sábado, 12 de setembro de 2015

Equipa B vence mas essa não é a principal vitória!!


A nossa equipa B venceu o Oriental por números expressivos. Um 0-4 não é para todos os dias!
Com um plantel mais organizado que o do ano anterior o Sporting B começa a dar o "ar da sua graça". 
João de Deus continuou como treinador principal (e muito bem) e a equipa nota-se que está melhor de dia para dia. 
Não será fácil ser treinador de uma equipa B pois significa não ter os melhores á sua disposição e no caso do Sporting, significa ter é jogadores para formar. De facto já tinha abordado a questão mas muito ao de leve. O Sporting B pede uma exigência brutal.
O plantel tem que ser muito bem pensado, elaborado e depois ter quem aplicar o projecto correctamente. João de Deus tem interpretado esse papel muito bem!
Á partida uma equipa B de um Clube grande tem uma boa equipa pois as camadas jovens são o garante dessa qualidade. Muitos dos jovens dos Juniores do Sporting já jogam na nossa equipa secundária. Isso é que é formar jogadores sem pressa, com qualidade e com as condições certas para que possam evoluir bem. Só elementos muito bons como Gelson Martins poderão subir rapidamente á nossa equipa principal. Lembram-se de Figo e de Cristiano Ronaldo? Quando subiram e os colocaram a jogar nunca mais saíram do lugar. Ronaldo ainda dividia o tempo com Quaresma mas a sua qualidade era inigualável. 
O 4º lugar na classificação da II Liga já não nos surpreende mas não é esse o nosso objectivo. O objectivo da nossa equipa B é formar jogadores e homens para poderem chegar , um dia, á equipa principal. 
Claro que o treino, o ensinamento, a cartilha, a formação, é para se obter , sempre, a vitória mas mesmo que ela não chegue aprendeu-se uma lição. São essas lições , esse ritmo de jogo, a competição, a experiência que contam e são o mais importante para uma equipa de formação. 
Chegar ao intervalo a vencer por 0-2 e aproveitar para rodar jogadores é formação!!
As dúvidas que me assolam é o sistema táctico da nossa equipa B!! Sendo que JJ prefere um 4-4-2 porque é que a nossa equipa B continua a jogar em 4-3-3? O Benfica B também jogava no mesmo sistema táctico quando JJ treinava os Lampiões!!
Prefere o Sporting seguir como linha da sua formação a aplicação do 4-3-3 mesmo com a sua equipa principal em 4-4-2 ou será para os jogadores terem outra táctica para aprenderem e depois mais tarde aprenderem o sistema táctico principal? 
A minha ideia é a 1ª hipótese dada mas haverá algo de 2ª hipótese. É óbvio que é importante para um jogador aprender mais que uma táctica mas também é importante um Clube ter a sua ideia e não mudar tudo conforme diz o treinador/coordenador principal. Se viesse um italiano treinar o Sporting a nossa formação também teria que mudar para 3-5-2? Claro que não !!
O treinador principal saberá tirar o melhor que a equipa B tiver para lhe tirarem. O mais recente exemplo será Matheus Pereira! 
Espero que esta subida de rendimento e aos treinos da equipa principal não sejam questões contratuais mas sim por mérito. O jogador tem uma enorme margem de progressão mas as coisas têm que ser por mérito. Acredito que sim é pois não tenho ideia de que Bruno de Carvalho tenha ido no engodo na altura da renovação de Matheus Pereira. 
Este é o próximo jogador da nossa formação a dar o salto para a alta roda do futebol nacional. Curiosamente é um extremo-a mesma posição que André Carrillo. Não quero acreditar no pior mas que é suspeito é!
O jogador deverá merecer , pelo menos, as duas semanas de treinos com o plantel principal mas não significa que por lá ficará. No entanto sei que será o próximo a dar o salto. 
E esta é a maior esperança que um treinador de uma equipa B poderá ter. O seu maior troféu é formar jogadores que o treinador principal deseje para a equipa A.
Como eu já tinha dito, foi preciso uma grande arrumação na equipa B e nos jogadores excedentários que o nosso Clube apresentava. Muitos já não apresentavam grandes esperanças a nível de futuro e outros precisavam de jogar noutras realidades para se ver, ainda, a sua capacidade de evolução, ou não!
O plantel da nossa equipa B não pode ter lugares tapados por jogadores acomodados. Isso negaria o possível aparecimento de outro jogador que poderia subir dos nossos juniores. Daí a saída de Nuno Reis e a subida de Domingos Duarte que boas indicações tem dado. Daí Chaby não ter ficado na equipa-taparia a ascensão de Francisco Geraldes e de Ryan Gauld. Daí Iuri Medeiros não ter ficado na equipa de João de Deus-Taparia o lugar a qualquer um dos extremos que habitam na equipa B.
Como podem ver , precisamos de espaço livre para outro rebento possa nascer e esse trabalho foi feito o que contrasta com o inicio da nossa época passada. 
A equipa B, em 2014/2015 estava cheia de jogadores e foi muito difícil ter uma equipa assim-super lotada. Pois bem, João de Deus chegou em Janeiro(+-) , limpou a equipa e os jogadores começaram a render pois tinham mais espaço e outros puderam jogar. É como ter qualidade mas arrumada a um canto.
Agora percebem porque a nossa equipa B parece estar mais solta, mais experiente, mais alegre, mais livre? Os resultados estão aí á porta mas atenção: não significa que fiquemos nos primeiros lugares da II Liga e nem é esse o nosso principal objectivo.
Bravo Sporting.

Sem comentários :