sexta-feira, 29 de maio de 2015

MS: "Queremos subir á tribuna e levantar a Taça."


Marco Silva fez a antevisão da final da Taça de Portugal para a FPF TV e sacudiu um pouco a pressão que tentam colocar , toda, em cima do Sporting. 
"Favoritismo conta pouco ou quase nada."
O nosso técnico defendeu que o jogo é único e que se decide só num jogo mas que o factor favoritismo é ....secundário. 
"Conseguimos um trajecto muito positivo na prova e queremos terminar da melhor forma com o culminar de subir a escadaria e levantar a Taça, que é o grande objectivo", afirmou o técnico português do SCP.
Aliás , Marco falou mais um pouco para lançar o jogo e falou de várias memórias que tem como treinador, como jogador, como adepto, e sobre outras ideias sobre este jogo:
Primeiro foi falando do seu tempo de jogador mas sobre ir ao Jamor foi dizendo: 
"As memórias como jogador não são muito positivas mas sabemos que a Taça é uma festa. A forma como todos os jogos são encarados pelas equipas, sejam mais fortes ou mais fracas, é semelhante, sempre como uma festa e uma oportunidade de poderem atingir patamares elevados no caminho que percorrem. Tenho alguns jogos que guardo na memória, um por questões mais positivas e outros por pontos mais negativos mas acaba por ser sempre uma festa."
Como treinador o mais longe que tinha conseguido foi quando atingiu os quartos-de-final da Taça de Portugal, no ano passado.
Já como adepto , refere que já viu vários jogos e que considera ser um jogo especial. Para limpar "Bad Vibes" referiu que esteve presente na derrota dos Leões frente á Académica de Coimbra mas que , agora, o desejo é de inverter a marcha do marcador.
O Jamor: "Tem um simbolismo enorme para todos, apesar do que se vai falando. Não é por acaso que as pessoas dizem que querem estar no Jamor. Mas é importante que as condições sejam cada vez melhores, apesar de terem vindo a ser melhoradas ultimamente."
Quando lhe perguntaram se havia favoritos : "Por norma nas finais não há favorito, não se pode dizer isso mesmo quando existe equipas de valia muito diferente, que não é o caso. Basta ver os resultados finais e vê-se que, nas últimas três edições, em que esteve sempre um ‘grande’, apenas por uma vez o suposto favorito ganhou. O favoritismo conta pouco ou quase nada numa final
Marco ainda referiu que em termos de preparação não alterou nada e que sabe que pode ser um jogo com mais de 90 minutos e penalidades. 
Quanto ao desgaste da época , Marco, sabe que a nossa equipa fez mais jogos que a de Braga mas não lhe parece que exista um grande desgaste porque a motivação é bem maior. vencer este troféu é muito importante e as finais normalmente jogam-se no final das temporadas.
Sobre a Taça , Marco Silva é peremptório: "Conseguimos um trajecto muito positivo e queremos terminar da melhor forma com o culminar de subir a escadaria e levantar a Taça, que é o grande objectivo."
Mais não poderia ter dito o nosso treinador, nem que seja o seu ultimo jogo(Deus queira que não)á frente dos destinos do nosso Sporting! 
Marco Silva foi sincero, directo e sabe que este jogo é importante ....mas não o será só para ao Sporting!!!
Força Marco!

Sem comentários :