sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Os "Mind Games" de Jorge Jesus.


Jorge Jesus deu uma entrevista á RTP Informação e não teve "papas na língua" começando os seus Mind Games, que fazem parte do jogo. Pode-se dizer que a Supertaça já começou. O futebol já não é , só, dentro do campo e muito se joga fora dele. 
Esta época temos a "guerra" da troca de Clube de Jorge Jesus mas não chega. Tem que haver picante na história de um Derby. Neste caso já está bastante picante. As relações estão cortadas, JJ trocou de Clube, agora o Benfica foi buscar o Mitroglou, há jogadores que interessam tanto a um como a outro, etc, etc. Basta dizer que é um Derby!!
Mas , esta entrevista de JJ vai mexer com o Benfica. É que JJ afirmou que nada tinha mudado desde que ele saiu dos Lampiões. Bem.......até parece deselegante mas penso que já é os seus jogos mentais em acção.  
-"Eu sou um, a equipa são onze. Nos últimos dois, o Benfica, de oito títulos, ganhou sete. A vantagem está no detentor do título, de uma equipa que tem uma ideia de jogo que mantém. Nada foi mudado. As ideias que estão lá são todas minhas. Nada mudou, zero. Eu cheguei ao Sporting e mudei tudo. Pelo menos na pré-época, tudo o que vi, aquilo foi tudo criado por mim. Se esperava mudar ou não, isso já não me compete. Perderam dois jogadores de manobra ofensiva e defensiva mas foram dois jogadores. Há outros que estavam como segundas opções e estão lá e vão jogar. São jogadores que têm qualidade e podem representar o clube. Têm menos qualidade [que os que saíram] mas agora podem pensar o contrário. É um factor que tem alguma influência. Pensava que mudassem alguma coisa, porque chegou um treinador, mas não mudou nada"
Ora , os Lampiões vão ficar fulos com as declarações do nosso mister! E com razão pois se fosse ao contrário não iria gostar mas o que acontece é que JJ .....tem toda a razão! Só recentemente , Rui Vitória começou a experimentar o 4-2-3-1 mas agora com Mitroglou deverá voltar ao normal(poderá não ser já neste jogo). E porquê? Porque as ideias de JJ estão lá e mudar tudo é pior e dará mais trabalho. É isto que JJ pretende "mexer" na estrutura encarnada. 
O que o mister afirmou é que não é hipócrita! 
-"Tenho o maior respeito pelos adeptos do clube onde estive seis anos e me trataram muito bem. Continuam a reconhecer o meu trabalho e valor. Hoje estou num clube diferente. Não sou hipócrita. Não vou dizer que se ganhar não vou festejar. O mais importante para mim é o futebol. Estou nesta casa com muito prazer e muito gosto. Não morri 'desportivamente' como treinador do Benfica nem irei morrer como treinador do Sporting".
Jorge Jesus abordou vários temas e não fugiu deles. 
Para ele ganhar é normal mas bom. Estar no Sporting e ir disputar a sua 1ª final é natural: 
-"Estou num clube que venceu a Taça. Para mim é mais uma final, é a primeira ao serviço do Sporting. Sinto-me normal e de forma natural. Tudo isto é normal para mim. São dois rivais de sempre. A minha primeira final, do lado do Sporting, aconteceu como aconteceu em outros clubes. É importante porque é um título. Começas a vencer e começas a ganhar uma taça. Não tem influência nenhuma em relação ao futuro das equipas. Em termos emocionais, há vantagem em ganhar. Quando se perde há sempre uma agressão. Quando se perde um título nunca se fica satisfeito. 'Agredir' é subjectivo, é um termo desportivo".
Jesus mostrou-se surpreendido com o que os seus atletas já assimilaram do seu sistema de jogo mas há muito para fazer. As 5 semanas de trabalho ainda são pouco mas os jogadores do Sporting já mostram uma grande aprendizagem.
As saídas de jogadores são possíveis e até ao fecho do mercado tudo pode acontecer. Mitroglou não era desejado pois , e diz JJ, que se o quisessem já o tinham contratado há muito. É um jogador que não encaixa.
JJ depois descaiu-se, no caso Boateng, dizendo que o nosso Clube tem um departamento médico do melhor que há no Mundo e por isso não foi possível contratar o Alemão. O que JJ disse vai contra o comunicado do Clube mas de vez em quando vai ser assim. 
O tema Ciani também foi debatido e o mister não podia ser mais claro:  
-"Eu não escolho 11, escolho 25 jogadores. No facto de um jogador ser contratado, não lhe dá o direito de ser titular. Não é a primeira que um jogador chega ao clube e comigo não joga. Ciani? Ainda não começou o campeonato. A situação aconteceu noutros clubes. Estamos a estudar o jogador e a trabalhar com ele. Temos tempo até dia 31 para tomar decisões".
No fim deixou um alerta para os jogadores afirmando que vai haver oportunidades para todos porque existem 5 competições e que há tempo para isso. Daí "não escolher 11 jogadores e sim , 25 ".
Bem.........acabou por se descair e afirmar que o plantel irá apresentar 25 jogadores o que está dentro das contas de Amorsporting.
O que de facto irá salientar, amanhã , na imprensa nacional são as suas palavras que dizem que no Benfica não mudou nada. Agora: para um Clube que diz tanto mal dele e que desejam provar que o melhor é a estrutura e não o treinador que lá estava não se percebe porque é que o técnico que lá chega depois dele e nada muda!!
Quem parece inteligente no meio disto tudo é o técnico Rui Vitória que não quer mudar o que está feito e aproveitar o que os seus jogadores já têm assimilado. 
É isto que JJ critica e faz eco ás suas palavras! E ainda faltam tantos jogos........................

Sem comentários :