domingo, 5 de abril de 2015

Jornada do LEÃO(27ª):Possível goleada dá....empate!


O Sporting deslocou-se a Paços de Ferreira na 27ª jornada com os olhos postos no 2º lugar mas num jogo em que poderia ter goleado .....consentiu um empate. 
Marco Silva mudou pela 8ª vez de dupla de defesas centrais (obrigado devido a castigo de Paulo Oliveira), deixou e bem Miguel Lopes a titular , André Martins substituiu o castigado Adrien e o Sporting , a meu ver, fez dos seus melhores jogos da temporada. O que falhou? Golos e golos e golos e golos e mais golos!! Como é possível a uma equipa destas falhar tanto golo !!
Desta vez a nossa equipa entrou muito bem no jogo, sem medo , a dominar a bola, a conseguir sair a jogar apesar da pressão dos pacenses aos nossos defesas, a jogar pelas linhas , os nossos meio campistas a não perderem bolas , os nossos extremos a tabelarem bem com os nossos laterais e a causar sempre muito perigo.
Logo aos 5´ teve um golo mal anulado por fora de jogo de Slimani e tem um fora de jogo mal assinalado em que o argelino ficava bem posicionado dentro da área do Paços. 
Quando perdíamos a bola , o argelino e João Mário pressionavam tanto na frente que recuperávamos a bola num instante. Depois Nani e Carrillo partiam tudo!!
O nosso adversário apostava nas transições rápidas mas nem isso conseguia fazer. Quando tentava ter a bola o Sporting pressionava forte e ia conseguindo ele umas transições rápidas que lançavam o pânico na defensiva pacense.
O nosso habitual 4-3-3 mas que afinal se tornava em 4-4-2 na pressão exercida era eficaz e o golo adivinhava-se. As oportunidades de golo iam surgindo com Nani , Slimani , João Mário e Carrillo a serem os mais perigosos. 
O futebol praticado era fluido e muito rápido. A bola circulava de um extremo para o outro rapidamente e quase sempre ao mesmo toque. Posso dizer que o SCP fazia até então dos seus melhores jogos da época.
Tobias cabeceou de baliza aberta ,.....ao lado; João Mário rematava á figura e na recarga Nani também, os defesas do Paços iam cortando na ultima cruzamentos para Slimani mas ninguém pode fazer nada aos 30´quando Slimani recuperou uma bola no meio campo, deu para Nani , que correu meio campo com a bola nos pés e dentro da área ofereceu de bandeja o 1º golo da noite. Slimani foi só empurrar. Era justo o golo e até escasso!!
No entanto o SCP não baixou de ritmo e continuava a pressionar e ter ocasiões de golo. Recuperava bolas e os nossos jogadores mostravam-se perdulários e complicados lá na frente. Numa bela jogada dos Leões , Slimani cruzou atrasado e rasteiro e Nani rematou contra um defensor do Paços de Ferreira enquanto do outro lado, Rui Patrício , era um espectador. 
Chegou , então , o intervalo com um resultado já escasso para o Sporting!
A 2ª parte foi mais do mesmo. O SCP entrou melhor , dominava a bola , circulava-a rapidamente e as jogadas iam saindo. O pior foi mesmo as oportunidades desperdiçadas pela equipa. 
João Mário isolado rematou ao lado. na jogada seguinte , Carrillo também só na cara do guarda-redes rematou á figura, etc, etc. A pressão continuava igual e a equipa jogava bem. 
Mas já se sabia que este filme já tinha sido visto várias vezes esta época: quem não marca, sofre!
Foi o que aconteceu. O pior jogador do Paços de Ferreira em campo que até ao momento só tinha chutado caramelos para o ar e para a outra bandeirola mais longe , encheu o pé e Rui Patrício tapado por Ewerton não viu a bola mas foi um belo golo. Era um golo mais que injusto!!
Até final , marco Silva ainda apostou em Mané e Montero mas as oportunidades couberam a Tobias e a Ewerton que mais uma vez falharam o alvo.
Empate vergonhoso num jogo que deveríamos ter vencido por 5 ou 6 de diferença. Assim se vêem as grandes equipas e experientes.
É um castigo muito duro para nós mas só mesmo nós somos os culpados. 
Individualmente: Rui Patrício quase não faz uma defesa o jogo todo; Miguel Lopes esteve intransponível e a atacar esteve muito bem; Jefferson não atacou tanto mas a defender deu alguns espaços; Tobias e Ewerton a defender não há reparos a fazer. Ofensivamente falharam golos incríveis!  William não fez dos seus melhores jogos mas não esteve mal; André Martins a meu ver esteve muito bem. Á semelhança de Adrien não parou o jogo, fez circular a bola e foi certinho, João Mário fez um bom jogo mas a parte dos golos falhados tornam-o no pior em campo; Carrillo foi o melhor do Sporting em campo. Dificilmente lhe tiravam a bola dos pés e causava sempre uma jogada de perigo. Falhou um golo isolado mas o que fez jogar e o que jogou merece o aumento salarial que deseja; Nani também esteve muito bem. Ofereceu o golo a Slimani e participou em inúmeras jogadas perigosas. Falha o próximo jogo por castigo. Slimani foi um lutador na frente de ataque nunca desistindo de qualquer lance. O golo é ele que recupera a bola e que depois empurra a bola para a baliza. Tabelou e foi um perigo constante. Mané e Montero não tiveram tempo para nada.
Resultado injusto ...mas quem não marca....sofre. É assim em mais um jogo desta temporada.
Se o FC Porto vence ....lá se vai o 2º lugar........

2 comentários :

Krugul disse...

Rui,

Faltou dizer que se notou a certa altura da 2ª parte uma grande displicência na abordagem dos lances a meio campo e na nossa área e o golo do Paços nasceu precisamente de uma asneira do João Mário em zona proibida. Esta época já sofremos vários contratempos por este motivo. Assim de repente, lembro-me do jogo da primeira jornada com a Académica.

Saudações Leoninas

Rui Cerdeira Fernandes disse...

Sim amigo. Tens razão , o golo deles nasce de uma perda de bola do João Mário mas se não fosse ele seria de outro. Ele até tentou passar a bola......Quanto aos lances menos disputados penso que o Sporting está algo desgastado fisicamente para poder estar sempre a pressionar. Há momentos dos jogo em que temos que descansar e José Mourinho descansa a equipa quando tem a posse de bola. Mas para não a perdermos teremos que ter mais soluções no banco para que possamos fazer uma boa rotação e não perder fulgor.
Também poderia apontar tantos erros a um plantel de 1º ano que tem muita juventude mas que no planeamento falhou em 2 coisas: 1 df central mais experiente desde o inicio da época e outro pl pois Tanaka e Montero não o são. Com estas duas falhas já não pudémos fazer a tal boa rotação de que falava.
SL