sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Assembleia Geral da SAD e o salário do presidente


Está marcada mais uma Assembleia Geral da SAD do Sporting(LINK) para o dia 30 de Setembro deste ano.
Nesta , o Conselho de Administração da Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD, vem propor à Assembleia Geral da Sociedade alguns pontos constantes na ordem de trabalhos:
  1. Aprovação do Relatório de Gestão e as contas relativos ao exercício findo em 30 de Junho de 2015, conforme submetidos a apreciação e deliberação da Assembleia.
  2. Aprovação da proposta de aplicação de resultados constante do seu Relatório de Gestão, a saber, que o resultado líquido positivo de Euros 19.332.613,99 seja transferido para resultados transitados.
  3. Aprovação de um voto de confiança à Administração da Sociedade e a cada um dos seus membros, ao Conselho Fiscal e à Sociedade de Revisores de Oficiais de Contas.
  4. Aprovação da seguinte declaração sobre a política de remunerações dos titulares dos órgãos sociais da Sociedade. Remuneração á Sociedade de Revisores Oficiais de Contas e aos membros executivos do Conselho de Administração:
· Para o Presidente do Conselho de Administração - 10.500€ (dez mil e quinhentos euros), sujeito
aos descontos legais.
· Para os demais membros executivos do Conselho de Administração - 7.000€ (sete mil euros),
sujeito aos descontos legais.

Nota: Adicionalmente, os membros executivos do Conselho de Administração poderão auferir remuneração variável, em forma de prémios progressivos, crescentes em função da dificuldade dos objetivos e, se aplicável, proporcionais ao rendimento obtido pela Sociedade com a conquista desses mesmos objetivos, em virtude dos resultados obtidos pela equipa profissional de futebol ("Equipa A"). Esses prémios não deverão exceder os prémios atribuídos, no protocolo de prémios aplicável, a cada um dos Jogadores, Direção do futebol e treinadores da Equipa A, com os limites seguintes:
-O protocolo de prémios deverá receber, em cada época e desde que os prémios dele constantes sejam superiores aos prémios constantes do protocolo referente à época anterior, o parecer favorável prévio desta Comissão no tocante aos prémios a atribuir à Administração.
-O cálculo e processamento dos prémios referidos nos números anteriores aos membros do Conselho de Administração da Sporting SAD estão condicionados ao cumprimento dos objetivos financeiros do Acordo Quadro de Reestruturação Financeira outorgado entre a Sporting SAD e as Instituições Bancárias aos 14.11.2014, bem como das regras de Fair Play Financeiro da UEFA.
-A situação poderá ser revista, no presente exercício ou nos futuros exercícios, em função dos resultados, desportivos e financeiros, que vierem a ser obtidos.
-A presente política assenta no pressuposto de que os administradores remunerados não auferem remuneração pelo exercício de cargos sociais, ou a qualquer outro título, no Sporting Clube de Portugal, ou em quaisquer outras sociedades do Grupo.
-Na eventualidade de qualquer dos administradores remunerados vir a auferir remuneração pelo exercício de cargos sociais, ou a qualquer outro título, no Sporting Clube de Portugal ou em quaisquer outras sociedades do Grupo, deverá a Comissão de Acionistas ser imediatamente informada, para que possa adequar a presente política de remunerações.

    5. Aprovação da propositura de acção ou acções de responsabilidade pela Sporting SAD contra os ex-administradores da mesma que exerceram funções no período compreendido entre Outubro de 2005 e Março de 2013, pelos danos causados à Sociedade nos seguintes termos: Filipe Soares Franco, José Eduardo Bettencourt e Luiz Filipe Godinho Lopes.

Conclusão: 
Esta questão do salário está a levantar alguma celeuma mas Amorsporting vai mais uma vez dar a sua sincera opinião sobre o caso.
O Sporting acaba de realizar um exercício económico histórico. Se as contas continuarem nesta onda fabulosa de lucros e de ainda conseguirmos pagar as nossas contas Amorsporting não vê porque não aumentar os salários de quem tem prestado um serviço extraordinário ao Clube.
Desta vez , sabemos que quem vai ser aumentado merece por inteiro esses salários. 
Muitos de nós podemos dizer que 10.000€ é muito dinheiro! E eu concordo! Também gostava de os receber. Mas acontece que temos que analisar o tempo que o nosso presidente e outros Administradores passam ao serviço do Sporting.
-O nosso presidente merece auferir esses 10.000€! O homem defende o Clube como mais ninguém o fez/faz!
-Bruno de Carvalho dá ao nosso Clube o que todos nós desejávamos. Muito tempo dentro do Clube, atento a todas as noticias e a sua família sai prejudicada. Muitos de nós não o fazíamos.
-O presidente endireitou o Clube, as contas e ainda aumentou o nível de exigência das nossas equipas todas.
-Voltámos á conquista de troféus e estamos a cada ano que passa a crescer e a ficar bem maiores.
-devolveu-nos a auto-estima que se tinha perdido.
-Não há ninguém que fale pelo Sporting e ninguém que mande em nós.
-Concretizou a reestruturação financeira.
Se existe alguém que merece este salário é este homem!!
Também gostava de deixar uma palavra de apreço a todos os Orgãos Sociais do Clube que fazem um trabalho fenomenal pelo Sporting. Merecem tudo pelo que estão a fazer!
O nosso Sporting vai ser ENORME com esta qualidade de trabalho mas há coisas que só iremos ver daqui a uns anos. Esse grau de exigência de que tanto se fala precisa de estar enraizado para que dia a dia os atletas saiam para o campo e já seja um valor que está interiorizado.
Outro pormenor é a nossa estrutura. Esta estrutura demora uns anos a compor-se e a ajeitar-se no campo. Jorge Jesus, Octávio Machado, Manuel Fernandes acabam de chegar e irão dar um contributo enorme para que ela cresça mais rápido.
Portanto há muito trabalho para fazer e agarrado a este crescimento vêem os títulos.
10.000€? Inteiramente merecido!!

4 comentários :

CARLOS GOMES disse...

Se efetivamente o que aconteceu com Cervi foi obra de Pinheiro, então ele não merece 7.000€, merece mais mas pago pelo benfica, claro.

Rui Cerdeira Fernandes disse...

Penso que a culpa não terá sido só dele pois o tal advogado argentino passou-lhe a perna. O que realmente não pode acontecer é confiar em pessoas de que não conhecemos e não estarmos preparados.
O que me parece nesta história é que Guilherme Pinheiro terá confiado neste advogado mas não podemos ir para um negócio sem saber quais as leis que regem esse país e estarmos entregues a alguém que depois nos passa a perna. Quantos mais intermediários pior e o SCP foi mais uma vez enganado.
Não estamos em tempo de falinhas mansas nem em confianças pois muita gentalha usa esses meandros e outros estão á espreita.

CARLOS GOMES disse...

Quem quer vai, quem não quer delega, manda fax, fala no SKYPE,no telemóvel etc.Já é mais que tempo para o Sporting ter alguém altamente especializado que se desloque ao local fale com as pessoas e rapidamente efectue ou não o negócio, existe muito amadorismo e estamos a falar de uma SAD.

Rui Cerdeira Fernandes disse...

Não digo que o Carlos não tenha razão pois trata-se de uma SAD e pede-se alto profissionalismo. Se for mesmo má preparação terá que ser substituído ou então dar o pelouro a outro capaz. Resta saber se é de facto como se diz.