porquê ?
E António Magalhães refere-se e muito bem á selvajaria de que se tornou a busca do "ouro" ao "melhor estilo dos garimpeiros". Já não existem segredos e os mercados têm que ser bem palmilhados mas as transferências têm que ser bem mais rápidas e eficientes. 
É certo que o rival não comprará todos os jogadores que nós queiramos mas andam mortinhos para isso. Se assim for será ruinoso mas da vida encarnada saberão os seus associados. Ou não saberão??
Consequências:
Ninguém pode negar que é estranho demorarmos tanto tempo para fecharmos contratações. Mas não sabemos se será culpa de Guilherme Pinheiro e se foi ele que negociou todas estas negociações. Não devemos ser injustos do que não sabemos em concreto. 
É de facto....uma realidade e aconteceu várias vezes esta temporada mas não temos todas as informações e provavelmente não foi Guilherme pinheiro a tentar contratar todos os jogadores de que se falou. 
Também é um facto de que alguns destes jogadores foram parar aos rivais o que nos deixa a pensar. Sabemos que os adversários são matreiros e farão de tudo para nos enganarem e passarem á frente mas mesmo assim continuamos a sr enganados! Porquê? Por cá também existem advogados como o argentino? É bem possível! Então , mais uma vez digo: cuidado com quem te metes, Sporting!! 

Sem comentários :