sexta-feira, 27 de março de 2015

Entrevista de Bruno de Carvalho(2ª parte)


"Não faria sentido falhar a Champions"

R- A entrada na fase de Grupos na próxima Edição da Liga dos Campeões é essencial para o projecto do Sporting?
BdC- Apetece-me dizer como no filme: "Elementar meu caro Watson". Mesmo indo pela teoria dos orçamentos, que, deixem-me dizer-vos , a mim, não me agrada absolutamente nada, se o Sporting é o 3º maior orçamento do futebol português e se o 3º lugar do Campeonato dá acesso, é elementar que tenhamos de ir , no mínimo , ao play-off da Liga dos Campeões. 

R- O cenário da equipa não conseguir chegar á fase de Grupos colocaria o projecto em causa?
BdC- Em primeiro lugar , isso (não chegar á fase de grupos) não faria sentido nenhum ,mas não colocaria em causa o nosso projecto. Mas volto a frisar......não faria sentido nenhum.

"Já nos devíamos ter reunido"

R- Quando é que vai reunir-se com o treinador para começar a preparara a próxima época?
BdC-O mais depressa possível. Sabem que isto tem sido difícil, porque houve muito tempo que o SCP quase não parava, fazia dois jogos por semana. Então , decidimos não nos sentarmos para falar sobre a próxima época. Na verdade , já o deveríamos ter feito. Mas agora , nesta fase em que as coisas estabilizaram um pouco, provavelmente, vamos fazê-lo depois do jogo com o nacional, pois as coisas estarão mais normalizadas. Mas já o deveríamos ter feito; infelizmente não dá para fazer tudo ao mesmo tempo.

"Só eu quero dar o salto"

R- Sente em algum jogador a expectativa de darem o salto?
BdC- Quem é que não tem essa expectativa? O Presidente! O do Sporting , porque há outros que são sócios de outros Clubes ....até podem ter essa expectativa. Mas isso é normal. Todos os jogadores têm essa expectativa. Mais cedo ou mais tarde ........

R- O presidente não tem nenhum compromisso com nenhum jogador nesse sentido?
BdC- Zero, zero....O presidente não estabelece esses compromissos com jogador nenhum.

"Não temos medo de admitir as coisas"

R- Hoje em dia , até por tudo aquilo que tem aprendido e evoluído, acha que as famosas criticas á equipa no Facebook após a derrota  em Guimarães(3-0)podiam ter sido feitas de outra forma? Foi um erro de gestão ou voltaria a fazer o mesmo?
BdC- Temos de ter estratégias. Uma das coisas importantes é que havia uma tendência de se querer gerir o Clube de fora para dentro. O que quero dizer com isso? Muitas vezes existia aquilo a que se chamava o tribunal de Alvalade, que tentava fazer pressão para que se conseguisse resolver alguns problemas que não eram muito bem percepcionados. Agora a gestão é feita internamente. Para isso é importante as pessoas perceberem que não temos medo de admitir as coisas.Ponto. O que se obteve de retorno do tribunal? Continuaram a apoiar, a bater palmas, a estar ao lado da equipa. Isso não era uma realidade antes de eu entrar! Seja qual for o tipo de questão, não temos medo de dizer "fomos dignos, não fomos dignos". Não há esse problema. Há capacidade de critica interna. Acho que, antes de haver empolação, as pessoas perceberam bem isso. Depois, foi tudo o que se debateu á volta de um ato que é normal em qualquer pais evoluído. Depois é que lá vieram os velhos do Restelo(e isto não tem nada a ver com o Belenenses)começa r a ter teorias sobre o que pode ser uma aparição ou não no Facebook.....Factualmente: a coisa correu bem. Estamos a falar de um "post" que teve milhares de "likes". As pessoas concordaram com o que foi dito Depois de tanta conversa , entendi que começaram a ficar divididas , mesmo aquelas que acharam bem na altura. Por isso é que achei que não devia voltar a fazer......

R- Quer dizer então que não o preocupou o impacto que tudo isso possa ter tido internamente?
BdC- Não, não, não! Até porque as coisas foram entendidas. Como no jogo a seguir a moldura humana aumentou e o apoio foi maior, ainda mais compreendida foi.

R- E não teve que esclarecer tudo isso internamente?
BdC- Falámos muito. Isso também é uma das vantagens da aproximação. As pessoas sabem quais as estratégias traçadas.

