quarta-feira, 19 de agosto de 2015

A boa politica de empréstimos(formação).


O Sporting está a realizar uma boa politica de empréstimos.
Já vamos em diversos jogadores, mais jovens, a serem emprestados a outros Cubes para poderem ganhar outra experiência. E aqui existem duas opções: serem emprestados a um Clube estrangeiro ou ficar por Portugal.
No Sporting temos jogadores que preenchem as duas opções. Por exemplo: Wallyson e Slavchev que saem para o Nice e Apollon Limassol. No entanto no caso do brasileiro , os franceses ficaram com uma clausula de opção por 15 Milhões de euros o que muito provavelmente será como não a ter. Neste caso é curioso que sejam também 15 Milhões de euros de opção como aconteceu em outros jovens e a um Clube francês. 
Para estes jogadores foi escolhido saírem da sua zona de conforto para ganharem mais uma lição da....formação. A Slavchev falta-lhe cultura táctica e traquejo numa Liga que a Cipriota lhe poderá dar. 
Depois temos jogadores jovens como: Palhinha, Rúben Semedo e possivelmente Iuri Medeiros. Penso , que estando tapados no plantel principal é super positivo serem emprestados para adquirirem mais experiência e nº de jogos nas pernas. 
No caso de Palhinha é a sua 1ª aventura fora do Sporting, sem contar de onde veio, e no caso do Rúben , que já esteve em terras espanholas , agora é a vez de experimentar o nosso Campeonato.
Assim, agora, é tempo de jogar e aprender a dureza da nossa Liga e avaliar se evoluem mais para que possam um dia regressar ao Sporting.
É uma grande oportunidade que o Sporting lhes abre pois se não tivessem margem de progressão nem emprestados eram. Neste caso estão jogadores como: 
-Betinho(Belenenses-ficámos com 60% do seu passe);
-Kikas(R. Huelva-ficámos com 50% do seu passe);
-Luís Ribeiro(R. Huelva-ficámos com 50% do seu passe);
-Mica Pinto(R. Huelva-ficámos com 50% do seu passe);
E estas saídas são muito importantes para o Sporting. São , porque os Juniores precisam de espaço para aparecerem e também para aliviar a folha salarial do nosso Clube.
Estes jogadores e por muito que gostemos deles e até tenhamos opiniões diferentes da que tem o Sporting sobre eles, chegam a uma altura que estagnam na sua formação. Quando assim é.....a melhor solução é mesmo a saída.
Neste caso está também Nuno Reis que era o nosso capitão d equipa B e que também saiu para dar lugar , muito possivelmente , a Domingos Duarte que já se destaca na nossa equipa secundária.
Os minutos que o Sporting proporciona a estes jovens sendo emprestados vão ser essenciais para serem avaliados e posteriormente chamados ou não de volta para a casa Mãe.
Reparem que a nossa equipa B não pode ter 30 jogadores que foi o que aconteceu a época passada até Janeiro de 2015. A partir desta data saíram alguns jogadores, arrumou-se a casa e foi o que foi. batemos o recorde de pontos jamais alcançado por uma equipa B , em Portugal.
Então é o que temos que fazer este ano! A saída de uns elementos que até jogariam a titular da nossa equipa B é essencial para aparecerem outros jovens. Por muito que gostemos de Betinho ou até de Mica Pinto o certo é a sua evolução estagnou e muito provavelmente não são jogadores para a nossa equipa principal. Obviamente que nada disto é certo e quem sabe se algum destes atletas não serão grandes jogadores. No entanto as decisões têm que ser tomadas e neste aspecto o Sporting não costuma falhar. 
Em relação a outros jogadores que também foram emprestados já não se aplicará nada disto porque são mesmo uma carta fora do baralho para o nosso clube. São os casos de : Héldon, Shikabala, Capel, Ciani e Sarr. Por este motivo ou por aquele e para JJ, estes jogadores não reuniam as condições necessárias para continuarem de verde e branco. Assim chegou-se a diferentes negócios que foram os possíveis: uns transferiram-se e outros foram , ainda, emprestados.
Nos empréstimos já sabemos que existe uma regra nova que já era esperada há décadas: os jogadores emprestados não podem jogar contra o Clube que os empresta e quem recebe jogadores emprestados só poderá ter 3 atletas, no máximo, de um Clube. Por exemplo: Se o R. Huelva fosse um Clube português , Mica Pinto, Luís Ribeiro e Kikas não poderiam jogar contra o Sporting e este Clube não poderia ter mais jogadores nossos emprestados.
Para mim , penso que o Sporting continua a realizar uma muito boa politica de empréstimos.

Sem comentários :