sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Elio Casareto: "Com respeito podemos conversar".


O agente/representante/empresário de Carrillo, o senhor Elio Casareto, falou com um adepto leonino , no Twitter e admitiu retomar as negociações com o nosso Clube desde que esteja garantido "respeito entre as partes".
-"Num ambiente de respeito mútuo, nós estamos sempre disponíveis para conversar", afirmou Elio Casareto. 
Amorsporting encontrou este artigo que passa a transcrever, na íntegra:

"Agente de Carrillo pede respeito

O empresário de André Carrillo quebrou o silêncio. Em conversa com um adepto do Sporting, através do Twitter, Elio Casareto admitiu retomar as negociações com vista à renovação, desde que possa estar garantido um clima de respeito entre as partes. ""Num ambiente de respeito mútuo, nós estamos sempre disponíveis para conversar", disse o empresário do peruano, na conclusão de uma troca de impressões com um adepto leonino. Recorde-se que a ausência de resposta por parte de Carrillo e o seu agente à última proposta efetuada pelos leões, deixou os responsáveis leoninos apreensivos.Porém, o diálogo alimentado por Casareto teve início quando o agente foi confrontado com o facto de ter feito referência a um artigo a propósito da situação de Carrillo, assinado por João Leal Amado, um jurista conhecido pelas ligações ao FC Porto (em processos como o de Hulk e Sapunaru) e por ter dado um parecer favorável a Bruma no litígio que decorreu na Comissão Arbitral Paritária (e que o Sporting acabou por ganhar). "A tua preocupação devia ser outra. Num ambiente de respeito mútuo, as coisas podem sempre falar-se", retorquiu Casareto, antes de referir que se João Leal Amado "fez o mesmo com Bruma" é porque "talvez os casos sejam parecidos". "Mas não posso opinar, porque não conheço o caso de Bruma."Casareto foi confrontado com a derrota de Bruma em tribunal, e sublinhou . "Então, o caso não é nada parecido. Ninguém pretende ir para tribunal. O respeito é maior do que qualquer pessoa ou instituição. Estou sempre disponível para discutir com respeito", disse.Sporting continua à espera de respostaNa última conversa – há onze dias – que teve com Carrillo e o seu empresário, Bruno de Carvalho apresentou uma proposta que, de acordo com os indicadores da negociação, deveria satisfazer o peruano. Desde então, o presidente do Sporting aguarda por uma resposta concreta em relação aos números apresentados. Existe entre os leões um sentimento de desconfiança face a este silêncio de Carrillo, sendo inclusivamente referido que "não está de boa fé" na negociação. A ideia de que uma terceira parte está na jogada, já é mais do que uma suspeita."Não é justo que se crie esta onda"No diálogo com o adepto sportinguista no Twitter, Elio Casareto não deixou de agradecer a oportunidade de comentar o tema Carrillo "com respeito". "É essa a imagem que eu tenho das pessoas que apoiam o Sporting", elogiou o empresário. Antes, e invocando sempre conhecimento que diz ter do clube, Casareto já tinha partilhado um desabafo, sobre a forma como La Culebra tem sido criticado. "Conheço muito bem o Sporting e os seus adeptos. São 4 anos cá. Não me parece justo que se crie uma onda contra um bom profissional", concluiu."Nunca dei uma entrevista"Acusado de exercer pressão através dos media e de ter ‘plantado’ uma notícia polémica no ‘Ovación’, do Peru, Elio Casareto defende-se. "Isso é o que tentam fazer crer", argumenta. "Nas últimas semanas, não fiz qualquer declaração e nunca dei uma entrevista. Se leres a imprensa, falam em coisas como comissões e acordos com outros clubes. De onde achas que saem essas notícias? Por exemplo, que André Carrillo está desiludido. De onde sai, se nós não falamos?", questionou, em conversa com o adepto sportinguista, Bhavin Khimji, no Twitter."(LINK)

Sem comentários :