Facebook é ferramenta que não voltará a utilizar: 
"Adeptos já entenderam"

R- O Facebook é uma "arma" que vai optar por abandonar?
BdC- Se calhar já não há necessidade, pois as pessoas já entenderam que somos exigentes e que não deixamos de fazer uma avaliação interna. Aliás, se foi coisa que fiz nesse "post", foi colocar todo o ónus do que estava a dizer também em mim. No momento em que assumo que o presidente também não foi digno......Criar um "fuzuê" á volta disto só mesmo num pais que não está habituado a uma realidade existente na maior parte dos países. Não vou voltar a dar azo a mais programas de televisão e debates só por causa de um "post". Isso de certeza que não vou fazer. Percebo que as televisões tenham de ganhar o seu dinheiro , mas escusam de o fazer tão declaradamente com o Sporting. Mas não deixarei de fazer por considerar que estrategicamente foi mau. Deixo de fazer p+orque acho que os sócios e adeptos já entenderam essa parte. Que somos humildes e não temos medo de reconhecer o que fazemos de bem ou de mal.

"Jefferson? Nem que fosse o Ronaldo!" 

R-Em relação a Jefferson, pode explicar-nos o que passou concretamente?
BdC-Não posso mas vou explicar porquê. Também é algo que ouvi muito e que é totalmente falso. Isto que aconteceu com Jefferson no Sporting acontece no Benfica e no FC Porto com frequência. O que aconteceu é que é perfeitamente normal. O que se passou é que , realmente, o Benfica e o FC porto têm uma estrutura de comunicação e de controlo interno que o Sporting ainda está a a melhorar. Os bastidores do futebol sabem que esta é uma situação comum. Por exemplo, há histórias nos bastidores de computadores que são atirados contra as paredes e isso aconteceu no Sporting. Acho que é um bocadinho mais grave.....

R- .....
BdC- Há, também, relatos de tentativas de agressão , com empurrões dentro de instalações dos Clubes e hotéis, coisa que nunca aconteceu no Sporting a esse nível. Tudo aquilo que se passa no Sporting é sabido e é dado como noticia, algo que eu até entendo. Foi uma questão normal , resolvida e bem resolvida, que neste momento está mais do que ultrapassada. Não vale a pena aflorar mais esse tema. Há é uma coisa que vale a pena dizer e que não faz sentido nenhum:ter opinadores do Sporting  que falam sobre algo, quando nunca passaram sequer pela necessidade de gerir uma situação deste género. O que quero dizer com isso? Vamos imaginar que tudo aconteceu conforme foi escrito nos jornais......

R- Mas não acha que era importante as pessoas saberem em concreto o que se passou?
BdC- Nada, nada, nada....! O que é importante é dizer isto: Vamos imaginar que um funcionário de uma empresa se vira para o patrão de uma forma perfeitamente ofensiva. Qual é a capacidade cerebral de alguém fazer essa separação: " Se fosse na minha vida pessoal castigava; mas no futebol não o devia fazer! Isto é uma decisão horrorosa! Deveria esperar: "Mas esperar pelo quê?" Há coisas que não se esperam na vida. Ou se fazem, ou não se fazem. Lá está, são princípios de vida adaptados àquilo que é o nosso modelo de gestão.

R- Mas é uma questão totalmente resolvida , ou inevitavelmente Jefferson vai embora no final da época? 
BdC- Está tudo totalmente resolvido. Além do mais o Jefferson tem contracto com o SCP até 2017. Agora, continuo a dizer: ouvi tantas pessoas a questionar se o assunto teria sido bem resolvido , ou mal resolvido....Não podemos separar aquilo que são as nossa regras sociais do meio em que estamos envolvidos. Se for um jogador pode ser ofensivo, se for um funcionário de uma empresa , já não pode.......Isso não faz sentido absolutamente nenhum! Não pode , ponto final! Quando queremos fazer passar uma mensagem de que , no fundo, as pessoas têm de ser profissionais e cidadãos exemplares, não podemos colocar a questão se há jogo ou se faz á equipa.

R- Mas admite que Jefferson teria sido um jogador importante para o Sporting naquele período....?
BdC- (longa pausa)....Meu amigo, nem que fosse o Ronaldo ! Isso são os princípios básicos da vida. Se nos rendemos àquilo que é politicamente correcto, se devemos ser hipócritas e tirar fotos com os Clubes todos quando não perfilhamos os mesmos valores , que os jogadores são muito importantes e têm de jogar......Dessa forma não conseguimos implementar uma politica de nada nas nossas vidas ! Qualquer dia tenho um jogador que é um bandido, que assalta , que mata e que tira, mas tem de jogar porque é muito importante.......Está fora de questão.
(continua.......)

Sem comentários :