domingo, 26 de julho de 2015

Jorge Jesus: "Ainda há muito para aprender"


O Sporting acabou de vencer um torneio mas ao fim de poucos dias de estar no Clube a vitória não permite pensar em euforias. Quem o adverte é Jorge Jesus que afirma que "ainda há muito para aprender".
E assim é que falam as pessoas sábias e experientes. Com certeza que é excelente começar a vencer mas não significa que esteja tudo bem pois é preciso muitos treinos e jogos de preparação(por JJ teríamos mais jogos de preparação), muita concentração e capacidade de entender e de aplicar na prática o que ensina o nosso treinador.
Por isso JJ dá relevância a estes jogos de treino(torneio):
"Este torneio e os dois jogos foram muito importantes para o crescimento da equipa e termos vencido foi a cereja no topo do bolo. Temos demonstrado alguns progressos, sobretudo defensivamente, mas temos muito para crescer e melhorar para sermos campeões", afirmou, Jorge Jesus no final da partida.
"Foi importante para o Sporting estar na África do Sul. É um clube com história em Portugal e na Europa. Todas as iniciativas que possam surgir na calendarização, e se pudermos estar presentes, é com muita honra que participamos. Foi bom para a preparação da equipa e para os adeptos".
O objectivo melhorar e fazer bem os processos novos adquiridos foi mais conseguido e é bom que o vencer .....seja um hábito:
"Sabíamos que este jogo era mais difícil, mas estivemos melhor hoje. Se assim não fosse também não vencíamos, pois na segunda volta da Premier League, na época passada, fizeram uma recuperação espectacular. Ganhar é bom, é sempre melhor, mas há muito para crescer. Estamos a trabalhar há três semanas, é tempo de aprendizagem, mas quando se consegue ganhar ainda a aprender é positivo. É sempre bom habituarmo-nos a ganhar troféus. Não é um título, é ganhar o torneio e não significa nada mais do que isso."
Jorge Jesus quis falar em particular da defesa, que já esteve bem melhor, para deixar um grande voto de confiança aos jogadores. Muito inteligente , mister!! 
"Só ganhámos este jogo porque o momento defensivo foi muito bom, caso contrário não vencíamos porque não somos muito criativos ofensivamente. Mas ainda há muito que aprender em relação àquilo que eu quero. Jogámos com uma equipa que trabalha com o mesmo técnico há um ano. Em termos defensivos estamos mais à frente, o Naldo esteve muito bem e fez uma boa dupla com o Paulo. Aliás a última linha, incluindo o Rui, esteve muito bem".
Depois chegou a hora de agradecer aos adeptos do Clube nunca esquecendo a fase de crescimento e de aprendizagem que atravessamos:
"Este torneio foi muito importante para esse crescimento e vencer foi a cereja em cima do bolo. Foi importante estar aqui, o Sporting tem muita história, em Portugal, na Europa e também em África, nomeadamente Angola e Moçambique, que fica aqui perto da África do Sul. Sempre que possamos estar presentes é sempre com muita satisfação e honra. Foi bom disputar este torneio em Cape Town, foi bom para a preparação da equipa e para alguns adeptos de Moçambique que viram os seu ídolos e isso faz parte daquilo que temos de fazer por África".
Abordou o nº de jogos particulares que para ele são ...poucos e afirmou que a equipa tem que trabalhar muito para chegar á Supertaça em condições de vencer o Benfica:
"Temos que ter tempo. Gostava de ter feito mais jogos, claro, mas o calendário é assim e por isso temos que procurar neste espaço que a equipa consiga crescer mais rápido, para dia 9, a sério, estarmos ao nível para disputar a Supertaça com o nosso rival".
E atenção que não vai ser este o onze base pois faltam jogadores. Jorge Jesus deixou isso claro:
"A pré-época é para preparar a equipa na competição a sério. Não há uma ideia definida. Há jogadores em Lisboa, além dos lesionados há também o Bryan Ruiz. Vamos trabalhando até dia 9 e os que forem titulares nesse jogo não significa que sejam a equipa para o resto da época. Quero um plantel equilibrado em que todos possam ser opção".
Quanto a mais contratações , JJ afirmou, antes , que preferia ter com ele o William e o Ewerton:
"Precisamos de ter tempo para que os jogadores possam assimilar tudo aquilo que eu pretendo passar. Neste período de tempo a equipa demonstrou alguns progressos e ainda há duas semanas para desenvolver um trabalho com qualidade. As contratações? Estamos contentes com os jogadores que temos. Como é óbvio não vou falar em jogadores dos quais se fala em Portugal, senão falava todos os dias. Ficava mais contente se tivesse aqui o Ewerton e o William, isso sim. Mas tenho de trabalhar com os que estão"
Também respondeu sobre vários jogadores:
-Teo Gutiérrez: "O Teo tem falta de agilidade, de ritmo, como todos. Estou a conhecê-lo melhor e acredito que um jogador com o historial que ele tem, indiscutível na Colômbia, não deixa dúvidas a ninguém. Vai crescer com o tempo."
-Adrien e a braçadeira de capitão: "Isso diz respeito à equipa, a definição de hoje não tem a ver com o presente ou futuro. O Adrien já fazia parte da lista, que tinha o Rui, o Adrien e o Marcelo. Escolhi o Adrien mas não significa que seja essa lógica no campeonato".
E esta conferência de imprensa foi mais um ensinamento do professor Jorge Jesus!
Quer-me parecer que este é mesmo o Clube perfeito para lhe dar os méritos que realmente ele merece. Mas sobre isso ......falamos mais tarde.
Força mister! 

Sem comentários :