sábado, 18 de abril de 2015

Bilhetes para o JAMOR.


Que grande problema aí vinha, e talvez ainda venha, (vai ser difícil a alguns adeptos conformarem-se) , se o Sporting não tem lançado um comunicado , com a devida antecedência, a avisar e ao mesmo tempo a deixar muitos adeptos "tristes", da forma como se vai proceder á venda do papel mágico/bilhete.
"Tristes" porque muitos adeptos tinham a esperança de ir ao Jamor presenciar a final da Taça de Portugal mas.......já viram que nem vão conseguir cheirar qualquer bilhete.
O Sporting esclarece que , na hora de comprar os bilhetes, irá dar preferência aos adeptos que compram a Gamebox há mais tempo!
Amorsporting pensa que , e apesar de também deixar de ter quase hipóteses de se deslocar ao Jamor, que nada será mais justo !!
O Estádio Nacional comporta cerca de 37.000 espectadores e cada Clube finalista  tem direito a 30% dos bilhetes o que perfaz cerca de 11.000 bilhetes serão distribuídos ao Sporting e muito possivelmente ao ...Sp. Braga.
Excerto do comunicado

"iv) sendo este número de bilhetes manifestamente insuficiente face à procura existente e ao número de Gamebox adquiridas pelos nossos Sócios no início da presente época desportiva, o Sporting Clube de Portugal optou por um critério de venda no qual a Fidelidade será premiada, ou seja, os Sócios com Gamebox 2014/2015 serão divididos em dias de venda conforme o número de Gamebox adquiridas no novo Estádio José Alvalade.
Exemplo de funcionamento:
- Dia 1 de venda - Sócios com Gamebox 2014/2015 (e com 12 anos de Gamebox)
- Dia 2 de venda - Sócios com Gamebox 2014/2015 (e com 11 anos de Gamebox)
- Dia 3 de venda - Sócios com Gamebox 2014/2015 (e com 10 anos de Gamebox)
- Dia 4 de venda - Sócios com Gamebox 2014/2015 (e com 9 anos de Gamebox)
(e assim sucessivamente, mediante disponibilidade de bilhetes).
Informações úteis:
- cada Sócio com Gamebox inserida nos referidos parâmetros, tem de ter a quota de Maio de 2015, regularizada
- cada Sócio poderá trazer 4 cartões de Gamebox, correspondentes ao dia de venda
- cada cartão de Gamebox correspondente ao dia de venda permite comprar um bilhete
- os dias reais de venda serão divulgados após o Sporting Clube de Portugal saber em que dia irá receber os bilhetes por parte da Federação Portuguesa de Futebol
- os Sócios com Gamebox na presente época desportiva poderão validar o seu histórico de anos com Gamebox, a partir de dia 21 de Abril de 2015, em www.sporting.pt
v) para além do já referido critério de venda de bilhetes, existirá também uma promoção referente aos 50 anos da conquista da Taça dos Vencedores das Taças, que permitirá obter bilhetes para a final da Taça de Portugal (esta promoção será divulgada e explicada no dia 20 de Abril de 2015)."

Tenho quase a certeza de que muitos sócios e adeptos terão as suas razões/histórias para poderem estar no Jamor. Por exemplo, alguns adeptos/sócios gostariam de trazer as suas esposas e filhos até Lisboa  mas não vejo melhor forma do que esta , de se ser mais justo na venda dos bilhetes. 
Como diz o SCP , vai se dar preferência á Fidelidade, e os sócios com mais anos de Gamebox são os que mais merecem pois são os que contribuem mais para o Clube. 
Podem até nem ser adeptos mais fervorosos ou os que gritem mais mas não é isso que está em questão. O que está em questão é que : "Face ao elevado número de contactos recebidos sobre a final da Taça de Portugal 2015" o SCP teve que escolher preferências na compra dos ingressos. 
Doa a quem doer ....esta é a forma mais justa de se vender os ingressos para a final da Taça de Portugal!

2 comentários :

Álamo disse...

"Doa a quem doer ....esta é a forma mais justa de se vender os ingressos para a final da Taça de Portugal!"

E o caro Rui já pensou o que pensará aquele dirigente de um Núcleo Sportinguista de uma vila ou cidade lá do Norte, ou do Sul, que organiza em cada época 20 ou 30 excursões de sportinguistas aos jogos de Alvalade e agora se vê obrigado a dizer aos seus consócios: "Não vamos este ano ao Jamor, porque o Sporting não nos disponibiliza bilhetes. São todos para as "gameboxes."?!...

Na minha modesta opinião, sei bem a quem vai doer esta medida no futuro! Porque pimenta no rabinho dos outros... Depois admirem-se de Alvalade não encher!...



Rui Cerdeira Fernandes disse...

Amigo Álamo: "Doa a quem doer" .......mas a mim também me dói pois não irei ter bilhetes. Eu sei que dói a muitos sportinguistas mas que melhor forma haverá para vender , só, 11.000 bilhetes?
Talvez abrir as bilheteiras e seja o que Deus quiser?
Distribuir pelos núcleos? Mas a quais e quantos bilhetes ?
Esta é uma forma muito difícil de vender os ingressos mas se não se concorda com esta forma .....então como?
O que eu sei é que o Jamor é pequeno para toda uma massa associativa que quer apoiar o seu Clube e está reduzida a meros 11.000 bilhetes.
Aumentar o Jamor?
Jogar em Estádio neutro?
Eu sei que é difícil mas mantenho a minha ideia mesmo sabendo que haverá casos injustos.
SL