sábado, 30 de maio de 2015

SAD do Sporting com 22.125 Milhões de Lucro no 3º trimestre de 2014/2015


O Sporting registou um lucro de 22.125 Milhões de euros de lucro , nos 1ºs 9 meses do ano 2014/2015 . Para este resultado foi importantíssimo a presença na liga dos Campeões destacando-se que nas contas enviadas á CMVM (Comissão do Mercado de Valores Mobiliários) dá-se conta duma subida vertiginosa de 21.405 Milhões de Euros em relação ao período homologo onde se tinham registado lucros de apenas 720.000€.(LINK)

"A partir do corrente exercício as contas da Sporting SAD estão afectadas pelo efeito da fusão ocorrida no segundo trimestre de 2014 com a Sporting Património e Marketing. Da variação absoluta, observa-se uma melhoria dos rendimentos e ganhos operacionais de jogadores (sem transacções de jogadores) de 19.094 milhares de euros."
Importante também é de realçar que "o passivo sofreu um decréscimo de 46.940 Milhões de Euros devido ao plano de reestruturação financeira que permitiu a redução dos empréstimos obtidos."
Também é de salientar que : 

- os resultados com a alienação de direitos desportivos e económicos de jogadores tiveram uma melhoria de cerca de 3,5 milhões de euros;

- fruto da reestruturação financeira, os gastos financeiros líquidos apresentam uma melhoria a rondar 1,4 milhões de euros;

- os rendimentos operacionais – ou seja, sem rendimentos nem gastos com transacção de passes de jogadores – situaram-se nos 44 milhões de euros, mais 19,1 milhões do que na época transacta. Explicações: participação nas competições europeias; aumento da bilhética; incremento dos patrocínios e publicidade; ou aumento dos direitos televisivos;

- os gastos operacionais subiram devido à participação nas competições europeias, o que levou a um aumento dos fornecimentos e serviços externos de 1,25 milhões. Em paralelo, a integração da SPM também aumentou o custo das mercadorias vendidas; as depreciações e amortizações (excluindo plantel); e as provisões e perdas por imparidade. Ao invés, registe-se uma melhoria dos gastos com pessoal de 2,375 milhões;

- em relação à situação patrimonial, houve um aumento de mais de 80 milhões comparando com 30 de Junho de 2014, fundamentalmente devido à fusão com a SPM. Também os capitais próprios apresentam uma significativa melhoria (128 milhões).

Sem comentários :